Home>Cursos>Design de Interiores>Rio de Janeiro Capital>Cursos Intensivos Saperfare – Design de Mobiliário - Rio de Janeiro Capital - Rio de Janeiro
 

Cursos Intensivos Saperfare – Design de Mobiliário

Método: Presencial
Locais Disponíveis:
Tipo: Cursos
Loading...

Solicite informação sem compromisso
IED Istituto Europeo di Design - sede Rio de Janeiro

Cursos Intensivos Saperfare – Design de Mobiliário - Rio de Janeiro Capital - Rio de Janeiro

Nome
Sobrenome
E-mail
Telefone de Contato
DDD Ex: 14
 
 
 
 
Teléfono Fijo Ej: 24344444
 
 
 
 
Estado
Cidade
CPF
Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a política de privacidade
* Campos obrigatórios

Em breve um responsável da IED Istituto Europeo di Design - sede Rio de Janeiro, entrará em contato contigo para mais informações.
Por favor, preencha todos os campos corretamente
Imagens - IED Istituto Europeo di Design - sede Rio de Janeiro:
Foto Centro IED Istituto Europeo di Design - sede Rio de Janeiro
Foto Centro IED Istituto Europeo di Design - sede Rio de Janeiro
Cursos Intensivos Saperfare – Design de Mobiliário - Rio de Janeiro Capital - Rio de Janeiro Comentários sobre Cursos Intensivos Saperfare – Design de Mobiliário - Rio de Janeiro Capital - Rio de Janeiro
Conteúdo:
Cursos Intensivos Saperfare – Design de Mobiliário.

Uma experiência prática de criação de móveis, percorrendo todos osprocessos de produção, com intervenções de profissionais de várias áreas, estimulando a interação entre os alunos.


Início previsto:  março 2017
Aulas: segundas e quartas – 19h30 às 22h30 + 10 sábados – 10h às 17h
Carga horária: 240 horas
Idioma: Português


Descrição e Objetivos:

O curso de design de Mobiliário é uma experiência prática de criação de móveis, percorrendo todo o processo necessário, contando com intervenções pontuais de profissionais de várias áreas e estimulando a interação entre os alunos.

Os projetos serão desenvolvidos em colaboração com a MMM (Meu Móvel de Madeira) , empresa do setor de móveis sustentáveis fundada em 2006, segmento até então inédito no Brasil. De acordo com um briefing acordado com a empresa, o aluno desenvolverá um projeto partindo da observação dos usuários para definir as necessidades, enquadrar o problema e encontrar uma solução. Seguindo os métodos de fabricação compatíveis com a realidade e buscando enriquecê-los com novas experiências, técnicas e materiais.

O curso oferece um laboratório para fabricação e teste dos protótipos durante o desenvolvimento do projeto e, em colaboração com a MMM, será desenvolvido um protótipo final. Este é um exercício de desenvolvimento de ideias, de conceitos e de soluções para um novo modo de pensar os móveis. Ao longo do caminho, os alunos desenvolverão um produto e, principalmente, percorrerão um processo para a produção de soluções criativas, aplicáveis aos mais complexos desafios futuros.


Público-alvo:

Estudantes e profissionais das áreas de design, arquitetura e áreas afins que pretendem migrar para o mercado do design de móveis, além de pessoas com experiência no setor de mobiliário, interessadas em aperfeiçoar e potencializar seu conhecimento.

O curso é uma experiência que simula a realidade profissional. As matérias serão estudadas de acordo com o processo de desenvolvimento do projeto.


Temas do Curso:

Área Cultural:

História do design de mobiliário e conhecimento do design contemporâneo. Aborda a história do design através da evolução de objetos, a partir do final do século XIX até o presente, o conceito de artes aplicadas na definição de design industrial, com especial atenção para a produção do design italiano, na segunda metade do século XX e as empresas italianas de design.

Área Técnica e de Tecnologia:

Métodos de fabricação, tipologia de materiais, modelação 3D, desenho de representação, laboratório de modelismo.

Área Projetual:

Simulação de uma atuação profissional, com a colaboração direta com a empresa que fornecerá informações do processo de produção e da logística para desenvolvimento do produto. Criando um produto para um cliente os estudantes desenvolverão prática e confidência durante o processo. Uma experiência abrangente que envolve a pesquisa e a definição do conceito, o seu desenvolvimento e a sua representação para a comunicação do projeto. O processo centrado no usuário, que enfoca o uso individual, social e a interação com o planeta.


*O IED Rio se reserva ao direito de adiar o curso caso não obtenha o quórum.


Conteúdo Programático - Percurso de Estudos
:

Como em um “Studio”, o estudante vai vivenciar a prática profissional, contando com intervenções pontuais de especialistas e interagindo entre os grupos. O cliente deste “Studio” é a empresa com a qual serão desenvolvidos os projetos a partir de um Briefing acordado. s métodos de fabricação dos projetos devem ser compatíveis com a realidade da empresa com a qual os projetos serão desenvolvidos, buscando enriquecê-los com as experiências de técnicos que apresentarão o que é viável no Brasil. Durante o curso, exercícios estimularão o desenvolvimento de ideias, conceitos e soluções para um novo modo de pensar os móveis. Serão realizados dois projetos que percorrerão todos os processos necessários à criação do produto, considerando que os móveis serão comercializados pela internet.

Grupo

Os alunos serão divididos em grupos de 3-4 pessoas. Cada grupo escolherá um tema na área de móveis para desenvolver o projeto.

Pesquisa

O grupo desenvolverá o projeto partindo da observação dos usuários para definir qual a necessidade deles. Essa observação tem por objetivo compreender as pessoas, o modo como agem, o físico e o emocional. Raramente o designer trabalha com problemas que fazem parte da própria realidade, são problemas de pessoas ou grupos específicos e, para isto, é preciso se aprofundar sobre o perfil desse cliente,  entender o problema e resolvê-lo. Aprender a ver através dos olhos do usuário/cliente.

Sintetizar as informações

As informações obtidas na pesquisa serão filtradas e organizadas para que seja possível enquadrar o problema e para encontrar uma solução.

Criação

Idealização de conceitos, possibilidades, soluções. A criatividade fluirá livremente, desenhando e explorando ao máximo as possibilidades de soluções.

Protótipos

A prototipação serve tanto para o desenvolvimento das ideias como para testar a viabilidade dela. Serão desenvolvidos protótipos para facilitar a interação, para reavaliar as ideias e testar o produto. Os protótipos devem ter tempo de produção rápido e com materiais acessíveis.

Apresentação - Mostra

A finalização do projeto será com uma mostra dos objetos desenvolvidos e/ou com a produção de um livro que documente o processo de trabalho.

Participação de empresas

Junto com a empresa parceira, que atua no setor de produção de móveis e de venda online, serão analisados todos os materiais, as produções e os processos de venda que se relacionam diretamente com o produto.

Tema do Projeto

O desenvolvimento de móveis para venda pela internet implica em várias peculiaridades em relação aos móveis convencionais. Estas diferenças são de caráter cultural, econômico, logístico e tecnológico. As novas gerações buscam informação através da grande rede, e, se estiverem atentos, conhecem as tendências e as exigências econômicas e estéticas de outros países e culturas. Diferentemente do que ocorria há 10 anos atrás.

A mobilidade da classe C que conquista poder econômico pode e quer investir na sua casa; a tendência do mini apartamento muda a estrutura de uma casa; os consumidores de áreas remotas que não têm acesso às lojas, mas têm acesso à informação, querem consumir as novidades. Essas são as oportunidades para inovar nos móveis, nos processos, nas ideias


São inúmeras as novas possibilidades para o designer, não necessariamente estacionado ao lado dos polos industriais, colaborando com empresas que estejam a distância. As conexões passam a ser mundial.

