Home>Pós-graduação>Direito (vários)>São Paulo Capital>MBA em Direito Eletrônico - São Paulo Capital - São Paulo
 

MBA em Direito Eletrônico

Método: Presencial
Locais Disponíveis:
Loading...

Solicite informação sem compromisso
EPD - Escola Paulista de Direito

MBA em Direito Eletrônico - São Paulo Capital - São Paulo

Nome
Sobrenome
E-mail
Telefone de Contato
DDD Ex: 14
 
 
 
 
Teléfono Fijo Ej: 24344444
 
 
 
 
Estado
Cidade
CPF
Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a política de privacidade
* Campos obrigatórios

Em breve um responsável da EPD - Escola Paulista de Direito, entrará em contato contigo para mais informações.
Por favor, preencha todos os campos corretamente
Institucional EPD
Imagens - EPD - Escola Paulista de Direito:
Foto Centro EPD - Escola Paulista de Direito São Paulo Capital
Foto Centro EPD - Escola Paulista de Direito São Paulo Capital
AnteriorAnterior
PróximaPróxima
EPD - Escola Paulista de Direito São Paulo Capital São Paulo Foto
Foto EPD - Escola Paulista de Direito São Paulo Capital São Paulo
Centro EPD - Escola Paulista de Direito São Paulo Capital São Paulo
Foto Centro EPD - Escola Paulista de Direito São Paulo Capital
EPD - Escola Paulista de Direito Brasil Foto
MBA em Direito Eletrônico - São Paulo Capital - São Paulo Comentários sobre MBA em Direito Eletrônico - São Paulo Capital - São Paulo
Conteúdo:

MBA EM DIREITO ELETRÔNICO

Condições especiais para matrículas até:

16/02 - Desconto de até 20%*
28/02 - Desconto de até 15%*
16/03 - Desconto de até 10%*

Desconto especial:  
- Parceiros EPD (consulte) ;
- Ex-alunos de Pós-Graduação EPD (concluintes): 30% (não cumulativo com qualquer ação promocional).

* Valores de descontos sujeitos ao período do curso.

Carga-horária: 
360 horas (3 módulos)

Taxa de inscrição¹:

R$ 60,00

Formas de pagamento:

Cartão de crédito, de débito, cheque, à vista, boleto (para pessoa jurídica) .  Para mais informações, consulte a Central de Relacionamento.
 
Processo seletivo:
Análise curricular

Apresentação:

A Escola Paulista de Direito – EPD, em parceria com a Impacta Tecnologia, apresenta, de forma pinoneira no País, o curso de MBA em Direito Eletrônico, um campo de atuação com conhecimentos obrigatórios diante das evoluções tecnológicas cada vez mais aceleradas. O Direito não pode negar as conseqüências dos atos e fatos jurídicos decorrentes do intenso uso das novas tecnologias. Dependemos desse mundo novo e nele interagimos, sem fronteiras. Competência, leis aplicáveis, globalização, extra-territorialidade, direitos autorais, crimes na internet, riscos, são alguns dos importantes temas que integram o curso. A prova eletrônica, elemento essencial à condenação, bem como as questões sobre segurança da informação tem destaque dentro da grade curricular. O processo eletrônico, meio que os profissionais utilizarão intensamente também será objeto de profundo estudo. A compreensão das tecnologias, técnicas, normas e metodologias para a implantação, uso e manutenção da informação, em conformidade com os padrões aceitos e utilizados atualmente, propiciará aos profissionais da área do Direito e Tecnologia da Informação conhecimento para avaliar e discutir um conjunto amplo de técnicas, ferramentas e metodologias que permitirão desenvolver habilidades para identificar, avaliar e gerir riscos. A estrutura do curso é compatível com as modernas tendências acadêmicas, nacionais e internacionais, na esfera do Direito Eletrônico e proporcionará aos seus participantes uma ampla interação e acompanhamento em relação às iniciativas na área de novas tecnologias.

TEXTO DE:


Professor   Renato Opice Blum
Coordenador da área de Direito Eletrônico da EPD

Professor   Valderes Fernandes Pinheiro
Coordenador da área de Direito Eletrônico da EPD


Objetivo:
Proporcionar a compreensão das novas relações jurídicas que se estabelecem em decorrência das novas e avançadas tecnologias, assim como diferentes soluções processuais, tanto preventivas como repressivas, para minimizar e gerenciar os riscos envolvidos nas operações e dar subsídios tecnológicos para analisar e entender as necessidades do mercado. Ademais, o programa preconiza que as informações sejam consideradas uma verdadeira vantagem competitiva, atribuindo um diferencial às organizações nas decisões baseadas em fatos e dados.

