Home>Mestrado>Psicologia - Todas>Fortaleza>Mestrado em Psicologia - Fortaleza - Ceará
 

Mestrado em Psicologia

Método: Presencial
Locais Disponíveis:
Tipo: Mestrado
Loading...

Solicite informação sem compromisso
UNIFOR - Universidade de Fortaleza

Mestrado em Psicologia - Fortaleza - Ceará

Nome
Sobrenome
E-mail
Telefone de Contato
DDD Ex: 14
 
 
 
 
Teléfono Fijo Ej: 24344444
 
 
 
 
Estado
Cidade
CPF
Perguntas
Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a política de privacidade
* Campos obrigatórios

Em breve um responsável da UNIFOR - Universidade de Fortaleza, entrará em contato contigo para mais informações.
Por favor, preencha todos os campos corretamente
Mestrado em Psicologia - Fortaleza - Ceará Comentários sobre Mestrado em Psicologia - Fortaleza - Ceará
Objetivos:
Geral Formar pesquisadores e/ou docentes nos saberes e práticas psicológicos, considerando os processos de subjetivação contemporâneos decorrentes do sofrimento psíquico e sua repercussão no sujeito e no social. Específicos - Pesquisar a gênese do psicológico e as possibilidades metodológicas de sua investigação. - Tematizar a clínica psicológica e suas vicissitudes frente às demandas sintomáticas da atualidade a partir da fenomenologia e da psicanálise. - Compreender as manifestações psicopatológicas na interface do saber psicológico com outras áreas do conhecimento. - Enfocar o sofrimento psíquico nas instituições de trabalho, educação, família e meio ambiente. - Investigar as produções da subjetividade sob as óticas da Psicologia Crítica e Cultural. - Analisar a relação de trabalho como constitutivo da identidade e as transformações daí decorrentes para o sujeito e as organizações. - Identificar os efeitos e transformações da cultura e do ambiente das organizações a partir da relação do indivíduo com o social.
Diploma:
Mestrado em Psicologia
Conteúdo:
A experiência acadêmica e os projetos sociais implementados nos núcleos de atenção à comunidade que serviram ao desenvolvimento de pesquisas forneceram a bagagem necessária à implantação do mestrado em Psicologia, levada a cabo por um grupo de sete doutores da área, docentes do curso de graduação. A demanda por um curso de pós-graduação stricto sensu foi proveniente ainda de outros cursos de especialização ofertados, que manifestaram a preocupação em subsidiar as principais vertentes teórico-conceituais da Psicologia. Os interesses do público acadêmico e técnico-profissional que acudiram às especializações, disponibilizada pelo curso de Psicologia e outros do Centro de Ciências Humanas, entre os anos de 1980 e 1990, delinearam as temáticas de uma pós-graduação stricto sensu: os sintomas do sujeito e suas manifestações na sociedade e na cultura e as questões mais específicas da psicopatologia cotidiana decorrentes da relação dos indivíduos com a sociedade, temáticas que estão reunidas em seu tema central, o sofrimento psíquico. A germinação do tema central do curso de mestrado decorreu ainda da prática desenvolvida através dos diversos projetos de extensão e de pesquisa implementados no Núcleo de Atenção Médica Integrada e na Escola de Aplicação Yolanda Queiroz. Estudos Psicanalíticos: área que enfoca as leituras sobre o sofrimento psíquico no campo teórico-clínico da psicanálise, envolvendo investigações e disciplinas que se congregam na linha de pesquisa Sujeito, Sofrimento Psíquico e Contemporaneidade. Com vistas a possibilitar ao mestrando um espaço acadêmico de discussão sobre o mal-estar constitutivo do sujeito e do social e suas figurações no momento civilizatório contemporâneo, são oferecidas disciplinas nas quais a constituição do saber psicanalítico desde Freud é abordada, bem como as especificidades das diversas abordagens metapsicológicas e suas implicações na clínica. Também é dado privilégio às articulações, sempre existentes e fundantes da psicanálise, com outras áreas disciplinares, à problematização da noção de sintoma social e aos campos de visibilidade das instituições a partir de olhares que enfatizam a interdependência do subjetivo e do social. Dentre esses espaços de pesquisa, a clínica psicanalítica ocupa lugar de destaque, já que sua discussão instaura o saber sobre o desamparo e o mal-estar que permeia todos os objetos que interessam à psicanálise e àqueles que podem dela se beneficiar. Psicologia, Sociedade e Cultura: a área toma a leitura do sofrimento através dos fenômenos sociais e culturais e sua manifestação no indivíduo, na família, na escola, no trabalho, no meio ambiente e em outras formas de socialização, elegendo, como referência à produção científica, duas linhas de pesquisa: Produção e Expressão Sociocultural da Subjetividade e Ambiente, Trabalho e Cultura nas Organizações Sociais. Dessa maneira, o aluno encontra no programa de disciplinas do mestrado a oportunidade de investigar um objeto de estudo do seu interesse, vinculando-se a uma das áreas de concentração do programa.

Últimas visitas ao cursoSolicitar informação à Instituição

Outro curso relacionado com Mestrado de Psicologia - Todas: