Home > Graduação > Engenharia > Campo Grande > Graduação em Engenharia Mecânica - Campo Grande - Mato Grosso do Sul

Graduação em Engenharia Mecânica

Solicite informação sem compromisso Universidade Católica Dom Bosco

Para enviar a solicitaçao você deve aceitar a Política de Privacidade

Análise do Educedu

Max A.

Max A.

Graduação em Engenharia Mecânica

  • Modalidade
    O curso de Engenharia Mecânica acontece presencialmente.
  • Duração
    A duração não foi publicada.
  • Certificado Oficial
    O aluno receberá o título de Engenharia Mecânica.
  • Considerações
    O objetivo do curso é formar um profissional de engenharia capaz de atuar em áreas como:automação e robótica em geral, que possa crear projetos e realizar manutenção de sistemas microprocessados, desenvolvimento de equipamentos para outras áreas além de administrar rede de computadores. A instituição conta com um moderno laboratório de informática para o aprendizado mais cômodo do aluno.
  • Dirigido a
    A todos os interessados em engenharia.
  • Área de atuação
    O profissional irá melhorar o seu curriculo consideravelmente pois existe muita vaga de trabalho nesta área.
Quer saber mais sobre este curso?
Solicitar informações

Comentários sobre Graduação em Engenharia Mecânica - Presencial - Campo Grande - Mato Grosso do Sul

  • Conteúdo
    Engenharia Mecânica

    Concepção


    O  século  20  caracteriza-se  pelos  grandes  passos  que  foram  dados  na  ciência  e  na  tecnologia.  Na  primeira  metade,  os desenvolvimentos  foram  predominantemente  de  equipamentos  (hardware).  Durante  este  período  aumentaram  consideravelmente  a complexidade  mecânica,  a  precisão  e  a  velocidade  da  maquinaria  de  produção  nas  instalações  industriais.  Este  período  pode  então ser  chamado  da  era  do  hardware. 


     

    De  modo  similar,  a  segunda  metade  pode  ser  chamada  da  era  da  programação  (software),  porque foi  este  o  fator  dominante  neste  período.  No  início  a  eletrônica,  que  estava  confinada  à  área  de  comunicações,  penetrou  nas instalações  industriais  e  o  nível  de  automação  aumentou  consideravelmente  na  forma  da  automação  rígida  (específica  para determinado  produto). 


     

    O  desenvolvimento  dos  microprocessadores  na  década  de  70  forneceu  um  novo  estímulo  para  a  evolução industrial.  Pelo  uso  do  software  adequado  foi  possível  realizar  tarefas  complexas  de  um  modo  simples e flexível, alterável facilmente.  Em  estágios  posteriores aconteceu  a  fusão  sinérgica  de  diversas  tecnologias  e  da  ciência  da  computação,  e  como  resultado  a  automação  rígida  deixou  seu lugar  para  a  automação  flexível  (adaptável  a  diversos  produtos),  culminando  nos  processos  controlados  por  computador  que  possuem um  certo  grau  de  inteligência  e  autonomia.  Assim  nasce  a  era  da  mecatrônica  que  caracteriza-se  pela  fusão  de  diversas  tecnologias  e   por  um  ciclo  de  vida  mais  curto  para  os  produtos.


     

    Engenharia  Mecatrônica  (ou  de  Controle  e  Automação)  é  a  integração  sinergética  da  engenharia  mecânica  com  eletrônica  e  controle  inteligente  por  computador  no  projeto  e  manufatura  de  produtos e  processos.  Um  sistema  mecatrônico  realiza  aquisição  de  sinais,  processamento  digital  e,  como  saída,  gera  forças  e  movimentos.  Os  sistemas  mecânicos  são  estendidos  e  integrados  com sensores,  microprocessadores  e  controladores,  podendo,  assim,  seguir  comandos  externos  para  realizar  determinadas  tarefas.  Apesar de ter surgido pela automatização e flexibilização do controle eletrônico de equipamentos mecânicos, daí vindo seu nome, as técnicas estudadas e desenvolvidas são possíveis de serem aplicadas a quaisquer processos e equipamentos. Exemplos existem em processos   químicos, como refinaria de petróleos e fabricação de remédios, processos   metalúrgicos, equipamentos hospitalares ou até automação de serviços, tendo algumas escolas adotado o nome mais abrangente de Engenharia de Controle e Automação.