Pensar em um objeto ou um móvel, que deve ter características como leveza, facilidade de montagem (ou não necessidade de montagem), tamanho para ser postado, além das características tradicionais de usabilidade, conforto, beleza, é apenas o início de uma série de questionamentos possíveis.

Historia do design de mobiliário e conhecimento do design Contemporâneo

A partir do final do século XIX até o presente. Serão exploradas a história do design através da evolução dos objetos, o conceito de artes aplicadas na definição de design industrial, com especial atenção para o design e as empresas italianas na segunda metade do século XX.

Métodos de fabricação/ Tipologia de materiais

Transmitir uma compreensão geral do papel fundamental dos materiais e dos processos de produção para aplicações de design, com foco específico em materiais estruturais e em processos industriais. O conhecimento sobre materiais e tecnologias será integrado, com referências metodológicas e práticas, ligado às questões profissionais, industriais e ambientais. Serão oferecidas palestras com empresas de produção de móveis e de materiais.

Modelação 3D - desenho de representação

Introdução ao software Rhinoceros 3D e Explora, dando ênfase às técnicas avançadas de modelagem. O objetivo é fazer com que os estudantes possam utilizar a ferramenta em situações práticas, permitindo-lhes produzir rapidamente modelos que serão usados na apresentação e na produção. O objetivo é dar uma noção básica do programa e desenvolve essa competência de acordo com as necessidades especificas de cada grupo.

Modelismo
A oficina de modelagem dotará os alunos com as habilidades práticas necessárias para a criação de estudo de modelos tridimensionais. Durante o processo de design as técnicas de modelagem são um instrumento fundamental para verificar as primeiras ideias ou refiná-las, examinar o layout do espaço, a disposição dos volumes, suas proporções e funcionalidade. Utilizar técnicas que permitam desenvolver protótipos rápidos com materiais acessíveis.


Disciplinas e Módulos:

Projeto - 120H Prof: Flavia Alves de Souza
   
1. Introdução

1.1. Apresentação do curso de Design de Mobiliário

1.2. Introdução ao Mundo do Design

1.3. Visão Internacional e Atual do Design
   
2. Planejamento

2.1. Definição do Tema

2.2. Metodologia

2.3. Cronograma
   
3. Pesquisa

3.1. Conhecimento do Usuário

3.2. Pesquisa de Dados e Reconhecimento de Informações

   
4. Análise

4.1. Análise de Dados

4.2. Síntese de Informações

4.3. Enquadrar Problema

4.4. Reconhecimento das Necessidades

4.5. Brainstorming
   
5. Processo Criativo

5.1. Idealizar

5.2. Aprimorar

5.3. Definir
   
6. Laboratório de Modelismo – (em conjunto com Modelismo)

6.1. Modelos/Teste
   
7. Apresentação

7.1. Técnicas de Apresentação

7.2. Desenho Técnico

7.3. Desenho Ilustrativo

História do design - enfase no design de Mobiliário – 18H Prof: Cláudio Lamas de Farias
   
1. Conceituação e Design no Século XIX

1.1. Design 24 horas ao dia

1.2. Arts and Crafts

1.3. Art Nouveau
   
2. Vanguardas no Início do Século XX

2.1. Construtivismo

2.2. Bauhaus

2.3. Art Deco
   
3. Funcionalismo x Formalismo

3.1. Design Escandinavo e Alemão

3.2. Styling

3.3. Design Italiano
   
4. Design Pós-moderno

4.1. A Itália de Volta às Manchetes: Memphis

4.2. Tendências Após os Anos 1980
   
5. Design no Brasil

5.1. Influências Externas: Art Deco e Construtivismo

5.2. Joaquim Tenreiro, Sérgio Rodrigues e o Design Modernista de Móveis

5.3. Manifestações Contemporâneas

Design Digital – Laboratório informática - 48H prof.: Diogo Magliano
   
1. Apresentação do mundo 3D

1.1. Apresentação 3D -X, Y e Z.

1.2. Representação dos Modelos em 3D.·
   
2. Formas de apresentação

Como o 3D é Utilizado na Apresentação
   
3. Programas

CAD, CAM e Modelos em 3D·
   
4. Desenho Técnico

Vistas, Cotas e Desenho & quot;Técnico & quot; básico
   
5. Modelação 3D

5.1. Modelando Formas

5.2. Definindo Medidas, Cotas, Peças Instanciadas e Cópias.

6. Acabamentos 

Texturas, Mapas e Efeitos (transparência e reflexos)
   
7. Ambientação

Vistas, Câmeras (efeitos de câmera, diferença das medidas das lentes, perspectiva isométrica)
   
8. Renderização

Apresentação sobre renders
   
9. Utilizando o Layout do Sketchup para Detalhar o Projeto.

Modelismo – Laboratóriode modelismo 24H prof.: Fernando Vaccari
   
1. Noções Básicas de Modelismo

Uso de Materiais Simples
   
2. Modelo do 1º projeto
   
3. Modelo do 2º projeto

3.1. Construir e Testar para Aprender

3.2. Refinar as Soluções


Dinâmica de  Grupo - 9h prof: a Confirmar
   
1. Dinâmica para Formação de Grupo
   
2. Dinâmica de Evolução do Trabalho em Grupo

Parceria com MMM
   
1. Indústria (Apresentação da Empresa MMM)

1.1. Estudo da Empresa: Perfil, Produção, Venda, Visão

1.2. Tipologia dos Clientes

1.3. Parâmetros de Comercialização pela Internet

1.4. Definição do Briefing

   
2. Técnico (Apresentação de Técnicos da MMM)

2.1. Tipologia de Material

2.2. Técnicas de Produção

2.3. Orçamento Industrial
   

3. Protótipos

Palestra com profissionais reconhecidos - Convidados a Confirmar

•Nada se leva - Guilherme Leite
•O ebanista - Ricardo Grahan
•Lattoog - Leonardo Lattavo

visita Guiada à indústria moveleira.

•Lacca

Empresas convidadas a apresentar técnicas e materiais (a Confirmar)

•Sayerlak
•Masisa
•Alpi
•Corian
•Ferragens Blum

Coordenação:

Flávia Alves de Souza - Formada em Desenho Industrial e Master da Scuola Politécnica de Design, Milão. De 1995 a 2001 colaborou com o Studio Sottsass Associati em Milão, desenvolvendo projetos como objetos, mostras, internos de iate e casas. A partir de 2001 formou seu próprio Studio em Milão. Entre os projetos desenhou vasos em vidro serigrafado para Egizia, prata para Pampaloni, inox para Brognoli, cristais para Colle, decoração para Muraoca, porcelanas para Rosenthal, móveis para Edra, joias para San Lorenzo e luminárias para Tecnodelta e Bright China. Participou de mostras internacionais e expõe em museus de diversos países. A partir de 2006 retornou ao Brasil onde mantém seu próprio Studio.

Professores:

Disciplina: História do design  - Ênfase no design de mobiliário.

Claudio Lamas de Farias é designer formado pela Esdi, especialista em design pela FGV, mestre em design pela PUC – Rio, doutor em design pela FAU – USP, professor de História do Design do Instituto de Artes e Design da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Disciplina: Digital - Curso de 3D para apresentação e detalhamento de projeto.

Diogo Magliano é formado em Desenho Industrial - Projeto de Produto pela UFRJ, trabalha com computação gráfica há 10 anos. Conheceu o Design através dos softwares de computação gráfica. Começou com 3Ds Max (na época 3D Studio Max R4), depois Rhinoceros, AutoCAD, Solidworks, Solidedges, Topsolid entre outros. Trabalhou com 3D para publicidade, arquitetura, projeto de móveis, detalhamento técnico de móveis e arquitetura e apresentação de projetos. Trabalha atualmente como designer de produtos na Innova Utensílios, projetando utensílios domésticos em plásticos, faz apresentações em 3D, projeto de peças para fabricação de moldes e opera uma impressora 3D para fabricação de protótipos.