Esse é o grande desafio dos profissionais da área do Direito e Tecnologia da Informação, usar todos estes dados sem invadir a privacidade do seu cliente.

Público:
Advogados, Procuradores, Membros do Ministério Público e da Magistratura, Professores, Consultores, Servidores Públicos, Gestores Corporativos, Técnicos em Rede, Web Developer, Designers Gráfico e Web , Analistas de Segurança da Informação, Gestores de Tecnologia da Informação, Analistas de Sistema e demais profissionais que atuam em assuntos que envolvam a Tecnologia e operadores do Direito.
 
Processo seletivo:
Análise curricular

Coordenadores

Juliana Abrusio

- Coordenadora Acadêmica do curso de MBA em Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito;
- Mestre pela Universitá degli Studi di Roma Tor Vergata – USRV;
- Professora da Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Coordenadora da Pós-Graduação em Direito Eletrônico e Internet da UNIGRAN;
- Orientadora do Grupo de Estudos e Pesquisas Científicas “Frans Martins”, na área de Direito Eletrônico da Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Membro da Comissão de Direito na Sociedade da Informação, do Conselho Editorial da IJoFCS (The International Journal od Forensic Computer Science) e do Comitê de Legislação e de Tecnologia da Câmera Americana de Comércio (AMCHAM);
- Co-organizadora e co-autora do livro “Manual de Direito Eletrônico e Internet”;
- Advogada Sócia do escritório Opice Blum Advogados.

Renato Opice Blum

- Advogado e economista;
- Coordenador do MBA em Direito Eletrônico da EPD, Professor do Curso de Direito Digital da FGV, USP (PECE), Mackenzie;
- Membro Convidado do Grupo de Cybercrime do Conselho da Europa; Presidente do Conselho de Tecnologia da Informação da Federação do Comércio/SP e do Comitê de Direito da Tecnologia da AMCHAM;
- Conselheiro da Comissão de Crimes de Alta Tecnologia da OAB/SP;
- Professor/ Palestrante Convidado dos Programas/Conferências Internacionais: Council of Europe; SEDONA; American Bar Association; International Technology Law Association; High Technology Crime Investigation Association; Information Systems Security Association; Internet Association of Privacy Professionals; Georgetown Law CLE; International Law Association and Inter-American Bar Association;
- Coordenador e co-autor do livro "Manual de Direito Eletrônico e Internet".

Rony Vainzof

- Sócio do Opice Blum, Bruno, Abrusio e Vainzof Advogados Associados;
- Pós-Graduado em Direito e Processo Penal na Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Coordenador e Professor do MBA em Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito (EPD);
- Professor Convidado da Universidade Presbiteriana Mackenzie nos Cursos de Pós-Graduação em Direito Digital e das Telecomunicações, bem como Computação Forense;
- Professor do Curso de Direito Digital da FGV (FGVlaw) e professor Convidado da Fundação Getúlio Vargas no Curso de MBA em Construção  Civil;
- Professor das Faculdades FIAP, IBTA, Impacta, Parceria ITA-Stefanini, UNIGRAN, UNICID e UNISA e do Instituto Paulista de Educação Continuada;
- Vice-Presidente do Conselho da Tecnologia da Informação da Federação de Comércio/SP.
- Vice-Presidente do Comitê de Direito da Tecnologia da Câmara Americana do Comércio (AMCHAM);
- Membro voluntário da Comissão Jurídica da Federação Israelita do Estado de São Paulo (FISESP);
- Membro Colaborador da Comissão de Direito e Crimes Eletrônicos da OAB/SP;
- Co-autor do livro Legislação Criminal Especial (Capítulo - Lei de Software);
- Co-autor do E-Book Para Entender as Mídias Sociais (Capítulo - As Questões Jurídicas das Mídias Sociais -

Valderes Fernandes Pinheiro

- Doutor em Gestão Tecnológica pelo IPEN/FEA/USP;
- Pós-graduação em Engenharia de Computação pela POLI/SP;
- Cursos de especialização na Alemanha, Suíça e USA;
- Engenheiro Eletrônico e de Telecomunicações;
- Trabalhou 8 anos no Centro de Processamento de Dados do Bradesco;
- Trabalhou 10 anos no Ministério da Marinha no Projeto Submarino Nuclear;
- Consultor no Projeto de Sistema Operacional da Caixa Econômica Federal;
- Consultor em Projetos de Catálise na Petrobrás (CENPES, INT, CBPF, UFMG-Uberlândia, UFRJ, UFF, UFES, UFSCAR, USP, UFRN);
- Diretor Executivo da empresa ForBI, atuando em Projetos de Business Intelligence do Citibank, Banco do Brasil Seguradora entre outras;
- Gerente de Projetos de TI no Brasil e no Exterior;
- Diretor Acadêmico e Coordenador do curso de graduação em Sistemas de Informação da Faculdade Impacta Tecnologia há mais de dez anos;
- Coordenação do Intercambio Brazil/USA International Cyber Security Law Program;
- Presidente da Camara de Negócios Angola Brasil;
- Participação com trabalhos em diversos Congressso Nacionais e Internacionais;

Docentes e Conferencistas

Alexandre Rodrigues Atheniense

- Especialista em Internet Law - Berkman Center pela Harvard University/USA ;
- Especialista em Intelectual Property BerkmanCenter pela Harvard University/ USA ;
- Graduação em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais/UFMG.

Ana Cristina Azevedo

- Doutoranda em Direito Político e Econômico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Mestre em Direito Internacional pela USP;
- Especialista em Direito Tributário pela PUC/SP
- Atua na área de Direito da Tecnologia da Informação, com ênfase em perícia computacional, propriedade intelectual, proteção e segurança da informação e telecomunicações.

Augusto Eduardo De Souza Rossini

- Doutor e mestre em Direito Penal pela PUC-SP;
- Promotor de Justiça.

Cláudio Augusto Pedrassi

- Mestre em Direito pela PUC/SP;
- Juiz de Direito.

Coriolano Aurélio Almeida Camargo Santos

- Mestre em Direito;
- Juiz do Egrégio Tribunal de Impostos e Taxas de São Paulo;
- Advogado.

Fabiano Dolenc Del Masso

- Doutor em Direito Comercial pela PUC/SP;
- Advogado.

Giuliano Giova

- Doutorando na área de engenharia legal da Escola Politécnica da USP;
- Mestre em sistemas eletrônicos pela Escola Politécnica da USP;
- Economista pela FACESP;
- Presidente do Instituto Brasileiro de Peritos em Comércio Eletrônico e Telemática.

Juliana Abrusio

- Coordenadora Acadêmica do curso de MBA em Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito;
- Mestre pela Universitá degli Studi di Roma Tor Vergata – USRV;
- Professora da Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Coordenadora da Pós-Graduação em Direito Eletrônico e Internet da UNIGRAN;
- Orientadora do Grupo de Estudos e Pesquisas Científicas “Frans Martins”, na área de Direito Eletrônico da Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Membro da Comissão de Direito na Sociedade da Informação, do Conselho Editorial da IJoFCS (The International Journal od Forensic Computer Science) e do Comitê de Legislação e de Tecnologia da Câmera Americana de Comércio (AMCHAM);
- Co-organizadora e co-autora do livro “Manual de Direito Eletrônico e Internet”;
- Advogada Sócia do escritório Opice Blum Advogados.

Manoel Joaquim Pereira Dos Santos

- Doutor e Mestre em Direito Civil pela USP;
- Coordenador do curso de especialização em Propriedade Intelectual da Fundação Getúlio Vargas/SP;
- Professor nas áreas de Direito Empresarial e MBA em Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito - EPD.

Marcelo Bulgueroni

- Mestre em Direito Internacional pela USP;
- Advogado.

Marcelo De Carvalho Rodrigues

- Especialista em Direito Tributário pela PUC/SP;
- Membro do IPT - Instituto de Pesquisas Tributárias;
- Membro do IV Tribunal de Ética e Disciplina da OAB/SP;
- Juiz do Tribunal de Impostos e Taxas do Estado de São Paulo.

Marcelo Xavier De Freitas Crespo

- Mestre em Direito Penal pela USP;
- Advogado;
- Professor da Escola Paulista de Direito EPD.

Marcia Benedicto Ottoni

- Especialista em Contratos Empresariais pela GVLaw;
- Especialista em Direito Civil pela USP;
- Bacharel em Direito pela USP;
- Advogada.

Marco Aurélio Florêncio Filho

- Doutorando em Direito Penal pela PUC/SP;
- Mestre em Direito pela Faculdade de Direito do Recife – UFPE;
- Pós-Graduado em Direito Penal Econômico e Europeu pela Universidade de Coimbra;
- Professor da Graduação e da Pós-Graduação da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Vice-Presidente da Comissão de Crimes de Alta Tecnologia da OAB/SP;
- Advogado.

Marcos Gomes Da Silva Bruno

- Bacharel em Direito pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas em 2000;
- Membro da Comissão de Direito na Sociedade da Informação da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção de São Paulo (OAB/SP).

Otávio Luiz Artur

- Especialista em e -Commerce Business and Technology pela University of California at Berkeley.

Renato Opice Blum

- Advogado e economista;
- Coordenador do MBA em Direito Eletrônico da EPD, Professor do Curso de Direito Digital da FGV, USP (PECE), Mackenzie;
- Membro Convidado do Grupo de Cybercrime do Conselho da Europa; Presidente do Conselho de Tecnologia da Informação da Federação do Comércio/SP e do Comitê de Direito da Tecnologia da AMCHAM;
- Conselheiro da Comissão de Crimes de Alta Tecnologia da OAB/SP;
- Professor/ Palestrante Convidado dos Programas/Conferências Internacionais: Council of Europe; SEDONA; American Bar Association; International Technology Law Association; High Technology Crime Investigation Association; Information Systems Security Association; Internet Association of Privacy Professionals; Georgetown Law CLE; International Law Association and Inter-American Bar Association;
- Coordenador e co-autor do livro "Manual de Direito Eletrônico e Internet".

Rony Vainzof

- Sócio do Opice Blum, Bruno, Abrusio e Vainzof Advogados Associados;
- Pós-Graduado em Direito e Processo Penal na Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Coordenador e Professor do MBA em Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito (EPD);
- Professor Convidado da Universidade Presbiteriana Mackenzie nos Cursos de Pós-Graduação em Direito Digital e das Telecomunicações, bem como Computação Forense;
- Professor do Curso de Direito Digital da FGV (FGVlaw) e professor Convidado da Fundação Getúlio Vargas no Curso de MBA em Construção  Civil;
- Professor das Faculdades FIAP, IBTA, Impacta, Parceria ITA-Stefanini, UNIGRAN, UNICID e UNISA e do Instituto Paulista de Educação Continuada;
- Vice-Presidente do Conselho da Tecnologia da Informação da Federação de Comércio/SP.
- Vice-Presidente do Comitê de Direito da Tecnologia da Câmara Americana do Comércio (AMCHAM);
- Membro voluntário da Comissão Jurídica da Federação Israelita do Estado de São Paulo (FISESP);
- Membro Colaborador da Comissão de Direito e Crimes Eletrônicos da OAB/SP;
- Co-autor do livro Legislação Criminal Especial (Capítulo - Lei de Software);
- Co-autor do E-Book Para Entender as Mídias Sociais (Capítulo - As Questões Jurídicas das Mídias Sociais ;
- Co-autor do livro Revista de Direito das Novas Tecnologias e Crimes Falimentares de Acordo com a Lei n.º 11.101/2005;

Valderes Fernandes Pinheiro

- Doutor em Gestão Tecnológica pelo IPEN/FEA/USP;
- Pós-graduação em Engenharia de Computação pela POLI/SP;
- Cursos de especialização na Alemanha, Suíça e USA;
- Engenheiro Eletrônico e de Telecomunicações;
- Trabalhou 8 anos no Centro de Processamento de Dados do Bradesco;
- Trabalhou 10 anos no Ministério da Marinha no Projeto Submarino Nuclear;
- Consultor no Projeto de Sistema Operacional da Caixa Econômica Federal;
- Consultor em Projetos de Catálise na Petrobrás (CENPES, INT, CBPF, UFMG-Uberlândia, UFRJ, UFF, UFES, UFSCAR, USP, UFRN);
- Diretor Executivo da empresa ForBI, atuando em Projetos de Business Intelligence do Citibank, Banco do Brasil Seguradora entre outras;
- Gerente de Projetos de TI no Brasil e no Exterior;
- Diretor Acadêmico e Coordenador do curso de graduação em Sistemas de Informação da Faculdade Impacta Tecnologia há mais de dez anos;
- Coordenação do Intercambio Brazil/USA International Cyber Security Law Program;
- Presidente da Camara de Negócios Angola Brasil;
- Participação com trabalhos em diversos Congressso Nacionais e Internacionais;
- Autor do capítulo no livro "Competitividade e Negócios Eletrônico - Estudo de Casos;
- Coordenador Científico do curso de MBA em Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito EPD/FIT;

Depoimentos:

      Pedro Henrique Formaggio Jorge

      Profissionalmente o módulo internacional representou uma oportunidade ímpar para obtenção de conhecimento.
      A forma com que o programa foi planejado permitiu a discussão de diversos assuntos com profissionais de áreas distintas, apresentando-nos conceitos concernentes não só ao Direito Eletrônico, mas à política, à economia, às relações comerciais e, claro, ao Direito como um todo.
      Esta congregação de temas representou, para mim, um crescimento profissional além do que era esperado, e que já reflete na minha atuação enquanto advogado.
      Quanto ao contexto pessoal, o módulo mais uma vez superou as expectativas. Conviver com pessoas de hábitos e culturas diferentes foi ótimo. Ademais, a agenda do programa foi cuidadosamente elaborada para que tivéssemos a oportunidade de conhecer museus e monumentos históricos fantásticos, garantindo-nos também uma bagagem cultural.
      Por fim, posso afirmar seguramente que durante a viagem construí verdadeiras amizades, que certamente serão cultivadas no Brasil.
      Não percam esta oportunidade! Por mais que tentemos, as palavras não serão suficientes para expressarmos com clareza a real importância do International Cyber Security Law Program. À parte da evolução profissional, a convivência com pessoas que se tornaram verdadeiros amigos – refiro-me não só aos demais alunos, mas também aos professores e aos integrantes da CCC&TI – foi maravilhosa, e trará sempre ótimas recordações.
   
      Gabriel Avelar

      O International Cyber Security Law me reposicionou no mercado com uma experiência intensa de aprendizado em múltiplas areas como direito, tecnologia da informação e negócios criaram novas perspectivas e dando uma visão maior do todo, a convivência com profissionais de múltiplas areas de atuação gera uma interação profissional de altíssimo nível criando um ambiente de aprendizado dinâmico enriquecido por bagagens culturais diferentes. A possibilidade de aprofundar o estudo de um segunda língua em um ambiente voltado para o mercado não tem comparação com qualquer curso de idiomas que se possa imaginar. Por fim toda viagem é uma possibilidade de se auto conhecer.


      Não existe melhor maneira de encerrar o curso de MBA do que o módulo internacional, conhecer e conversar com grandes nomes do meio, interagir com quem vive diariamente na vanguarda da tecnologia e da inovação, aprender com professores e em ambientes especializados na preparação de profissionais do meio de uma maneira imersiva é a melhor forma de solidificar e expandir todo o conhecimento adquirido durante o curso. A viagem em si além do componente educacional, carrega consigo um  forte componente humano, conhecer e interagir com colegas de diferentes áreas e nível de aprendizado permite além de um enriquecimento de si mesmo, aumentar o círculo de amigos com pessoas capacitadas, com os mesmos objetivos e perspectivas que, ainda que não idênticas, podem ser complementares. Por fim, conhecer pontos históricos como a casa branca e o capitólio, visitar grandes museus, comer em restaurantes excelentes, visitar os melhores outlets do mundo e ser tratado como convidado de honra em todos esses lugares também não é nada, nada mau.
   
      Emerson Alvarez Predolim

      A aplicabilidade na vida profissional do conhecimento obtido por meio do módulo internacional CCC&TI é visível em muitos aspectos. Podemos citar o aprendizado técnico do processamento processual nas instâncias judiciais americanas visitadas, que trouxe um conhecimento útil para o advogado que necessita agir internacionalmente em casos de Direito Eletrônico, pois temos a extraterritorialidade na maioria das vezes. Outro aspecto importante foi termos a visão do jurídico da Google a respeito de retirada de conteúdos e sua política de uso, casos aplicados e explicados pelo responsável em Washington que modifica a forma do profissional de direito pensar em suas teses nos processos que virão.
      Por fim, no contexto pessoal a experiência cultural é imensa. O contato com pessoas de tanto conhecimento, a simplicidade e facilidade no trato, o acesso a locais que certamente como um turista não teríamos traz um crescimento pessoal sem comparação em outros cursos e deve ser levado em conta.

      Para aqueles que têm dúvidas quanto ao aproveitamento, inclusive por uma questão de falta de domínio da língua inglesa, aconselho a deixarem de lado tais restrições e irem. Digo isto por ter vivido este receio e, o enfrentamento fez com que além de aproveitar tudo o que foi oferecido, mesmo porque tivemos um ótimo apoio de nosso amigo Jimmy em dificuldades com a compreensão do inglês em todos os momentos. Aconselho a todos que façam, pois traduzo o curso como um investimento válido e que abre novos horizontes profissionais e pessoais certamente.

   
      Renato Mataruco Lopes

      No contexto profissional o módulo internacional permitiu o melhor entendimento de algumas matérias na área jurídica, tecnológica e política que incorrem na reflexão dos alunos das diversas áreas sobre o quê é possível fazer para melhorar na prática as atitudes profissionais. No meu caso a aula na Escola de Governo e a recepção na Embaixada foram excepcionais, mas tivemos outras apresentações nas áreas tecnológicas e a discussão de cases na área jurídica que, com certeza, agregaram valor aos profissionais atuantes no direito.
      Sob o ponto de vista pessoal, é impressionante o contato com a cultura americana, a viagem provocou uma mudança de conceito que eu possuía sobre o país e seu povo. Durante o período do programa o contato é muito intenso e o estilo de vida americano passa a querer incorporar em nosso dia a dia, mas quando nos damos conta o programa já está no final. A experiência e o aprendizado com certeza proporcionaram uma nova maneira de ver tudo e entender melhor nossas diferenças.
      Recomendo a todos os estudantes. Não só pela experência que cada um de nós tivemos, mas também pelo conhecimento, pelos laços de amizade e pelo carinho com o qual fomos tratados desde a recepção até a saída por todos os envolvidos e também pelos cidadãos americanos. Com certeza um marco que muda a vida de forma positiva.
      O programa foi cuidadosamente montado e demonstra todo o esforço e preocupação das pessoas que trabalham para que o MBA em Direito Eletrônico e o Módulo Internacional CCC&TI na parceria EPD e Impacta sejam esse SUCESSO.
   
      Solange Rodrigues Parra Assumpção Ferreira

      Inquestionavelmente o módulo internacional com a certificação pela Universidade de Calldwell nos coloca num elevado patamar com grande diferencial competitivo.Trabalho em uma empresa de TIC que é provedora de soluções para o Município de São Paulo. Lá existem excelentes técnicos com especializações de toda ordem, porém, posso afirmar que nenhum deles teve a oportunidade e a experiência que tivemos. Não conheço ninguém, além dos alunos de MBA da EPD, que tenham tido a oportunidade de ter aulas em duas Universidades Americanas (Caldwell e Chapel Hill), visitar e fazer perguntas a um agente do FBI, entrar em um Tribunal e questionar um juíz americano, ter uma longa conversa e fazer perguntas ao diretor da Google, entrar na Câmara, no Senado, na Casa Branca... Isso só para citar alguns dos exemplos das inúmeras experiências que tivemos. Por mais que escreva, não conseguirei expressar tudo o que vi e o que vivi nessa viagem à Carolina do Norte e Washington DC!

      Por isso eu digo aos que estão ingressando neste curso: Planeje-se, organize-se e não deixe de ir. A agenda é extremamente séria e abrangente. Todos os objetivos planejados no Programa foram rigorosamente cumpridos e acompanhados, em tempo integral, pelo Dr. Bohan, Reitor da Universidade de Caldwell. Se você ainda tem alguma dúvida, tenha a certeza que esta viagem mudará sua vida pessoal e profissional.
   
      Raquel Lemos Amaro
     
O módulo internacional do MBA em Direito Eletrônico trás consigo várias experiências de aprendizado em uma só. A capacidade de  networking é muito maior do que eu imaginava. Vivemos o conteúdo das aulas, as boas trocas de experiências, o contato com professores internacionais, o exercício da língua Inglesa e o convívio com os colegas acrescentaram, sem dúvida, valor a meu aprendizado profissional.

      O módulo internacional é  um grande investimento profissional - a decisão de investir numa rica experiência profissional e pessoal. Eu recomendo.
   
      Bruno de Moraes Dumbra

      Sobre o módulo internacional do curso, com certeza há muita importância. No contexto profissional uma experiência que jamais seria alcançada, devido ap empenho que os organizadores tiveram e as oportunidades proporcionadas que agregaram precioso conteúdo. No contexto pessoal também foi muito importante, a convivência com o grupo e o intercambio cultural serão levados pra vida toda.

      A mensagem é simples: “Não obstante os esforços que tenha que fazer, participe do programa pois com certeza valerá a pena!”
   
      Márcia de Oliveira Camargo

      O que me fez escolher a EPD para ampliar meus conhecimentos, foi além de possui salas de aulas adequadas, funcionários com atendimento perfeito, atencioso e acolhedor, os cursos têm dias e horários que atendem a minha necessidade sem contar os professores que são experientes e possui um grande currículo na área do Direito. Estou satisfeita com tudo que à Escola Paulista de Direito me proporciona. O curso de Direito Eletrônico realmente é muito bom, estou adorando!
   
      Fernando Gonçalves Vieira

      A EPD é uma escola que inspira confiança, essa é a sensação que tenho sempre que sou atendida pelos funcionários da instituição quando vou resolver alguma pendência, o resultado é sempre o melhor que esperado. Todas as aulas de Direito Eletrônico ficaram marcadas para mim. Foi ótimo escolher a EPD para fazer meu curso de pós-graduação.


PROGRAMA:
Turma exclusiva - P2310
Sab, 09/03/2013
Aulas aos sábados quinzenais


Conteúdo Programático para MBA em Direito Eletrônico - Turma exclusiva - P2310

Crédito A: Direito Eletrônico I

- Introdução ao Direito Eletrônico
Disposições Gerais;
Competência e Legislação Aplicável;
Internet e ilícitos eletrônicos;
Evidências Tecnológicas;
Local de Prova;
Certificação Digital;
Privacidade;
Comércio Eletrônico;
Jurisprudência em Alta Tecnologia;
Direito Comparado.

- Fundamentos de Sistemas de Informação
Fundamentos de sistemas de informação, arquiteturas de computadores e sistemas operacionais;
Ambientes de processamento automatizado de informações. Conceitos básicos: dado, informação e conhecimento; O Valor da Informação e do Conhecimento para a Estratégia Empresarial. Classificação dos sistemas de informação;
Especificação, projeto e reengenharia de sistemas de informação;
Evolução das profissões e características do profissional de sistemas de informação;
Conceitos básicos de redes de computadores: Tipos de redes;
Estruturas de redes, técnicas de controle de fluxo, topologias e meios de transmissão;
Protocolos e serviços de comunicação;
Sistemas Operacionais para Redes;
Arquitetura de redes de computadores: modelo de interconexão de sistemas abertos.

- Segurança da Informação, Riscos Legais e Monitoramento nas Empresas – Questões Cíveis, Criminais e Trabalhistas;
Proteção empresarial e os meios eletrônicos;
Procedimentos legais de segurança;
Monitoramento de e-mails pelo empregador;
Termos de uso e Regulamentos de Segurança;
Privacidade em ambiente empresarial;
Controle de biometria, vídeo-vigilância e outros;
Análise, avaliação e tratamento de riscos;
O Impacto da informática no Direito do Trabalho.

- Fundamentos de Comércio Eletrônico
Princípios e impactos em serviços, marketing, mercado e concorrência;
Componentes técnicos para uma solução de comércio eletrônico;
Suporte HTTP, HTML, XML, VRML e outros protocolos de suporte;
Aplicações WEB, servidores de banco de dados, aplicações específicas de comércio;
Segurança das transações, dos dados e dos sistemas;
Planejamento e dimensionamento da aplicação;
Marketing na era digital, desenvolvimento de WEB-SITES competitivas;
Conceitos básicos de inteligência competitiva (Mercado Varejista);
Natureza do sistema de controle. Fases de análise;
Principais riscos em sistemas de informação e no ambiente de informática;
Softwares;
Plano de continuidade de negócios;
Aspectos de negócios no mercado de varejo.

- Perícia Forense
Disposições Legais sobre Perícia;
Comprovação Material;
Local da prova e preservação do Corpo do Delito;
A credibilidade do Parecer do Assistente Técnico;
Provas Periciais Tecnológicas;
Métodos de Identificação e Rastreamento;
Técnicas de Detecção de Intrusos;
Recuperação de Informações;
Softwares e cadeias de custódia.
 
- Segurança da Informação
Segurança em sistemas, física e lógica;
Controles de acesso físico e lógico;
Crimes por computador;
Ferramentas de ataque;
Mecanismos de segurança: Proxy, Firewall, VPN, IDS etc. Como lidar com um ataque;
Protocolos de segurança;
Criptografia;
Plano de continuidade de negócios;
Aspectos especiais: vírus, fraudes, criptografia, controle de acesso;
Política de segurança da informação;
Forense computacional.

Crédito B: Direito Eletrônico II

- Questões Constitucionais em Direito Eletrônico
Direito à propriedade versus direito à intimidade;
Liberdade de expressão versus anonimato;
Direito à segurança versus direito à informação;
Análise de situações cotidianas - choques entre direitos fundamentais.
 
- Crimes Eletrônicos
Conceitos e definições legais das infrações penais no mundo virtual;
Tipificação penal das condutas;
Local e tempo do crime;
Autoria e materialidade;
Prova. Busca e Apreensão. Laudo Pericial;
Inquérito Policial e as Delegacias Especializadas;
Projetos de lei sobre crimes eletrônicos;
Direito Comparado.
 
- Responsabilidade Civil na Informática
Responsabilidade Civil e a internet;
Teoria do Risco e provedores;
Princípio do Notice and Take Down;
Responsabilidade do provedor de acesso e de conteúdo;
Responsabilidade de sites;
Responsabilidade dos internautas;
Responsabilidade pelo envio de mensagens não solicitadas (SPAM);
Responsabilidade no envio / retransmissão de mensagens enviadas por terceiros;
Responsabilidade na invasão de privacidade;
Responsabilidade na transmissão de vírus;
Excludentes de responsabilidade civil;
Projetos de Lei;
Direito Comparado.
 
- Contratos Eletrônicos
Definição dos contratos eletrônicos;
Modalidades de contratação eletrônica;
Formação do contrato eletrônico;
Validade e valor probatório;
Assinaturas eletrônicas;
Eficácia executiva do contrato eletrônico;
O Código do Consumidor e a contratação eletrônica;
Contratos eletrônicos internacionais;
Transferência de tecnologia;
Contratos Click;
Políticas de privacidade e disclaimers;
Contratos entre presentes e ausentes;
Leis aplicáveis.

Crédito C: Direito Eletrônico III

- Questões Tributárias em Direito Eletrônico Tributação virtual e a Constituição Federal;
Competência Tributária nas questões virtuais;
Comércio eletrônico e tributação digital;
O Provedor e seu regime jurídico tributário;
Regra-Matriz de Incidência do ISS, ICMS, Imposto de Importação e Exportação;
Nota Fiscal Eletrônica e Sped;
Tendências dos Legisladores Nacionais e Internacionais relativas ao tema.
 
- Propriedade Imaterial no Direito Eletrônico Direito autoral na internet;
Direito moral e patrimonial do autor nos meios eletrônicos;
Direitos conexos;
Contrafação e plágio;
Sanções pela violação de direitos autorais. Cálculo da indenização;
Excludentes de violação de direitos autorais na internet;
File sharing via internet e o conceito de fair use;
A proposta creative commons;
Propriedade industrial na internet;
Conflitos de nomes de domínio.
 
- Lei de Software e seus Aspectos Relevantes Direitos autorais e o software;
A patente e o software;
Direitos morais no software;
Contratos típicos;
Procedimento de registro de software;
Sanções civis e penais da violação de software;
O Software livre e as licenças públicas.
 
- Processo Eletrônico Informatização do judiciário brasileiro;
Princípios relativos aos processos eletrônicos;
Novos conceitos jurídico-tecnológicos;
Interrogatórios por videoconferência;
Assinaturas Eletrônicas;
Transmissão de peças por meios eletrônicos;
Segurança do Proc-E;
Citação. Intimação. Notificação e ofícios;
Arquivamento de autos digitais;
Privacidade, Publicidade e Proc-E.

INVESTIMENTO

Condições especiais para matrícula

NOTURNO E SÁBADO


De 21 de Janeiro/13 a 16 de Fevereiro/13 (desconto = 10%)
- 22 parcelas de R$616,05
- Valor do módulo (120 horas): R$4,517.70

De 18 de Fevereiro/13 a 28 de Fevereiro/13 (desconto = 6%)
- 21 parcelas de R$674,07
- Valor do módulo (120 horas): R$4,718.49


Carga-horária do curso:
360 horas (3 módulos)

Documentos para matrícula:

- Original e Cópia do diploma do curso superior ou equivalente;
- Original e Cópia do histórico escolar do curso superior;
- Cópia do RG e CPF;
- Comprovante de residência;
- Currículo atualizado;
- 2 (duas) fotos 3x4 recentes.


Duração do curso:
  18 meses

Frequência e avaliação :

Os especializandos deverão cursar todas as disciplinas, obtendo, frequência mínima equivalente a 75% da carga horária prevista e obter nota igual ou superior a 7,0 (sete) nas avaliações e na monografia, que deverá ser elaborada e apresentada à Banca Examinadora ao final do curso. A duração dos cursos de  Pós-Graduação  da Escola Paulista de Direito - EPD é de um ano e meio, distribuídos em módulos/créditos , totalizando  360 horas aula, atendendo as disposições da Resolução do CNE/CES nº 01, de 8-06-2007 do Ministério da Educação – MEC, conferindo Título de Especialista em Direito Penal e Processual Penal com capacitação para o ensino no magistério superior.

Atenção:  Caso o aluno tenha interesse em cursar módulos separadamente, será conferido o Certificado de  Extensão Universitária . 

Para candidatos estrangeiros residentes no Brasil :

- Cópia da carteira de identidade de Estrangeiro (RNE) e CPF;
- 1 (uma) foto 3x4 recente;
- Cópia autenticada do diploma de graduação  (com autorização consular e tradução juramentada, exceto se estiver em Espanhol). 

¹ Este valor não será devolvido na hipótese de desistência ou cancelamento da matrícula e não garante a vaga ou valor promocional.
Outro curso relacionado com Pós-graduação de Direito (vários):