Graduação em Rádio e Televisão

Solicite informação sem compromisso Faculdade Anchieta

Para enviar a solicitaçao você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Graduação em Rádio e Televisão - Presencial - Santo André - São Paulo

  • Conteúdo
    Rádio e Televisão

    Apresentação
    O radialista é o profissional que domina os conceitos e técnicas ligadas à adaptação e roteirização de textos para rádio e TV. Trabalha também com pré–produção, que inclui atividades de planejamento e organização de gravações e edições.

    O radialista elabora pautas e temas para programas, faz escolha de tecnologias e equipamentos utilizados. É o radialista quem supervisiona a produção ou realização de gravações de áudio e vídeo em estúdio e locações externas. Incumbe–se da formatação final de programas para Rádio e TV, vídeos institucionais e de treinamento empresarial. Sua competência permite criar projetos para Internet, CD–ROMs e outros.

    No curso da Faculdade de Comunicação, a prática é adquirida por meio da participação em nossa rádio universitária, com um programa diário, dirigido à comunidade interna, feito pelos próprios estudantes e, também, o programa de TV “Mutirão Cultural”, produzido em parceria com a União Brasileira de Escritores (UBE) e veiculado, semanalmente, pelo Canal Comunitário de São Paulo.

    Informações Gerais


    Estágio optativo.

    Informações Técnicas

    1. A partir da 1ª série, o estudante deverá cumprir, no mínimo, 120 (cento e vinte) horas de Atividades Complementares, que abrangerão as modalidades regulamentadas pelo CONSEPE desta IES, visando ao aprimoramento de sua formação profissional; cabendo–lhe, todavia, comprová–las junto ao Coordenador para fins de assentamentos acadêmicos.

    2. O estudante poderá cursar optativamente a disciplina Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), com carga horária mínima de 40 (quarenta) horas, que será oferecida por esta Instituição de Ensino Superior em horários alternativos ao longo do curso. Caso o estudante opte por cursá–la, essa disciplina será, então, incluída como componente curricular em seu Histórico Escolar e sua carga horária será deduzida do total daquela destinada às Atividades Complementares.

    3. O estudante poderá realizar, a partir do segundo semestre da 1ª série, estágio de prática profissional, de caráter optativo, em setores das respectivas áreas de conhecimento e atuação. Nesse caso, deverá, então, ser acompanhado no desenvolvimento dessas atividades por professor designado para tal fim e redigir os relatórios que lhe forem solicitados para os devidos assentamentos junto à Secretaria Geral, conforme preconizam o Regulamento de Estágios desta IES e a legislação pertinente. Essa modalidade de estágio poderá, a critério do Colegiado do Curso, ser aproveitada como parte das Atividades Complementares previstas no Projeto Pedagógico do Curso.

    4. Na 4ª série, a título de Iniciação Científica e sob a orientação de um docente, o estudante deverá elaborar, obrigatoriamente, um Projeto Experimental, que apresente procedimentos técnico–científicos para o desenvolvimento de questões específicas da área de conhecimento do curso, preferencialmente baseado em experiências profissionais por ele vivenciadas.

    5. Em sessão pública, o estudante deverá apresentar seu Projeto Experimental perante Banca Examinadora e, em sendo aprovado, poderão ser–lhe atribuídas, a título de Atividades Complementares, até 40 (quarenta) horas daquele total, de acordo com o parecer exarado pelo Professor Orientador e/ou Coordenador do Curso.

    6. O período de integralização do curso é de, no mínimo, 4 (quatro) anos e, no máximo, de 6 (seis) anos.

    Turno de Funcionamento
    Noturno Carga Horária Total
    3320 horas Grade Curricular   

    Duração do curso
    4  Anos Reconhecimento

    Currículo
    Jornalista graduado pelo Instituto Metodista de Ensino Superior e pós-graduado em Marketing e Comunicação Publicitária pela Fundação Cásper Líbero, onde desenvolveu a tese de conclusão de curso “A Comunidade Samba da Vela como pólo de Resistência à Indústria Cultural”.

    Em 1988 atuou como produtor de eventos populares do Anhembi Centro de Feiras e Congressos e no ano seguinte foi Coordenador de Produção do Carnaval Paulistano, gerenciando a equipe responsável pela Corte do Carnaval e pelo Júri.

    Desde 1990 elabora roteiros, peças publicitárias e reportagens para agências de publicidade e produtoras, tais como JBS Murad Propaganda, GGP Produções, AMD Comunicação e Jornal Meio & Mensagem. É professor desde 2001, na área da Comunicação Social e, em 2007, assumiu o cargo de Coordenador do Curso de Rádio e TV das Faculdades Oswaldo Cruz / FAITER. Atualmente, além da docência, trabalha na elaboração de projetos culturais, como o programa televisivo "A Benção Velha Guarda".

Últimas visitas ao curso

Solicitar informação à Instituição

"Gostaria de saber qual é o valor do Graduação em Rádio e Televisão."

Joyce para Graduação em Rádio e Televisão

São Paulo

Outro curso relacionado com Locução

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços.
Se continuar navegando, aceita o seu uso.
Ver mais  |