Disciplina: Dinâmica de Grupo

Mariana Kapps, coordenadora de projetos sociais com destaque para a Agência Redes Para Juventude e diretora de TV - programa “O bom jeitinho brasileiro” exibido no Canal Futura. Já trabalhou na TV Globo e Fundação Roberto Marinho entre outros. Pós-graduada em Educação pela PUC-Rio. Graduada em Comunicação Social pela UFRJ.

Letícia Kaminski é profissional liberal, atua nas áreas de autoconhecimento, desenvolvimento pessoal e educação teatral infantil. Coach certificada pelo ICI, jornalista graduada pela PUC-Rio, pós-graduada em Gestão de Entretenimento na ESPM e Master Avatar® licenciada pela Star ́s Edge® International.

Letícia Kaminski e Mariana Kapps são idealizadoras do Faz Sentido, workshop sobre o que é essencial desde 2013 A inclusão do Faz Sentido -Dinâmicas no curso de design de Mobiliário do IED Rio valoriza o autoconhecimento como parte do processo de aprendizagem.

Com o objetivo de integrar os participantes, ferramentas de coaching são usadas para mapear talentos e identificar competências que se fazem necessárias no trabalho em equipe. A fim de formar grupos colaborativos e inovadores, desperta-se a atenção para habilidades essenciais no processo criativo coletivo. Como resultado dessa experiência espera-se que os envolvidos possam expandir a confiança e a resiliência adquiridas na convivência em grupo durante esse período para outras esferas de suas vidas.

Projeto

Flavia Alves de Souza é designer, formada em Desenho Industrial. Frequentou o Master na “Scuola Politécnica de Design” em Milão, colaborou com o Studio Sottsass Associati em Milão, desenvolvendo projetos entre os quais: objetos, mostras, internos de iate e casas. A partir de 2001 formou seu próprio Studio em Milão. Entre os projetos desenhou vasos em vidro serigrafado para Egizia, prata para Pampaloni, Inox para Brognoli, cristais para Colle, decoração para Muraoca, no Japão, porcelanas para Rosenthal, móveis para Edra, joias para San Lorenzo, luminárias para Tecnodelta, Bright, na China, desenvolveu cerâmicas no EKWC (Centro Europeu de Cerâmicas) em Hertogenbosch, na Holanda. A partir de 2006 retornou ao Brasil onde mantém seu próprio Studio. Participou de várias mostras internacionais e expõe em museus de diversos países. Premiada na Alemanha com brinquedos para crianças, concurso “Lorenz” 1998, no concurso internacional Young & Design com uma poltrona, recebeu o prêmio Macef 2002. No mesmo ano foi selecionada pela ADI Design Index com a chaise longue Pororoca desenhada para Edra. Em 2003, recebeu o Prêmio “The best Yachts of 2002 - Show Boats Awards”- com Motor Yacht Skat.

Modelismo
Fernando Vaccari é formado em desenho industrial com habilitação em projeto de produtos pela UFRJ. Iniciou sua carreia desenvolvendo maquetes, mock-ups e modelos para o cinema, televisão e fotografia, se especializando em efeitos especiais e de cena.  Essa experiência permitiu novas oportunidades em áreas como cenografia, design de interiores e iluminação. Hoje, além de dar aulas de design e processos produtivos, também é sócio e designer de uma fábrica de luminárias.

Programa de aulas da oficina de modelos:

O objetivo das aulas das oficinas de modelos é permitir ao designer uma imediata capacidade de representar suas ideias e conceitos de forma física e volumétrica. Com isso será possível utilizar esses recursos como um “croqui” tridimensional aplicando ao processo criativo novas possibilidades e resultados. Ao mesmo tempo as aulas apresentam opções variadas de materiais e processos simples, que familiariza os alunos com o processo construtivo e o pensamento físico.
Outro curso relacionado com Cursos de Design de Interiores: