Graduação em Terapia Ocupacional

Solicite informação sem compromisso FCMMG - Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais

Para enviar a solicitaçao você deve aceitar a Política de Privacidade

Análise do Educedu

Igor Moreira

Igor Moreira

Graduação em Terapia Ocupacional

  • Modalidade
    Curso realizado presencialmente.
  • Duração
    Duração total de 4 anos.
  • Certificado Oficial
    O aluno será terapeuta ocupacional.
  • Considerações
    A FCMMG - Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais oferece a Graduação em Terapia Ocupacional presencialmente, e pode ser realizado nos períodos vespertino ou noturno. O objetivo desta formação é realizar a formação de terapeutas ocupacionais que atuarão na prevenção, cura ou reabilitação de pessoas com distúrbios ou deficiências de origem mental, física ou social. Os tratamentos realizados por este profissional são feitos por meio de atividades lúdicas, artesanais ou profissionalizantes, inserindo o paciente na sociedade de forma autônoma. O aluno participará de atividades de estágio supervisionadas, visando a prática profissional.
  • Dirigido a
    Curso voltado a pessoas com ensino médio completo.
  • Área de atuação
    As oportunidades sedão em clínicas e centros de saúde dedicados a esta prática.
Quer saber mais sobre este curso?
Solicitar informações

Comentários sobre Graduação em Terapia Ocupacional - Presencial - Belo Horizonte - Minas Gerais

  • Conteúdo
    Foi o primeiro implantado em Minas Gerais e o seu objetivo central é formar terapeutas ocupacionais integrados nos sistemas de saúde e de educação, que usam recursos terapêuticos variados (ligados ao trabalho, lazer, elementos lúdicos e cotidianos, artesanais, profissionalizantes etc) para prevenir, curar ou reabilitar pessoas portadoras de disfunções ou deficiências de natureza física, mental, social ou do desenvolvimento. O trabalho com o paciente visa promover a sua autonomia e inserção social.

    Modalidade: Bacharelado
    Duração: 4 anos
    Turno: Vespertino/Noturno


    O aluno participa de estágios supervisionados em serviços próprios ou conveniados com a Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais - FCMMG, a partir da 3.ª série de graduação. Na 4.ª série, os estudantes de terapia ocupacional participam de programas de assistência à saúde pública e comunitária em populações carentes, através do Programa de Internato Rural/Metropolitano. Além disso, fazem estágios em instituições asilares, hospitalares, ambulatoriais, em serviços próprios ou conveniados com a FCMMG, usando o modelo docente-assistencial (acompanhamento direto do aprendizado do aluno pelo professor).

    O perfil profissional

    O curso de Terapia Ocupacional da FCMMG enfatiza uma formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, que acompanha os processos saúde-doença e exclusão-inclusão social, nas diferentes áreas e níveis de atuação. Contempla de modo equilibrado a aquisição de conhecimentos e dos fundamentos históricos, filosóficos e metodológicos da Terapia Ocupacional, com seus diferentes modelos de intervenção, buscando sempre o rigor científico e intelectual.

    O mercado de trabalho

    O terapeuta ocupacional exerce sua profissão em serviços públicos e privados de saúde, incluindo estabelecimentos como hospitais, clínicas, consultórios, postos e outras unidades de saúde, além de instituições como escolas, creches, asilos, presídios, centros de referência, de convivência e de reabilitação, cooperativas, instituições abrigadas e empresas, associações comunitárias, organizações não-governamentais (ONGs), nas áreas do magistério, pesquisa e em assistência domiciliar.

    Competências a serem desenvolvidas
    • Relacionar a problemática específica da população com a qual trabalhará com os processos sociais, culturais e políticos envolvidos, percebendo que a sua emancipação e autonomia são os principais objetivos a serem atingidos pelos planos de ação e de tratamento;
    • Compreender as relações saúde-sociedade, como também as relações de exclusão-inclusão social, bem como participar da formulação e implementação das políticas sociais, sejam setoriais (políticas de saúde, da infância e adolescência, educação, trabalho, promoção social etc.) ou intersetoriais;
    • Reconhecer as intensas modificações nas relações sociais, de trabalho e comunicação em âmbito mundial, assim como entender os desafios que tais mudanças contemporâneas virão a trazer;
    • Inserir-se profissionalmente nos vários níveis de atenção à saúde, atuando em programas de promoção, prevenção, proteção e recuperação da saúde, além de programas de inclusão social, educação e reabilitação;
    • Explorar recursos pessoais, técnicos e profissionais para a condução de processos terapêuticos numa perspectiva interdisciplinar;
    • Compreender o processo de construção do fazer humano, isto é, como o homem faz suas escolhas ocupacionais, usa e desenvolve suas habilidades, reconhecendo-se e reconhecendo a sua ação;
    • Identificar, entender, analisar e interpretar as desordens da dimensão ocupacional do ser humano e usar, como instrumento de intervenção, os diferentes instrumentos humanos: o trabalho, as artes, o lazer, a cultura, o artesanato, o autocuidado, as atividades cotidianas e sociais etc;
    • Usar o raciocínio terapêutico-ocupacional para a análise da situação na qual se propõe a intervir, o diagnóstico clínico ou institucional, a intervenção propriamente dita, a escolha da abordagem terapêutica apropriada e a avaliação dos resultados alcançados;
    • Conhecer o processo saúde-doença, nas suas múltiplas determinações, contemplando a integração dos aspectos biológicos, sociais, psíquicos, culturais e a percepção do valor dessa integração;
    • Conhecer a atuação inter, multi e transdisciplinar e transcultural pautada pelo profissionalismo, pela ética e eqüidade de papéis;
    • Conhecer os principais procedimentos e intervenções terapêutico-ocupacionais usados tais como: atendimentos individuais, grupais, familiares, institucionais, coletivos e comunitários;
    • Desenvolver habilidades pessoais e atitudes necessárias para a prática profissional: consciência das próprias potencialidades e limitações, adaptabilidade e flexibilidade, equilíbrio emocional, empatia, autonomia intelectual e exercício da comunicação verbal e não verbal;
    • Desenvolver atividades profissionais com diferentes grupos populacionais em situação de risco ou alteração nos aspectos físico, sensorial, percepto-cognitivo etc.

Últimas visitas ao curso

Solicitar informação à Instituição

"Gostaria de saber quanto está a mensalidade do curso terapia ocupacional. "

Maria para Graduação em Terapia Ocupacional

Minas Gerais

"Eu gostaria de saber o valor da mensalidade para o curso de terapia ocupacional, e quando vai ter turma nova. "

Lidia para Graduação em Terapia Ocupacional

Minas Gerais

"Prezados, como está o mercado em Belo Horizonte para os terapeutas ocupacionais? Há empregos para todos ou o mercado está saturado? "

Polliana para Graduação em Terapia Ocupacional

Mato Grosso do Sul

Outro curso relacionado com Terapia Física

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços.
Se continuar navegando, aceita o seu uso.
Ver mais  |