Home>Mestrado>Engenharia>Curitiba>Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas - Curitiba - Paraná
 

Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas

Loading...

Solicite informação sem compromisso
PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba

Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas - Curitiba - Paraná

Nome
Sobrenome
E-mail
Telefone de Contato
DDD Ex: 14
 
 
 
 
Teléfono Fijo Ej: 24344444
 
 
 
 
Estado
Cidade
CPF
Perguntas
Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a política de privacidade
* Campos obrigatórios

Em breve um responsável da PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba, entrará em contato contigo para mais informações.
Por favor, preencha todos os campos corretamente
Imagens - PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba:
Foto PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba Curitiba Paraná
Foto PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba Curitiba Paraná
AnteriorAnterior
PróximaPróxima
Foto Centro PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba Curitiba
PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba Paraná Brasil Foto
Foto PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba Paraná Brasil
Centro PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba Paraná Brasil
Foto Centro PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba Paraná
PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba Curitiba Paraná Brasil
Foto PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba Curitiba Paraná
Centro PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Campus Curitiba Curitiba Paraná

Análise da Educaedu

Marina Cunha
Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas
  • Modalidade

    Presencial: esta é a modalidade do Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas.

  • Duração

    O aluno deve cursar 36 créditos para obter o diploma.

  • Certificado Oficial

    A PUCPR dá o diploma de Mestre em Engenharia de Produção e Sistemas.

  • Considerações

    A Pontifícia Universidade Católica do Paraná é uma instituição de ensino superior que é mais popular pela sua sigla: PUCPR. São mais de 27 mil estudantes que fazem cursos entre os 5 campi, sendo que a sede principal se encontra em Curitiba.

    O Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas dá uma formação mais aprofundada no desenvolvimento de tecnologias e operações. O aluno deste curso é levado a pesquisar também sobre novas formas de otimizar os sistemas e a produção.

  • Dirigido a

    Este curso tem como público alvo pessoas com graduação em Engenharia que queiram desenvolver habilidades e pesquisas relacionadas a produção e sistemas.

  • Área de atuação

    Com o título de Mestre em Engenharia de Produção e Sistemas, o egresso consegue trabalhar em:

    Grupo Xignux;
    Minas Industrial S/A;
    Constran S/A Construções e Comércio;
    Casa da Moeda do Brasil;
    Unimed.

  • Salário estimado

    A renda mensal média de um gerente de produção no Brasil está ao redor de 8900 reais.

Gostaria de saber mais sobre esse curso?

Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas - Curitiba - Paraná Comentários sobre Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas - Curitiba - Paraná
Objetivos:
As empresas vivem um novo ambiente de competição, marcado pelo dinamismo, a incerteza e o desconhecimento. A volatibilidade e a incerteza são características marcantes no novo ambiente competitivo e o mercado demanda produtos e serviços diversificados e cada vez mais complexos. As empresas, que estavam acostumadas a operar dentro da lógica Fordista-Taylorista, cujo objetivo central é a redução dos custos e o aumento da eficiência, tiveram que enfrentar uma nova realidade em que a flexibilidade, custos e o aumento importância a que devem ser atingidos simultaneamente. A literatura especializada na área indica que existe um consenso sobre o novo modelo empresarial baseado na integração (recursos humanos, equipamentos e informações) e na flexibilidade, que proporciona resultados rápidos e eficazes às mudanças cada vez mais freqüentes que ocorrem no ambiente.Em realidade, os atuais sistemas de produção, em sua maioria, devem atingir altos níveis de produtividade na fabricação de pequenos lotes de produtos que estão em constante mudança, sob efeitos de tecnologias que estão em constante evolução. A necessidade de integração dos sistemas produtivos das empresas está sendo cada vez mais considerada prioritária. Muitos sistemas estão sendo oferecidos como solução para integração dos sistemas da cadeia de valor. As demandas de um ambiente dinâmico, complexo e global, entretanto, estão desafiando a efetividade de tais sistemas. O enfoque baseado em soluções técnicas deve ser convertido em uma solução total, que considere o sistema sócio-técnico como um todo, e na utilização de modelos para aumentar a eficiência e a eficácia dos processos de negócios da empresa ao longo da cadeia de valor.Para definição dos objetivos e da abordagem do programa de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção e Sistemas são válidas as seguintes premissas:não replicar programas de pós-graduação já existentes no Estado do Paraná, o que significa trabalhar com um objeto e/ou abordagem de pesquisa que não estejam sendo contemplados em outro programa na região;trazer contribuições efetivas ao processo de industrialização do país, e em particular, ao Estado do Paraná onde estão sendo instaladas empresas com novos conceitos industriais e refletindo a necessidade de modernização da base técnica disponível;aproveitar capacitações existentes na PUCPR, considerando instalações, recursos humanos e pesquisa já realizadas nos cursos de graduação associados (Engenharia de Produção e Engenharia Mecatrônica - Controle e Automação) e nos Grupos de Pesquisa cadastrados no CNPq como "Otimização de Sistemas Produtivos", "Projeto, Controle e Automação de Sistemas" , " Concepção de Sistemas Técnicos Automatizados Integrados" e "Estratégia, Tecnologia e Organização";que o Programa de Pós-Graduação seja uma evolução natural a partir dos cursos de graduação existentes na PUCPR de forma que os resultados da pesquisa a ser realizada possam ser diretamente revertidos em benefícios dos cursos de graduação que formam a base da pós-graduação;a contribuição evolutiva dos projetos de pesquisa de iniciação científica auxiliando na formação de recursos humanos para a pesquisa aplicada.Preocupado em oferecer uma formação de alto nível, propícia para capacitar os mestrandos a uma vida profissional na Indústria e/ou de prepará-los para a vida acadêmica, o PPGEPS conta com uma excelente Infra-estrutura e com acordos de cooperação com Indústria e Instituições de Ensino no Brasil e no Exterior. No intuito de preencher uma lacuna identificada no Estado do Paraná, o programa atua na área de tratamento de Sistemas de Produção, que considera de maneira integrada os aspectos tecnológicos, gerenciais e de logística tendo como objetivo o aumento da efetividade dos sistemas produtivos. Para tanto, como objetivo principal de pesquisa estão os sistemas de produção, e em particular, os sistemas de produção Integrados, fortemente baseados em soluções automatizadas. O que se busca é a plena utilização dos potenciais benefícios dos avanços tecnológicos, através da consideração de questões de natureza tecnológica, gerencial e de logística, transformando-os em vantagens competitivas.
Dirigido a:
Engenheiros
Diploma:
Mestre em Engenharia de Produção e Sistemas
Conteúdo:
HISTÓRICO

Baseado na experiência de países em que o processo de gestão de produção e automação industrial integrada já é uma realidade e de outros estados brasileiros em que os procedimentos de abertura da economia se reflitam num impulso à otimização de suas unidades produtivas é que a PUCPR oferece os cursos de Engenharia de Produção e Engenharia Mecatrônica - Controle e Automação, formando recursos humanos para a área de Produção e Sistemas.

Estes cursos desenvolvem competências de planejamento, produção e pesquisa, além do domínio das tecnologias básicas (engenheiros do produto ou processo).

O Engenheiro de Produção ou de Controle e Automação (Mecatrônico) da PUCPR é um engenheiro de sistemas que tem seu foco de atuação entre as atividades de desenvolvimento e operações. O desenvolvimento de sistemas de apoio às operações de uma empresa também marcam as funções e aptidões a serem desenvolvidas. Os cursos de Engenharia de Produção e de Mecatrônica na PUCPR visam formar engenheiros que, além de terem habilitação e capacitação técnica para desenvolverem trabalhos tradicionalmente realizados por profissionais de outras áreas de engenharias relacionadas à produção e automação, também estejam preparados e habilitados para desempenhar funções de integração em todos os níveis. Os alunos deste cursos recebem na PUCPR uma profunda formação profissional e humana que lhe dará subsídios para ser um profissional competente e cidadão. O perfil profissional destes engenheiros reflete o caráter interdisciplinar do curso. Os currículos propostos proporcionam um perfil flexível e abrangente, baseado no entendimento dos sistemas produtivos e de automação, bem como da integração entre eles.

O Programa de Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas proporciona a estes cursos um desenvolvimento e inovação contínuos, além de possibilitar a participação dos alunos nas atividades do projetos de pesquisa.

Os docentes deste Programa de Mestrado atuam nos cursos citados ministrando disciplinas e orientando projetos de graduação. Os alunos de graduação deste cursos são motivados a participarem de projetos de Iniciação Científica (PIBIC), possibilitando uma preparação dos mesmos para o curso de mestrado. Esta iniciativa pode ser observada em 2005 na publicação de artigos com co-autoria de alunos de graduação bolsistas de Iniciação Científica. Alguns alunos atuais do Programa realizaram atividades de pesquisa no Grupo de Produção e Sistemas (Engenharia de Produção + Engenharia Mecatrônica - Controle e Automação).

Estrutura do Programa

OBJETIVOS

As empresas vivem um novo ambiente de competição, marcado pelo dinamismo, a incerteza e o desconhecimento. A volatibilidade e a incerteza são características marcantes no novo ambiente competitivo e o mercado demanda produtos e serviços diversificados e cada vez mais complexos. As empresas, que estavam acostumadas a operar dentro da lógica Fordista-Taylorista, cujo objetivo central é a redução dos custos e o aumento da eficiência, tiveram que enfrentar uma nova realidade em que a flexibilidade, custos e o aumento importância a que devem ser atingidos simultaneamente. A literatura especializada na área indica que existe um consenso sobre o novo modelo empresarial baseado na integração (recursos humanos, equipamentos e informações) e na flexibilidade, que proporciona resultados rápidos e eficazes às mudanças cada vez mais freqüentes que ocorrem no ambiente.

Em realidade, os atuais sistemas de produção, em sua maioria, devem atingir altos níveis de produtividade na fabricação de pequenos lotes de produtos que estão em constante mudança, sob efeitos de tecnologias que estão em constante evolução. A necessidade de integração dos sistemas produtivos das empresas está sendo cada vez mais considerada prioritária. Muitos sistemas estão sendo oferecidos como solução para integração dos sistemas da cadeia de valor. As demandas de um ambiente dinâmico, complexo e global, entretanto, estão desafiando a efetividade de tais sistemas. O enfoque baseado em soluções técnicas deve ser convertido em uma solução total, que considere o sistema sócio-técnico como um todo, e na utilização de modelos para aumentar a eficiência e a eficácia dos processos de negócios da empresa ao longo da cadeia de valor.

Para definição dos objetivos e da abordagem do programa de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção e Sistemas são válidas as seguintes premissas:
  • não replicar programas de pós-graduação já existentes no Estado do Paraná, o que significa trabalhar com um objeto e/ou abordagem de pesquisa que não estejam sendo contemplados em outro programa na região;
  • trazer contribuições efetivas ao processo de industrialização do país, e em particular, ao Estado do Paraná onde estão sendo instaladas empresas com novos conceitos industriais e refletindo a necessidade de modernização da base técnica disponível;
  • aproveitar capacitações existentes na PUCPR, considerando instalações, recursos humanos e pesquisa já realizadas nos cursos de graduação associados (Engenharia de Produção e Engenharia Mecatrônica - Controle e Automação) e nos Grupos de Pesquisa cadastrados no CNPq como "Otimização de Sistemas Produtivos", "Projeto, Controle e Automação de Sistemas" , " Concepção de Sistemas Técnicos Automatizados Integrados" e "Estratégia, Tecnologia e Organização";
  • que  o Programa de Pós-Graduação seja uma evolução natural a partir dos cursos de graduação existentes na PUCPR de forma que os resultados da pesquisa a ser realizada possam ser diretamente revertidos em benefícios dos cursos de graduação que formam a base da pós-graduação;
  • a contribuição evolutiva dos projetos de pesquisa de iniciação científica auxiliando na formação de recursos humanos para a pesquisa aplicada.
Preocupado em oferecer uma formação de alto nível, propícia para capacitar os mestrandos a uma vida profissional na Indústria e/ou de prepará-los para a vida acadêmica, o PPGEPS conta com uma excelente Infra-estrutura e com acordos de cooperação com Indústria e Instituições de Ensino no Brasil e no Exterior.

No intuito de preencher uma lacuna identificada no Estado do Paraná, o programa atua na área de tratamento de Sistemas de Produção, que considera de maneira integrada os aspectos tecnológicos, gerenciais e de logística tendo como objetivo o aumento da efetividade dos sistemas produtivos.

Para tanto, como objetivo principal de pesquisa estão os sistemas de produção, e em particular, os sistemas de produção Integrados, fortemente baseados em soluções automatizadas. O que se busca é a plena utilização dos potenciais benefícios dos avanços tecnológicos, através da consideração de questões de natureza tecnológica, gerencial e de logística, transformando-os em vantagens competitivas.

  Créditos

Para obtenção do Título de Mestre, é necessária, além de outras exigências, a aquisição de um mínimo de 36 (trinta e seis) créditos, assim distribuídos:
I - 15(quinze) créditos em disciplinas nas áreas de concentração do Programa;
II - 6 (seis) crédito em atividade complementar;
II - 3 (três) créditos em atividades de trabalho orientado (Estudo Independente);
III - 12 (doze) créditos em elaboração e defesa da dissertação de mestrado.
É obrigatória, para bolsistas de órgão oficial de fomento ou de dedicação exclusiva, a obtenção extra de 2 (dois) créditos para atividade didática supervisionada: Estágio de Docência.

Duração
O Programa tem duração mínima de 12 (doze) meses e máxima de 24 (vinte e quatro) meses.
 
Colegiado

Faz parte da estrutura administrativa e didático-pedagógica do Programa o Colegiado.
O Colegiado do Programa é composto por seu Diretor, por seus orientadores permanentes, pelos diretores dos cursos de graduação que compõem as áreas de Engenharia de Produção e de Controle e Automação e por um representante do seu corpo discente.
 



Últimas visitas ao cursoSolicitar informação à Instituição

Outro curso relacionado com Mestrado de Engenharia: