Curso Superior de Tecnologia em Agronegócios - São José do Rio Preto - São Paulo - Centro Universitário do Norte Paulista - Unorp - I48723

Cursos e Mestrados
Brasil Brasil
1 Graduação Gestão de Negócios São José do Rio Preto
Procurar
Home>Graduação>Gestão de Negócios>São José do Rio Preto>Curso Superior de Tecnologia em Agronegócios - São José do Rio Preto - São Paulo
Curso Superior de Tecnologia em Agronegócios
Links Patrocinados
Loading...

Solicite informação sem compromisso
UNORP - Centro Universitário do Norte Paulista

Curso Superior de Tecnologia em Agronegócios - São José do Rio Preto - São Paulo

Nome
Sobrenome
E-mail
Telefone
DDD (ex:22)
 
 
 
 
Telefone (ex:11111111)
 
 
 
 
Estado
Celular
DDD (ex:22)
 
 
 
 
Celular (ex:11111111)
 
 
 
 
Cidade
CPF
Comentários / Perguntas
* Campos obrigatórios

  Desejo receber gratuitamente informação no meu email ou telefone.

Em breve um responsável da UNORP - Centro Universitário do Norte Paulista, entrará em contato contigo para mais informações.
Selecionar esta opção significa que aceita as regras de uso de Educaedu Business S.L. e da nossa privacidade de dados
Por favor, preencha todos os campos corretamente
Imagens da UNORP - Centro Universitário do Norte Paulista:
Foto Centro UNORP - Centro Universitário do Norte Paulista
Foto Centro UNORP - Centro Universitário do Norte Paulista
AnteriorAnterior
PróximaPróxima
Foto Centro UNORP - Centro Universitário do Norte Paulista São José do Rio Preto
UNORP - Centro Universitário do Norte Paulista Foto
Foto UNORP - Centro Universitário do Norte Paulista
Centro UNORP - Centro Universitário do Norte Paulista Foto
Foto Centro UNORP - Centro Universitário do Norte Paulista
Compartilhar esta página sobre Graduação de Gestão de Negócios:

Análise da Educaedu

Klivia Silva
Curso Superior de Tecnologia em Agronegócios
  • Modalidade

    O curso é assistido presencialmente.

  • Duração

    A graduação possui a duração total de 5 períodos.

  • Certificado Oficial

    Ao lograr o plano de curso o aluno recebe um diploma de Tecnologia em Agronegócios.

  • Considerações

    O curso de Graduação Superior em Tecnologia em Agronegócios busca desenvolver um espírito empreendedor no aluno, dando habilidades necessárias para iniciar um projeto independente.

    Durante o curso o aluno irá adquirir competências para gerir em diferentes ambientes culturais e desenvolver a capacidade de desenvolver uma visão global dos negócios.

  • Dirigido a

    A graduação poderá ser realizado por todos os egressos do ensino médio.

  • Salário estimado

    O salário inicial fica em torno de R$ 1800,00

Gostaria de saber mais sobre esse curso?

Curso Superior de Tecnologia em Agronegócios - São José do Rio Preto - São Paulo Comentários sobre Curso Superior de Tecnologia em Agronegócios - São José do Rio Preto - São Paulo
Objetivos:
Para atender as necessidades inerentes à sua função, o profissional deve mobilizar e articular com pertinência os saberes necessários à ação eficiente e eficaz, integrando suporte científico, tecnológico e valorativo que lhe permitam:

- Atuar em toda a cadeia do agronegócio, focando no resultado e na sustentabilidade dos negócios, planejando e acompanhando processos de produção, processos de qualidade, respeitando a legislação ambiental, identificando novos mercados e alternativas de investimentos;

- Planejar, implementar e gerir negócios rurais;

- Gerir organizações no agronegócio públicas, privadas, coletivas ou associativas e familiares, numa perspectiva de solidariedade e cooperação entre os agentes econômicos;

- Negociar e comercializar produtos e serviços do agronegócio, otimizando custos e recursos como estratégia comercial;

- Identificar e analisar problemas e potencialidades para a condução do desenvolvimento rural sustentável, propondo soluções, identificando alternativas de verticalização para agregar valor aos produtos do agronegócio;

- Atuar de forma dinâmica, proativa, com comunicação assertiva, aliada a competência técnica, capaz de criar novos empreendimentos e alavancar o crescimento de Agronegócio;

- Perceber a essência e as tendências do agronegócio de maneira sistêmica para responder aos desafios das organizações em um cenário de mercado competitivo;

- Identificar e interpretar dados econômico-financeiros e estatísticos para orientar a tomada de decisão nos empreendimentos do agronegócio;
Conteúdo:
Titulação: Tecnólogo em Agronegócio


Autorização: Homologado pelo Conselho Acadêmico Superior em 01/09/2006

Tempo de Duração: 6 semestres – 3 anos

Matriz Curricular:

Língua    Portuguesa       
Psicologia    Geral    e    Aplicada
Filosofia                   
Sociologia    Geral    e    Aplicada
Instituições    de    Direito   
Teoria    Econômica           
Teoria    da    Administração    I
Informática               
Metodologia  da  Pesquisa   
Introdução    em    Agronegócios

Economia  Agroindustrial
Zootecnia    Geral       
Organização,    Sistemas  e
Direito    Tributário   
Contabilidade    Rural
Análise    Estatística
Teoria    da    Administração
Ética  e    Legislação    Profissional
Matemática    Financeira
Agricultura  Geral   

Gestão  de  Recursos  Materiais  e  Logística   
Gestão    Financeira    e  Orçamentária       
Gestão    de    Recursos    Humanos       
Seminários  Avançados  em  Tópicos  Emergentes   
Direito    Agrário    e    Ambiental       
Língua    Inglesa                   
Ecoturismo                           
Agronegócios    e  Comércio    Internacional   
Gestão  da  Produção  e  Qualidade       
Gestão  Ambiental    e    Desenvolvimento    Sustentável

Metodologia  da  Pesquisa  Aplicada  ao  Trabalho  de  Conclusão  de  Curso
Elaboração  e  Análise  de  Projetos  Agropecuários
Marketing    Rural               
Empreendedorismo               
Comercialização  de  Produtos  Agropecuários
Planejamento    e  Gestão  Estratégica   
Gestão    de    Custos               
Administração  de  Sistemas  de  Informação
Economia  Brasileira       
Estágio    Supervisionado    -  Orientação
Atividades  Complementares   


- Realizar ações profissionais de consultoria e assessoria no segmento do agronegócio;

- Exercer sua profissão de forma ética, apresentando consistência a seu agir, seguindo os valores construídos a partir da reflexão-ação.

- Buscar atualização constante e autodesenvolvimento, por meio de estudos e pesquisas, para propor inovações; identificar e incorporar, com crítica, novos métodos, técnicas e tecnologias às suas ações; e responder às situações cotidianas e inusitadas com flexibilidade e criatividade.

Avaliação


Critérios de Avaliação do Processo Ensino-Aprendizagem

O aproveitamento escolar será avaliado pelo acompanhamento contínuo do aluno e mediante os resultados por ele obtidos nos exercícios escolares, trabalhos, relatórios, provas teóricas e práticas e demais atividades programadas em cada disciplina.

A avaliação de desempenho do aluno no processo de ensino-aprendizagem, nas disciplinas teóricas, fica a cargo do professor, que deve especificar como será realizada essa avaliação na programação (conteúdo programático) de sua disciplina. A coordenação sugere, ao menos, uma avaliação escrita que avalie o conhecimento sobre o tema de sua disciplina de forma não-diretiva no bimestre, mas sempre com uma avaliação complementar, que priorize o desenvolvimento de habilidades (como provas práticas, atividades práticas extra-classe e apresentação de seminários). Itens como interesse e participação em sala de aula e presença também devem ser considerados.

A avaliação do desempenho escolar é feita por disciplina, incidindo sobre a freqüência e o aproveitamento.

A freqüência às aulas e demais atividades escolares é obrigatória e permitida somente aos alunos matriculados. Será, independentemente dos demais resultados obtidos, considerado reprovado na disciplina, o aluno que não obtenha freqüência de, no mínimo, 75%(setenta e cinco por cento) das aulas e demais atividades programadas, cabendo ao professor a responsabilidade pelo controle.

A nota atribuída por avaliação de aproveitamento escolar em cada bimestre será de zero a dez, permitindo-se frações em escala de (0,5) meio ponto.

É considerado aprovado o aluno que obtiver, na disciplina, o mínimo de 75%(setenta e cinco por cento) de freqüência e média aritmética das notas bimestrais, no mínimo igual a 7,0 (sete) , sendo dispensado do exame final.

Após o exame final, é considerado aprovado o aluno cuja média final seja igual ou superior a 5,0 (cinco), obtida entre a média de aproveitamento e a nota do exame final.

O aluno que não atingir a média final 5,0 (cinco) ou tenha deixado de realizar o exame final, pode prestar exame de 2ª época, sendo que nessa situação a média final será obtida entre a média de aproveitamento e a nota do exame de segunda época, devendo atingir o mínimo de 5,0 (cinco) para ser aprovado na disciplina.

É permitida a revisão de provas e exames ao aluno que, em requerimento, anexando fundamentação do pedido, solicitar no prazo de 48 (quarenta e oito) horas após a publicação do resultado. O processo de revisão de provas atende a normas fixadas pelo Conselho Acadêmico Superior.

É permitida a 2ª chamada de provas ao aluno que, por motivo de força maior, devidamente comprovado, solicite no prazo de 03 (três) dias úteis, a partir da data de realização da prova ou exame.

O aluno reprovado no máximo em 02 (duas) disciplinas, pode matricular-se na série seguinte, devendo cursá-las como dependências.

As aulas, atividades e provas de disciplinas em dependência

terão um calendário especial.

 

Sistema de auto avaliação do curso

Os cursos de graduação desenvolvem um plano de avaliação interna com o objetivo de acompanhar sistematicamente a consolidação de seu projeto pedagógico.

 

Essa modalidade de avaliação, a qual não exclui a contribuição externa, tem por objetivo proporcionar aos integrantes do curso - dirigentes, corpo docente e discente – informações atualizadas acerca dos recursos acadêmicos, da atuação docente e da infra-estrutura disponível.

 

A metodologia e os critérios de avaliação sobre o desempenho docente, compreendidas as atividades de ensino, iniciação científica e extensão, foram estabelecidos pelo Núcleo de Avaliação Interna, criado por portaria da Reitoria do Centro Universitário, que tem como objetivo principal a coordenação das Atividades de Avaliação Institucional na UNORP. Esse núcleo é constituído por cinco professores e um funcionário da área administrativa e está hierarquicamente subordinado à Pró-Reitoria Acadêmica da UNORP.
 

Sistema de auto avaliação do curso

Os cursos de graduação desenvolvem um plano de avaliação interna com o objetivo de acompanhar sistematicamente a consolidação de seu projeto pedagógico.

 

Essa modalidade de avaliação, a qual não exclui a contribuição externa, tem por objetivo proporcionar aos integrantes do curso - dirigentes, corpo docente e discente – informações atualizadas acerca dos recursos acadêmicos, da atuação docente e da infra-estrutura disponível.

 

A metodologia e os critérios de avaliação sobre o desempenho docente, compreendidas as atividades de ensino, iniciação científica e extensão, foram estabelecidos pelo Núcleo de Avaliação Interna, criado por portaria da Reitoria do Centro Universitário, que tem como objetivo principal a coordenação das Atividades de Avaliação Institucional na UNORP. Esse núcleo é constituído por cinco professores e um funcionário da área administrativa e está hierarquicamente subordinado à Pró-Reitoria Acadêmica da UNORP.

Laboratórios

- Laboratórios de Informática


 
 







Outro curso relacionado com Graduação de Gestão de Negócios: