Curso Preparatório para Concurso do IBAMA

Solicite informação sem compromisso Atuallys Capacitação Profissional

Para enviar a solicitaçao você deve aceitar a Política de Privacidade

Análise do Educedu

Igor Moreira

Igor Moreira

Curso Preparatório para Concurso do IBAMA

  • Modalidade
    Curso presencial.
  • Duração
    Consultar.
  • Certificado Oficial
    O aluno recebe um certificado do Curso Preparatório para Concurso do IBAMA.
  • Considerações
    O Curso Preparatório para Concurso do IBAMA oferecido pela Atuallys Capacitação Profissional é ministrado presencialmente. O curso tem como proposta realizar a capacitação do participante para realizar o concurso do IBAMA, para o cargo de analista Ambiental e ingressar neste órgão governamental. O curso tem suas aulas ministrada a cada 15 dias e contemplará os seguintes temas durante a preparação: Língua portuguesa, conhecimentos informáticos, conhecimentos gerais e conhecimentos específicos relacionados ao meio ambiente.
  • Dirigido a
    Curso voltado a pessoas com ensino superior completo.
  • Área de atuação
    As vagas estão no órgão governamental Ibama.
Quer saber mais sobre este curso?
Solicitar informações

Comentários sobre Curso Preparatório para Concurso do IBAMA - Presencial - Juiz de Fora - Minas Gerais

  • Objectivos
    Capacitar o aluno para o ingresso no IBAMA
  • Dirigido a
    Destinado a profissionais de Nível Superior interessados em concorrer as vagas para o cargo de Analista Ambiental.
  • Conteúdo
    AULAS: Módulos de aulas presenciais ministradas a cada 15 dias (sábados e domingos – 8:00 as 18:00) – * Sujeito à alterações em função da confirmação da data do concurso.

    PROGRAMA DO CURSO
    LÍNGUA PORTUGUESA: 1- Compreensão e interpretação de textos. 2- Tipologia textual. 3- Ortografia oficial. 4- Acentuação gráfica. 5- Emprego das classes de palavras. 6- Emprego do sinal indicativo de crase. 7- Sintaxe da oração e do período. 8- Pontuação. 9- Concordância nominal e verbal. 10- Regência nominal e verbal. 11- Significação das palavras. 12- Redação de correspondências oficiais.
    CONHECIMENTOS DE INFORMÁTICA: 1- Conceito de Internet e Intranet. 2- Principais navegadores para Internet. 3- Correio Eletrônico. 4- Principais aplicativos comerciais para edição de textos e planilhas. 5- Procedimento para a realização de cópias de segurança. 6- Sistema de arquivo, sistema de entrada, saída e armazenamento e métodos de acesso. 7- Software Livre. 8- Inclusão digital.
    CONHECIMENTOS GERAIS: 1- Política Nacional do Meio Ambiente: Leis n.° 6.938/81 e 10.165/2000, Decreto n.º 99.274/90 e Lei n.º 10.410/2002 e alterações, Decreto n.º 6.099/2007. 2- Regime Jurídico dos Servidores Civis da União: Lei n.º 8.112/90 e alterações. 3- Licitações e Contratos da Administração Pública: Lei n.º 8.666/93 e alterações. 4- IN 01/97-STN. 5- Lei de Educação Ambiental: Lei n.º 9.795/99. 6- Artigos 225 e 231 da Constituição Federal do Brasil de 1988. 7- Processo administrativo no âmbito da Administração Pública Federal: Lei n.º 9.784/99. 8- Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal: Decreto n.º 1.171/94. 9- Políticas Públicas e Desenvolvimento Sustentável. 10- Agenda 21. 11- Noções de direito administrativo.
    CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
    1. REGULAÇÃO, CONTROLE, FISCALIZAÇÃO, LICENCIAMENTO E AUDITORIA AMBIENTAL
    1.1 – LICENCIAMENTO E AUDITORIA AMBIENTAL: 1- Políticas públicas de infra-estrutura. 2- Gerenciamento e gestão ambiental. 3- Política Nacional de Meio Ambiente. 4- SISNAMA. 5- Avaliação de impactos ambientais: métodos e aplicação. 6- Zoneamento ambiental. 7- Política Nacional de Recursos Hídricos. 8- Estudos de impacto ambiental e relatório de impacto ambiental. 9- Licenciamento ambiental federal: conceito e finalidades, aplicação, etapas, licenças, competência, estudos ambientais, análise técnica, órgãos intervenientes. 10- Legislação federal aplicada ao licenciamento ambiental. 10.1- Art. 225 da Constituição Federal. 10.2- Código florestal – Lei n.º 4.771/65 e alterações. 10.3- Proteção à fauna Lei n.º 5.197/67. 10.4- Política Nacional do Meio Ambiente – Lei n.º 6.938/81 e Decreto n.º 99.274/90. 10.5- Cavidades subterrâneas – Decreto n.º 99.556/90. 10.6- Patrimônio histórico e artístico nacional – Decreto Lei n.º 25/37. 10.7- Monumentos arqueológicos e pré- históricos nacionais – Lei n.º 3.924/61 e Portaria IPHAN 230/02. 10.8- Utilidade pública e interesse social – Decreto-Lei n.º 3.365/41, Lei n.º 4.132/62, Lei n.º 4.771/65. 10.9- Recursos hídricos – Lei n.º 9.433/97. 10.10 Crimes ambientais – Lei n.º 9.605/98 e Decreto n.º 6.514/2008. 10.11- Lei do óleo – n.º 9.966/2000 e Decreto n.º 4.136/2002. 10.12- SNUC – Lei n.º 9.985/2000 e Decretos n.º 4.340/2002 e 5.566/2005. 10.13- Estatuto das Cidades – Lei n.º 10.257/2001. 10.14- Mata Atlântica – Lei n.º 11.428/2006. 10.15- Resoluções: CONAMA 01/86 (EIA/RIMA), CONAMA 06/86 (publicidade), CONAMA 09/87 (audiência pública), CONAMA 09/90 e 10/90 (mineração); CONAMA 13/90 (entorno de UC); CONAMA 23/94 (petróleo) CONAMA 23 7/97 (critérios e procedimentos); CONAMA 273/00 (combustíveis); CONAMA 285/01 (irrigação); CONAMA 286/0 1 (empreendimentos em regiões endêmicas de malária); CONAMA 293/01 (planos de emergência individual); CONAMA 302/02 (reservatórios); CONAMA 303/02 (APP); CONAMA 3 12/02 (carcinicultura); CONAMA 344/04 (dragagem); CONAMA 347/04 (patrimônio espeleológico); CONAMA 349/04 (ferrovias); CONAMA 350/04 (sísmica); CONAMA 357/05 (qualidade de água); CONAMA 369/06 (APP); CONAMA 371/06 (compensação ambiental); CONAMA 387/06 (assentamentos rurais) e CONAMA 398/08 (plano de emergência individual). 10.16- Instrução Normativa – IN 184/2008 (procedimentos gerais de licenciamento ambiental). 11- Geologia econômica. 12- Noções de geologia estrutural. 13- Geologia do petróleo. 14- Mineralogia. 15- Noções de petrologia. 16- Sedimentologia. 17- Pedologia. 18- Edafologia. 19- Noções de geofísica. 20- Noções de geoquímica. 21- Geomorfologia. 22- Noções de cartografia. 23- Noções de sensoriamento remoto e geoprocessamento. 24- Mecânica dos solos. 25- Hidrologia. 26- Noções de hidrogeologia. 27- Noções de bioestatística e geoestatística. 28- Noções de mecânica dos fluidos. 29- Noções de geotecnia. 30- Noções de terraplenagem. 31- Noções de drenagem e seus principais dispositivos. 32- Tipos de obras de arte especiais e correntes. 33- Impactos ambientais de obras civis de infra- estrutura. 34- Noções de planejamento de transportes e de intermodalidade. 35- Noções de sistemas e obras hidráulicas. 36- Conceitos sobre geração de energia elétrica. 37- Matriz energética brasileira. 38- Noções de obras, sistemas e estruturas de transmissão de energia. 39- Noções de obras de normalização e regularização (dragagens, derrocamentos). 40- Noções de estruturas e funcionamento portuário. 41- Qualidade de água. 42- Controle da poluição. 43- Conservação de solo e água. 44- Técnicas de recuperação de áreas degradadas. 45- Manejo de bacias hidrográficas. 46- Química da água. 47- Química ambiental. 48- Noções de análise de risco. 49- Climatologia. 50- Noções de zoologia. 51- Noções de biologia da conservação. 52- Noções de fitossociologia. 53- Noções de limnologia. 54- Noções de modelagem matemática. 55- Ecossistemas brasileiros. 56- Noções de ecologia geral. 57- Ecologia da paisagem. 58- Noções de ecossistemas aquáticos. 59- Fitogeografia. 60- Noções de zoogeografia. 61- Noções de geografia humana. 62- Noções de Planejamento territorial. 63- Noções de sociologia. 64- Noções de antropologia. 65- Comunidades e meio ambiente. 66- Desenvolvimento econômico e social. 67- Impactos sociais e econômicos de grandes empreendimentos. 68- Noções de análise social e econômica de projetos. 69- Noções de economia ambiental. 70- Educação ambiental.
    2 – REGULAÇÃO, CONTROLE E FISCALIZAÇÃO AMBIENTAL: 1- Lei dos Crimes Ambientais: Lei n.º 9.605/98. 2- Regulamentação da Lei dos crimes ambientais: Decreto n.º 6.514/2008. 3- Código Florestal: Lei n.º 4.771/65 e alterações. 4- Lei de Proteção à Fauna: Lei n.º 5.197/67. 5- Código de Pesca: Decreto-Lei n.º 221/67 e alterações. 6- Sistema Nacional de Unidades de Conservação: Lei n.º 9.985/2000. 7- Licenciamento ambiental: Resolução CONAMA 237/97. 8- EIA/RIMA: Resolução CONAMA 01/86 e alterações. 9- Convenção Internacional sobre o Comércio das Espécies da Fauna e Flora em Perigo de Extinção (CITES). Decreto n.º 3.607/2000. 10- Convenção da Biodiversidade. Decreto n.º 2.519/98. 11- Acesso ao Patrimônio Genético e Biopirataria. Medida Provisória n.º 2.186/2001; Decreto n.º 5.459/2005. 12- Organismos Geneticamente Modificados: Lei n.º 11.105/2005. 13- Lei de Agro- tóxicos: Lei n.º 7.802/89 e alterações. 14- Política Nacional de Meio Ambiente: Lei n.º 6.938/81 e alterações. 15- Política Nacional de Recursos Hídricos: Lei n.º 9.433/97. 16- Poluição em águas: Lei n.º 9.966/2000 e Decreto n.º 4.136/2002. 17- Classificação das águas: Resolução CONAMA 357/05. 18- Lei da Mata Atlântica: Lei n.º 11.428/2006. 19- Gestão de Florestas Públicas: Lei n.º 11.284/2006 e Resolução CONAMA 379/06. 20- Áreas de Preservação Permanente: Resoluções CONAMA 302/02, 303/02 e 369/06. 21- Gestão e manejo dos recursos ambientais. 21.1- Zoneamento ecológico-econômico. 21.2- Instrumentos de controle e licenciamento. 21.3- Recursos hídricos. 21.4- Recuperação de áreas degradadas. 21.5- Proteção da biodiversidade. 21.6- Convenção da Biodiversidade. 21.7- Convenção de Ramsar. 21.8- Convenção de Marpol. 22- Geoprocessamento e sensoriamento remoto. 22.1- Conceitos básicos de Sistemas de Informação Geográfica (SIG). 22.2- Sistemas de coordenadas e georreferenciamento. 22.3- Sistemas de imageamento: conceitos de pixel, resolução espacial, temporal e radiométrica. 22.4- Imagens de radar, multiespectrais e multitemporais. 22.5- Aplicações de sensoriamento remoto no monitoramento e controle de desmatamentos e incêndios florestais. 23- Aspectos socioeconômicos. 23.1- Noções gerais de economia ambiental. 23.2- Noções de geografia humana. 23.3- Noções de geografia política. 23.4- Populações tradicionais. 24- Aspectos físicos. 24.1- Noções de geologia. 24.2- Noções de geomorfologia. 24.3- Noções de pedologia e classificação do solo. 24.4- Poluição e contaminação de solo, água e ar. 24.5- Noções de oceanografia. 25- Aspectos bióticos. 25.1- Noções de zoologia: regras de nomenclatura científica, divisão do reino animal, divisão do subfilo vertebrata até o nível de ordem. 25.2- Noções de botânica: taxionomia vegetal até o nível de classe, fitogeografia, evolução, ciclo de vida e células vegetais. 25.3- Ecologia: teia alimentar, nicho, habitat, populações, ecossistemas, biogeografia. 25.4- Biologia da conservação: biomas brasileiros; biodiversidade; extinção; tráfico de animais silvestres; desmatamento; explosão populacional; espécies ameaçadas de extinção; unidades de conservação. 25.5- Noções de silvicultura e manejo florestal: conceitos, práticas e técnicas de manejo de florestas tropicais. 26- Decreto n.º 4.553/2002 – salvaguarda de dados, informações, documentos e materiais sigilosos de interesse da segurança da sociedade e do Estado, no âmbito da Administração Pública Federal.
    3 – GESTÃO, PROTEÇÃO E CONTROLE DA QUALIDADE AMBIENTAL: 1- Gestão de resíduos sólidos. 2- Gestão ambiental. 2.1- Políticas públicas e desenvolvimento sustentável. 2.2- Agenda 21. 2.3- Aspectos socioeconômicos. 3- Convenções. 3.1- Convenção de Basiléia. 3.2- Convenção de Estocolmo. 3.3- Convenção de Roterdã. 4- Protocolos. 4.1- Protocolo de Kyoto. 4.2- Protocolo de Montreal. 5- Poluição atmosférica. 6- Gerenciamento costeiro. 7- Poluição sonora. 8- Poluição de solo e água. 9- Passivos ambientais. 10- Remediação ambiental. 11- Agroecologia. 12- Noções de pedologia. 13- Segurança química. 14- Noções de toxicologia. 15- Potencial de periculosidade ambiental de agrotóxicos e afins. 16- Monitoramento ambiental de solo, água e ar. 17- Avaliação de riscos e impactos ambientais. 18- Legislação. 18.1- Lei n.º 7.802/89: Lei de Agrotóxicos e alterações posteriores, Decreto n.º 4.074/2002 18.2- Lei n.º 7.661/88: Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro. 18.3- Lei n.º 9.966/2000, Decreto n.° 4.136/2002. 18.4- Lei n.° 8.723/93. 18.5- Resoluções CONAMA atinentes ao tema gestão, proteção e controle da qualidade ambiental.
    4 – ORDENAMENTO DOS RECURSOS FLORESTAIS E PESQUEIROS: I ORDENAMENTO DOS RECURSOS FLORESTAIS. 1- Lei de Crimes Ambientais n.º 9605/98 e Decreto n.º 6.514/2008. 2- Código Florestal e suas alterações MP 2166/01. 3- Lei do SNUC n.º 9.985/2000 e Decreto n.º 4.340/2002. 4- Lei de Gestão de Florestas Públicas n.º 11.284/2006 e Decreto n.º 6.063/07. 5- Resoluções CONAMA: 010/90, 278/01, 237/97, 317/02, 378/06 e 379/06. 6- Legislação MMA/IBAMA sobre manejo florestal, uso alternativo do solo e reposição florestal: Decreto n.º 5.975/2006, Decreto n.º 6.321/2007, Instrução Normativa (IN) n.° 04/02 (MMA), IN 03/02 (MMA), IN 031/04-N, Portaria 007/03, IN 7/03 (IBAMA), IN 8/04 (MMA), IN 74/05 (IBAMA), IN 75/05 (IBAMA), IN 77/05 (IBAMA), IN 93/06 (IBAMA), IN 10 1/06 (IBAMA), IN 112/06 (IBAMA), IN 134/06 (IBAMA), IN 4/06 (MMA), IN 5/06 (MMA), IN 6/06 (MMA), IN 152/07 (IBAMA), IN 2/07 (MMA), IN 187/08 (MMA), IN 76/05 (IBAMA). 7- Conceitos, Práticas e Técnicas de Manejo Florestal Madeireiro e Não-Madeireiro 8- Política Florestal 9- Fitogeografia e Biomas do Brasil. 10- Inventário Florestal. 11- Sementes e Viveiros Florestais. 12- Silvicultura Brasileira 13- Ciclagem de Nutrientes. 14- Ecologia e Manejo de Fragmentos Florestais 15- Ecologia de Paisagem 16- Manejo de Bacias Hidrográficas. 17- Recuperação de Áreas Degradas. 18- Economia Florestal. 19- Planejamento e Administração Florestal. 20- Geoprocessamento. 21- Sistemas Agroflorestais. 22- Tecnologia de Produtos Florestais. 23- Acesso e Uso de Produtos Florestais e Conflitos Sociais. 24- Controle e Monitoramento das Atividades Florestais 25- Extensão e Fomento florestal. 26- Biodiversidade e Conservação de Espécies Florestais 27- Florestas e Mudanças Climáticas – Serviços Ambientais 28- Certificação Florestal 29- Prevenção, Monitoramento e Combate as Queimadas e Incêndios Florestais 30- Descentralização da Gestão Florestal. II ORDENAMENTO DOS RECURSOS PESQUEIROS: 1- Legislação: a) Lei de Crimes Ambientais 9.605/1998 e Decreto 6.514/2008; b) Decreto-lei nº 221/1967; c) Lei nº 7.679/1988; d) Lei nº 10.683/2003; e) Decreto nº 4.810/2003; f) Código de Conduto para a Pesca Responsável – FAO/1995; G) Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar – CONVEMAR/1982. 2- Efeitos da pesca sobre os recursos pesqueiros. a) Em curto prazo b) Em médio prazo c) Em longo prazo d) Sobrepesca e tipos de sobrepesca. 3- Dinâmica de populações de recursos aquáticos. a) Ciclo de vida.b) Crescimento. c) Alimentação. d) Reprodução e) Recrutamento. f) Mortalidade (natural, por pesca e total), migração (tipos). g) Interação da pesca com outras espécies não alvo e com o ecossistema. 4- Gestão do uso dos recursos pesqueiros. a) Tipos de propriedade no uso dos recursos. b) Tipos de acesso ao uso dos recursos pesqueiros. c) Objetivos da gestão. d) Possíveis pontos de referência. e) Possíveis medidas de regulamentação. f) Aspectos institucionais. g) Dificuldades enfrentadas. h) Papel da pesquisa. 5- Situação da pesca e da aqüicultura no mundo. a) Aspectos legais da pesca internacional. b) Comportamento da produção mundial da pesca extrativa e da aqüicultura. c) Participação dos 20 principais países na produção da pesca e da aqüicultura.d) Participação relativa dos principais recursos explotados e considerados sobrepescados, ameaçados de sobrepesca, plenamente explotados; esgotados ou em processo de recuperação de uma situação de esgotamento. 6- Situação da pesca e aqüicultura no Brasil. a) Características dominantes do mar e das bacias hidrográficas brasileiras. b) Principais impactos sobre os ecos- sistemas marinhos e continentais, considerando: a construção de grandes reservatórios; a extração de petróleo no mar (sísmica, construção de plataformas e derramamento de petróleo etc.);a destruição e o desmatamento de mangues brasileiros; o desmatamento de matas ciliares; o assoreamento de rios; os vários agentes de poluição (esgotos domésticos, garimpo, agrotóxicos ou produtos químicos etc.). c) Principais características da pesca no Brasil, d) Organização do setor pesqueiro e) Evolução da produção da pesca e da aqüicultura. f) Situação de explotação dos principais recursos que suportam as principais pescarias, considerando o percentual dos sobrepescados, ameaçados de sobrepesca,plenamente explotados; esgotados ou em processo de recuperação de uma situação de esgotamento. g) Gestão do uso sustentável dos recursos pesqueiros no Brasil: aspectos institucionais, principais medidas adotadas, resultados obtidos, pontos positivos e negativos. h) Tendências da pesca brasileira.
    5 – CONSERVAÇÃO, MANEJO E PROTEÇÃO DAS ESPÉCIES DA FAUNA
    1- Ecossistemas brasileiros. 1.1- Ecologia da paisagem: conceitos e aspectos gerais. 1.2- Fragmentação florestal e seus efeitos sobre a fauna e a flora. 2- Biologia da conservação: estratégias para conservação de espécies, habitats e paisagens. 3- Corredores ecológicos. 4- Noções de geografia. 5- Biologia animal e evolução. 6- Taxonomia, sistemática e classificação animal. 6.1- Biologia, ecologia e classificação de aves, mamíferos e répteis marinhos ameaçados de extinção. 6.2- Dispersão e fluxo gênico em populações naturais. 6.3- Adaptação e especiação. 7- Conservação da fauna silvestre. 8- Ecologia e distribuição dos animais: 8.1- Estrutura de populações e metapopulações; 8.2- Efeitos da introdução de espécies exóticas e alóctones em ambientes naturais; 8.3- Fragmentação de ecossistemas e efeito de borda; 8.4- Medidas para conservação de aves, mamíferos e répteis marinhos; 8.5- Manejo de habitats marinhos e costeiros; 8.6- Proteção de áreas de reprodução e de alimentação da fauna marinha; 8.7- Técnicas de monitoramento de populações de aves, mamíferos e répteis marinhos; 8.8- Impactos sobre a fauna marinha; 8.9- Derramamentos de petróleo; 8.10- Degradação de habitat. 9- Manejo de fauna. 9.1- Introduções, reintroduções, translocações e adensamento populacional de fauna silvestre; 9.2- Manejo de fauna silvestre, suas populações e de metapopulações in situ e ex situ; 9.3- Contenção química e física de animais silvestres; 9.4- Nutrição de animais silvestres; 9.5- Doenças nutricionais; 9.6- Biossegurança aplicada ao manejo de fauna silvestre; 9.7- Medidas mitigadoras para a captura incidental de aves, mamíferos e répteis marinhos em artes de pesca; 9.8- Fauna Ameaçada de Extinção – Manejo de Fauna Invasora; 9.9- Taxonomia e Sistemática de vertebrados; 9.10- Biologia reprodutiva e cuidados parentais em animais selvagens. 10- Epidemiologia; 11- Anatomia e fisiologia de animais silvestres; 12- Legislação ambiental brasileira: 12.1- Lei n.º 9.605/98 Crimes ambientais; 12.2- Lei n.º 5.197/67 Lei de Fauna; 12.3- Decreto n.º 4.339/02 CDB; 12.4- Decreto n° 6514/08. 12.5- Acordos internacionais para a conservação de espécies terrestres e marinhas: 12.5.1- Convenção da Diversidade Biológica (CDB); 12.5.2- CITES Decreto 3.607/2000; 12.6- Instrução Normativa MMA 03/2003 -Lista de Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção; 12.7- Aplicação de legislação sobre fauna em cativeiro (IN IBAMA 169/08,179/08); 12.8- Resolução CONAMA nº. 384/2006 – Termo de depósito doméstico provisório; 12.9- Resolução CONAMA n. 394/2007 – Criação de animais silvestres como pet; 12.10- Lei n. 7173/83 Zoológicos.
