Home>Mestrado>Arte>Goiânia>Mestrado em Gestão do Patrimônio Cultural - Goiânia - Goiás Estado
 

Mestrado em Gestão do Patrimônio Cultural

Método: Presencial
Locais Disponíveis:
Tipo: Mestrado
Loading...

Solicite informação sem compromisso
UCG - Universidade Católica de Goiás

Mestrado em Gestão do Patrimônio Cultural - Goiânia - Goiás Estado

Nome
Sobrenome
E-mail
Telefone de Contato
DDD Ex: 14
 
 
 
 
Teléfono Fijo Ej: 24344444
 
 
 
 
Estado
Cidade
CPF
Perguntas
Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a política de privacidade
* Campos obrigatórios

Em breve um responsável da UCG - Universidade Católica de Goiás, entrará em contato contigo para mais informações.
Por favor, preencha todos os campos corretamente
Imagens - UCG - Universidade Católica de Goiás:
UCG - Universidade Católica de Goiás Goiânia Goiás Estado Brasil
UCG - Universidade Católica de Goiás Goiânia Goiás Estado Brasil
AnteriorAnterior
PróximaPróxima
Centro UCG - Universidade Católica de Goiás Goiás Estado Brasil
Foto Centro UCG - Universidade Católica de Goiás Goiás Estado
UCG - Universidade Católica de Goiás Goiânia Goiás Estado Brasil

Análise da Educaedu

Alisson Soria
Mestrado em Gestão do Patrimônio Cultural
  • Modalidade

    O Mestrado em Gestão do Patrimônio Cultural é presencial na PUC - Goiás.

  • Duração

    Consulte a instituição.

  • Certificado Oficial

    O profissional receberá um certificado de Mestre em Gestão do Patrimônio Cultural

  • Considerações

    O mestrado busca suprir a demanda que existe por qualificação profissional na área, e prepara seus alunos para lidar com as diferenças culturais, preservando tradições e promovendo a educação sobre o tema.

    O programa é referência nacional, e é uma vantagem para o aluno que o Estado do Goiás possua diversas cidades históricas.

  • Dirigido a

    O curso está direcionado àqueles profissionais que estão interessados em trabalhar em turismo, museus, publicidade e todo o que seria relacionado a cultura.

  • Área de atuação

    Atualmente, os contratantes desse profissional são museus, empresas de turismo, órgãos do governo.

Gostaria de saber mais sobre esse curso?

Mestrado em Gestão do Patrimônio Cultural - Goiânia - Goiás Estado Comentários sobre Mestrado em Gestão do Patrimônio Cultural - Goiânia - Goiás Estado
Objetivos:
O objetivo primeiro do Programa de Mestrado Profissional em Gestão do Patrimônio Cultural era atender uma demanda existente na região por qualificação de profissionais para atuarem em gestão do patrimônio cultural.

O Mestrado Profissional em Gestão do Patrimônio Cultural qualifica profissionais para atuarem no campo de museus, secretarias de cultura e educação, turismo eco-cultural, publicidade e marketing cultural, participação em equipes de EIAs RIMAS, resgate e monitoramento de sítios arqueológicos em áreas de impacto ambiental , participação no registro de bens imateriais em áreas impactadas por projetos desenvolvimentistas (hidrelétricas, ferrovias, estradas, edificações, entre outros).

Observa-se, no decorrer desses anos, que o programa tem atingido seus objetivos, tornando-se referência nacional. Gradativamente, essa demanda tem sido caracterizada não só por profissionais locais, mas também de diferentes áreas da região centro-oeste e norte.
Dirigido a:
Profissionais interessados em trabalhar em museus, secretarias de cultura e educação, turismo eco-cultural, publicidade e marketing cultural, participação em equipes de EIAs RIMAS, resgate e monitoramento de sítios arqueológicos em áreas de impacto ambiental , participação no registro de bens imateriais em áreas impactadas por projetos desenvolvimentistas (hidrelétricas, ferrovias, estradas, edificações, entre outros).
Diploma:
Mestre em Gestão do Patrimônio Cultural
Conteúdo:

EMENTAS
Disciplinas Obrigatórias

Teoria Antropológica
Análise das principais correntes teóricas responsáveis pela formação do conhecimento antropológico, a partir do evolucionismo do século XIX até o estruturalismo de Lévi-Strauss e o Interpretativismo de Geertz. Análise das tradições francesa, americana e britânica.