     

    Exemplos  de  sistemas  mecatrônicos  são: 


     

    ·          Manipuladores robóticos  para manufatura,  manipulação  e  serviço; 


     

    ·          sistemas  para  automação  de  máquinas  e  processos; 


     

    ·          máquinas  com  controle  digital; 


     

    ·          controladores de semáforos;


     

    ·          sistemas de automação logística, desde automação de depósitos e estoques até automação de vendas;


     

    ·          veículos  autoguiados; 


     

    ·          máquinas  ferramentas  controladas  por  computador;
    máquinas  robóticas  para  aplicações  de  diagnóstico  e  reabilitação  em  medicina;  e  dispositivos  como:  câmeras  eletrônicas,  impressoras,  máquinas  de fax,  fotocopiadoras,  vídeocassetes,  etc. 


     

    A formação  recebida  habilita  o  engenheiro  mecatrônico  para  atividades  de  concepção,  implementação,  utilização  e  manutenção  de  unidades  de  produção  automatizadas  ou  a  serem  automatizadas.  Os
    interessados  pelas  qualificações  deste  profissional  são  empresas  de  engenharia,  indústrias  de  produção  de  equipamentos  e  de  programas  para  automação  industrial  e  indústrias  usuárias  destas técnicas.

    O  curso  tem  duração  de  5  anos  divididos  em  10  semestres.  Os  primeiros  anos  são  dedicados  a  formação  básica  de  engenharia,  tendo  disciplinas de introdução à área, mas principalmente disciplinas  como Cálculo  e  Física,  que  contém  ferramentas  necessárias  para  nos  anos  seguintes  poder  entender  e  aprender  a  usar  as  disciplinas  profissionalizantes  da  área  específica  de  atuação. Entre essas disciplinas especificas podemos citar Controle Automático, Controle Digital (usando computadores), Eletrônica Analógica, Eletrônica Digital, Eletrônica de Potência, Processos de Fabricação, Oficina mecânica, Elementos de máquinas, Máquinas Elétricas, Instrumentação, Automação Industrial, Redes de dados industriais e de Computadores, Programação, Bancos de Dados, e outras.

    Finalidade


    O curso de Engenharia Mecatrônica oferecido pela UCDB tem como finalidade a formação abrangente de um profissional capaz de atuar em diversas áreas, tais como:


     - Automação e Robótica em geral (Industrial, Agrícola, ...);


    - Projeto e manutenção de sistemas microprocessados em geral, incluindo desenvolvimento de equipamentos para outras áreas, como fisioterapia, fonoterapia e outras ;


    - Infraestrutura de redes (cabeamento estruturado e instalações elétricas);


    - Administração de redes de computadores e de redes industriais (sensores e atuadores em indústria, agricultura, etc);

    - Sistemas de Alarmes, cercas elétricas, correção de fator potência em indústrias,

    Objetivos

    O curso de Engenharia Mecatrônica da UCDB, possui como foco principal a área de Automação e Controle, cobrindo nessas áreas disciplinas de Controle Automático, Controle Digital (usando computadores), Eletrônica Analógica, Eletrônica Digital, Eletrônica de Potência, Processos de Fabricação, Oficina mecânica, Elementos de máquinas, Máquinas Elétricas, Instrumentação, Automação Industrial, Redes de dados industriais e de Computadores, Programação, Bancos de Dados, e outras.

Outro curso relacionado com Engenharia

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços.
Se continuar navegando, aceita o seu uso.
Ver mais  |