    6 – ESTÍMULO E DIFUSÃO DE TECNOLOGIAS, INFORMAÇÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL
    I ESTÍMULO E DIFUSÃO DE TECNOLOGIAS. 1- Gerenciamento da informação e gestão de documentos aplicada aos arquivos governamentais: protocolos; arquivos correntes e intermediários; arquivos permanentes; avaliação de documentos; tabelas de temporalidade. 2- Legislação arquivística brasileira: leis e fundamento. 3- Preservação, conservação e restauração de documentos arquivísticos: política, planejamento e técnicas. 4- Biblioteconomia e ciência da informação: conceitos básicos e finalidades. 5- Noções de informática para bibliotecas: dispositivos de memória, de entrada e saída de dados, noções de bancos de dados textuais e relacionais, de redes locais, de Internet, Intranet e Extranet. 6- Normas Técnicas para a área de documentação: referência bibliográfica (de acordo com as normas da ABNT – NBR 6023). Resumos; 7- Noções de indexação. 8- Noções de Classificação Decimal Universal (CDU). 9- Noções de Catalogação (AACR2). 10- Organização e administração de bibliotecas: princípios e funções administrativas em bibliotecas, estrutura organizacional, grandes áreas funcionais de uma biblioteca, marketing, centros de documentação e serviços de informação: planejamento, redes e sistemas. 11- Estrutura e características do DOU. 12- Serviço de referência e suas características. 13- Automação: conceitos básicos de redes e bibliotecas virtuais e digitais, banco de dados, base de dados, planejamento da automação. 14- O sistema de informação (SINIMA) e a Rede Nacional de Informação Ambiental (RENIMA): Portaria nº 48/93, do IBAMA.
    II ANÁLISE DE SISTEMAS – CONCEITOS BÁSICOS. 1- Conceitos fundamentais de Informática; Hardware; Aplicativos; Sistema Operacional Windows e Linux; Softwares Livres; Editores de Texto; Planilhas Eletrônicas; Microsoft Office; BrOffice; OpenOffice; Redes de Computadores; Internet; Intranet; Navegadores: Internet Explorer e Mozilla Firefox; Antivírus e Segurança de Redes. 2- Organização, arquitetura e componentes funcionais (hardware e software) de computadores. 3- Características físicas dos principais periféricos e dispositivos de armazenamento de massa. 4- Representação e armazenamento da informação. 5- Métodos de acesso. 6- Características dos principais processadores do mercado. 7- Princípios de sistemas operacionais. 8- Sistemas de arquivo. 9- Redes de computadores: princípios e fundamentos de comunicação de dados. 10- Redes locais de computadores. 11- Redes de alta velocidade. 12- Principais meios de transmissão de dados. 13- Protocolo TCP/IP. 14- Principais serviços de comunicação de dados. 15- Principais serviços oferecidos por uma rede de computadores: Workflow, agenda corporativa e conferência eletrônica. 16- Características e principais aplicações de dispositivos de entrada, armazenamento e saída de dados. 17- Segurança: senhas, criptografia, backup e arquivamento, vírus e os programas de proteção e remoção. 18- Política de Informática e Informação. Plano de Informática e Informação. 19- Projeto de Inteligência Empresarial (Business Intelligence-BI) 20- Integração de Dados Organizacionais para a Tomada de Decisões (Data Warehousing-DW).
    III DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES E BANCO DE DADOS. 1- Princípios de engenharia de software. 2- Ciclo de vida de um software – produto. 3- Ciclo de desenvolvimento de software – produto. 4- Modelos de desenvolvimento. 5- Análise e técnicas de levantamento de requisitos. 6- Análise essencial e projeto de sistemas. 7- Análise e projeto estruturados. 8- Análise e projeto orientados a objetos. 9- Técnicas e estratégias de validação. 10- Gerência de projetos: estudo de viabilidade técnica-econômica, análise de risco, métricas para estimativas e avaliação de prazo e custo. 11- Teste de software: elaboração de plano de testes, testes de módulos e de integração. 12- Conceituação e caracterização de ferramentas CASE. 13- Noções sobre os principais produtos CASE do mercado. 14- Linguagens visuais e orientação por eventos. 15- Projeto de interfaces. 16- UML (Unified Modeling Language). 17- Qualidade de software: elaboração de plano de qualidade, métricas de qualidade, modelos ISSO/IEEE de medição de qualidade, modelo CMM. Documentação da qualidade. 18- Arquitetura de aplicações para o ambiente internet. 19- Fundamentos de sistemas de gerência de banco de dados. 20- Modelos de SGBDs. 21- Conceitos e arquitetura para sistemas de banco de dados: características de um SGBD, categorias de modelos de dados, arquitetura ANSI/SPARC, independência de dados. 22- Modelagem de dados e projeto lógico para ambiente relacional. 23- Modelo entidades/ relacionamentos. 24- Modelo relacional. 25- Caracterização de sistemas distribuídos. 26- Problemas relacionados com o acesso e a manutenção de banco de dados distribuídos. 27- Linguagem de definição e manipulação de dados. 28- Noções de banco de dados SQLServer. 29- Noções de banco de dados ORACLE. 30- Arquitetura cliente – servidor: tecnologia usada em clientes e em servidores, tecnologia usada em redes, arquitetura e políticas de armazenamento de dados e funções, triggers e procedimentos armazenados, controle e processamento de transações. 31- Arquitetura OLAP. 32- Tipos de medições sistemáticas de tamanho de software. 33- Conceitos de Análise de Pontos por Função. 34- Principais informações do Manual de Práticas de Contagem (Counting Practices Manual) do IFPUG (International Function Point Users Group).
    IV PROGRAMAÇÃO. 1- Princípios de engenharia de software. 2- Construção de algoritmos: tipos de dados simples e estruturados, variáveis e constantes, comandos de atribuição, avaliação de expressões, comandos de entrada e saída, funções pré- definidas, conceito de bloco de comandos, estruturas de controle, subprogramação, passagem de parâmetros, recursividade e programação estruturada. 3- Estrutura de dados: conceitos básicos sobre tipos abstratos de dados, lineares e não-lineares, contigüidade versus encadeamento, estudos de listas, pilhas, filas, árvores, deques, métodos de busca, inserção e ordenação, hashing. 4- Orientação a projetos: conceitos fundamentais, princípios de programação orientada a objetos. 5- Conceitos de linguagens orientadas a objetos. 6- Noções básicas de linguagem de programação PHP.
    V EDUCAÇÃO AMBIENTAL. 1- Política Nacional de Educação Ambiental – PNEA, Lei n.º 9.795/99 e Decreto n.º 4.28 1/2002. 2- Programa Nacional de Educação Ambiental – ProNEA. 3- Movimentos sociais, movimento ecológico e ambientalismo. 4- Meio ambiente, atores sociais e conflitos socioambientais. 5- Uso e apropriação de bens naturais, ação coletiva e controle social. 6- Crescimento econômico, desigualdades sociais e impactos ambientais. 7- Participação social e cidadania. 8- Intervenções educacionais no campo sócioambiental, pesquisa-ação, pesquisa-participante, pesquisa- ação -participante: intervenção socioambiental. 9- Gestão ambiental pública: relações sociais entre sujeitos coletivos que se instituem no processo decisório de apropriação de uso dos recursos ambientais na sociedade – Lei nº 9394/96 – LDB.

Outro curso relacionado com Concurso Público Meio Ambiente

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços.
Se continuar navegando, aceita o seu uso.
Ver mais  |