Curso Preparatório para Magistério da Prefeitura do Rio SME-Rio

Solicite informação sem compromisso Preparatório para Concurso Meta Educacional

Para enviar a solicitaçao você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Curso Preparatório para Magistério da Prefeitura do Rio SME-Rio - Presencial - Niterói - Rio de Janeiro

  • Conteúdo
    O curso Meta Educacioal, oferece Turma Intensiva Preparatórias para o Concurso do Magistério da Prefeitura do Rio (SME-RIO). Disciplinas: Português e Fundamentos da Educação, comum a todos os cargos. Conteúdo do edital: LÍNGUA PORTUGUESA1. Leitura e compreensão de textos variados. 2. Modos de organização do discurso:descritivo, narrativo, argumentativo. 3. Gêneros do discurso: definição,reconhecimento dos elementos básicos. 4. Métodos de argumentação: indução,dedução, dialética. 5. Coesão e coerência: mecanismos, efeitos de sentido no texto. 6.Relação entre as partes do texto: causa, consequência, comparação, conclusão,exemplificação, generalização, particularização. 7. Conectivos: classificação, uso,efeitos de sentido. 8. Coordenação e subordinação: classificação, usos no texto. 9.Verbos: pessoa, número, tempo e modo. 10. Vozes verbais. Transitividade verbal enominal. 11. Estrutura, classificação e formação de palavras. 12. Metáfora, metonímia,33PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIROSecretaria Municipal da Casa CivilSubsecretaria de Serviços Compartilhadoshipérbole, eufemismo, antítese, ironia. 13. Gradação, ênfase. 14. Acentuação. 15.Pontuação: regras, efeitos de sentido. 16. Recursos gráficos: regras, efeitos de sentido.REFERÊNCIAS:AZEREDO, José Carlos. Gramática Houaiss da língua portuguesa. 4ª ed. rev. e ampl. SãoPaulo: Publifolha, 2018.GARCIA, O. M. Comunicação em Prosa Moderna. 27ª. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2010.GERALDI, João. Wanderley (Org.). O texto na sala de aula. São Paulo: Ática, 2001.KOCH, Ingedore G. V.; TRAVAGLIA, Luiz Carlos. A coerência textual. São Paulo:Contexto, 2003.KOCH, Ingedore G. V. A coesão textual. 3ª. Ed. São Paulo: Contexto, 1989.SAVIOLI, F.P. &FIORIN, J.L. Para entender o texto: leitura e redação. São Paulo: Ática,1997.FUNDAMENTOS TEÓRICO METODOLÓGICOS E POLÍTICO FILOSÓFICOS DA EDUCAÇÃOFundamentos legais da educação brasileira:Lei Federal nº 9.394 de 20/12/1996 - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira.Diretrizes Curriculares Nacionais: Parecer 04 CNE/SEB/98 e Resoluções 02 CNE/SEB/98e 01 CNE/SEB/06.Lei Federal nº 10.793, de 01/12/2003 – Altera a redação do art. 26, § 3º, e do art. 92 daLei 9.394/96, que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional.Lei Federal nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação -PNE e dá outras providências.Lei Federal nº 10.639/03 – Altera a Lei no 9.394,de 20 de dezembro de 1996, queestabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficialda Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira”, edá outras providências.Lei Federal nº 11.645, de 10/03/08 – Altera a Lei 9.394/96, modificada pela Lei10.639/03, que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional, para incluir nocurrículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e CulturaAfro-Brasileira e Indígena”.Lei Federal nº 12.976, de 04/04/2013 - Altera a Lei nº 9394/96, de 20 de dezembro de1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para dispor sobre aformação dos profissionais da educação e dá outras providências.Lei Federal nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017. Altera as Leis nos 9.394, de 20 dedezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e11.494, de 20 de junho 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção eDesenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, aConsolidação das Leis do Trabalho - CLT, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o demaio de 1943, e o Decreto-Lei no 236, de 28 de fevereiro de 1967; revoga a Leino11.161, de 5 de agosto de 2005; e institui a Política de Fomento à Implementação deEscolas de Ensino Médio em Tempo Integral.Lei Federal nº 13.478, de 30 de agosto de 2017. Altera a Lei no 9.394, de 20 dedezembro de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), para estabelecerdireito de acesso aos profissionais do magistério a cursos de formação de professores,por meio de processo seletivo diferenciado.34Resolução nº 4/10 - Define Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a EducaçãoBásica.Resolução CNE/CP nº 2, de 22 de dezembro de 2017 - Institui e orienta a implantaçãoda Base Nacional Comum Curricular, a ser respeitada obrigatoriamente ao longo dasetapas e respectivas modalidades no âmbito da Educação Básica.Fundamentos teóricos da educação:1. Perspectiva Histórica da Educação. 2. Aspectos filosóficos e sociológicos daEducação. 3. Aspectos psicológicos do desenvolvimento humano e teorias daaprendizagem. 4. Teorias de Currículo, na perspectiva pós-crítica de currículo. 5.Concepções de aprendizagem na perspectiva histórico-cultural.Instrumentos pedagógicos do ensino e da aprendizagem:1. Projeto Político Pedagógico. 2. Planejamento. 3. Avaliação: função, objetivos emodalidades. 4. Projeto didático. 5. Metodologias de Ensino.Letramento como processo de apropriação da leitura e da escrita presente em todasas áreas de ensino:1. Conceitos de letramento. 2. O letramento e as diversas áreas do conhecimento.REFERÊNCIAS:BRASIL. Lei 9.394/96. Diretrizes e bases da educação nacional.BRASIL / CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Diretrizes curriculares nacionais.Parecer 04 CNE/SEB/98.BRASIL / CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Diretrizes curriculares nacionais.Resolução 02 CNE/SEB/98.BRASIL / CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Diretrizes curriculares nacionais.Resolução 01 CNE/SEB/2006.BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Secretaria de EducaçãoContinuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Secretaria de Educação Profissionale Tecnológica. Conselho Nacional da Educação. Câmara Nacional de Educação Básica.Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Brasília: MEC, SEB, DICEI,2013BRASIL / SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL. Parâmetros CurricularesNacionais: Introdução aos parâmetros curriculares nacionais (vol. 1). BRASÍLIA:MEC/SEF, 1997.BRASIL / SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL. Parâmetros CurricularesNacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: Introdução aos parâmetroscurriculares nacionais. BRASÍLIA: MEC/SEF, 1998.DEMO, Pedro. A nova LDB: ranços e avanços. São Paulo: Papirus, 1999.ESTEBAN, Maria Teresa. O que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracassoescolar. Petrópolis, RJ, De Petrus et Alii, 2013, 2ª edição.FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - saberes necessários à prática educativa. Riode Janeiro: Paz e Terra, 1996.FERNANDES, Claudia de O. (Org.); Avaliação das aprendizagens – sua relação com opapel social da escola. São Paulo, Cortez, 2014.GADOTTI, Moacir. História das ideias pedagógicas. São Paulo, Ática, 1999.GADOTTI, Moacir. Pensamento Pedagógico Brasileiro. São Paulo, Ática, 2004.GHIRALDELLI JR., Paulo. História da Educação Brasileira, São Paulo, Cortez, 2006.35PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIROSecretaria Municipal da Casa CivilSubsecretaria de Serviços CompartilhadosKOHL, Marta, Vygotsky: Aprendizado e Desenvolvimento - um processo socio-histórico.SãoPaulo. Scipione, 1993.LOPES, Alice Casimiro; MACEDO, Elizabeth; Teorias de Currículo. São Paulo; Ed. Cortez,2011.RIO DE JANEIRO. Secretaria Municipal de Educação. Orientações Curriculares. Rio deJaneiro. 2016.SMOLKA, Ana Luiza Bustamante; GÓES, Maria Cecília R. de (Orgs). A linguagem e ooutro no espaço escolar – Vygotsky e a construção do conhecimento. São Paulo,Papirus, 2005, 11ª edição.SILVA, Tomaz Tadeu da; Documentos de Identidade: uma introdução às teorias docurrículo. Belo Horizonte, 2007, 2ª edição.SOARES, Magda. Letramento – um tema em três gêneros. Belo Horizonte, Autêntica,2000. 2ª edição.  Turma intensiva com os tópicos mais relevântes escolhidos pela nossa esquipe. 

Outro curso relacionado com Concurso Público para Professores

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços.
Se continuar navegando, aceita o seu uso.
Ver mais  |