Arqueologia Teórica
Leitura obrigatória da obra: Gallay, Alain. LArchéologie Demain. Paris: Pierre Belfont, 1986, 319p. (Tradução manuscrita). Investigação da produção e circulação do conhecimento arqueológico. Análise das temáticas: 1. da cultura material ao vestígio arqueológico: diferença entre as duas categorias e origem do material empírico do arqueólogo; 2. o que é possível reconstituir do passado humano: como são construídas as interpretações arqueológicas e os limites do processo interpretativo.


Disciplinas Optativas


Gestão do Patrimônio Cultural: Estudos de Casos
Estudo de casos referentes ao tema da gestão em patrimônio cultural através das noções de cultura, patrimônio, identidade. Exercício e concatenação de dados conceituais e pragmáticos para conhecimento, proteção, divulgação e elaboração de projetos viáveis sobre o patrimônio cultural e construção da identidade brasileira. Participação de profissionais diretamente ligados à Gestão do Patrimônio Cultural, para explicitação de experiências de utilização das leis de incentivos culturais.

 

O Pensamento Social Brasileiro
Estudo do desenvolvimento do pensamento antropológico brasileiro a partir dos principais pensadores do final do século XIX e princípio do século XX - a atribuição de status científico aos principais mitos constituintes de nossa nacionalidade: país branco, ocidental, ocupado por um povo dotado de uma índole pacífica. A importação de outros mitos - especialmente o da superioridade da raça ariana - a partir desse pensamento. O confronto de pensadores mais modernos.

Memória, Identidade e Família
Discussão do conceito de memória e identidade na perspectiva da História Cultural e da Antropologia. Trânsito entre essas dimensões teóricas e sua aplicabilidade em contextos locais ou regionais, em diálogo com o tema da identidade. Discussão dos modelos de família e as (re)construções e (re) elaborações de novas identidades culturais nas relações familiares sob o impacto da industrialização e urbanização.

Diversidade Étnica e Patrimônio Cultural
Reflexão conceitual a respeito da diversidade do patrimônio cultural brasileiro a partir de tradições culturais que contribuem para formação do povo brasileiro: comunidades afro-brasileiras, sociedades indígenas e grupos imigrantes, entre outros.

Memória das Imagens e Imagens da Memória
Revisita da história da imagem fixa e em movimento, para uma reflexão teórica e prática sobre as políticas de gestão do patrimônio cultural, referenciada nos conceitos antropológicos da imagem.

Pré- História no Brasil
Diversidade e pluralidade cultural do Brasil na pré-história. Diferentes tradições culturais dos grupos caçadores-coletores e agricultores ceramistas das regiões Amazônia, litoral e interior: os modos de vida (subsistência e habitação); a tecnologia desenvolvida para a produção dos instrumentos líticos e/ou dos vasilhames cerâmicos; os elementos simbólicos - elaboração da arte rupestre e enterramentos funerários. Importância desse patrimônio na construção da identidade brasileira. Importância do tema na formação do gestor cultural. Reconhecimento, identificação e preservação do patrimônio cultural arqueológico.

Antropologia e o Método Etnográfico
Principais conceitos do pensamento antropológico na trajetória epistemológica da disciplina. Importância do método etnográfico na constituição do ethos da Antropologia. Exemplos de etnografias mundiais e nacionais como instrumentos analíticos para correlacionar a teoria e a prática do fazer antropológico. Correlação do método etnográfico e o sistema de referências culturais relacionado ao estudo do patrimônio cultural brasileiro.

Arqueologia e Meio Ambiente
Estudo dos sítios arqueológicos pré-históricos e históricos inseridos num contexto ambiental, cuja dinâmica deve ser considerada na pesquisa arqueológica. Processos que ocorrem na superfície da terra e mascararam evidências arqueológicas, remobilizam vestígios, depositados fora do contexto do sítios. A mudança temporal da paisagem e sua incidência sobre o sítio arqueológico - o contexto ambiental diferente do original.

Tópicos Especiais em Cultura Material
Relação do homem com os objetos - produtor (atribuidor de funções e modos de funcionamento) e utilizador (atribuidor de significados). O conceito de cultura material abordado sob os prismas antropológico e arqueológico: o sistema dos objetos como fenômeno das culturas técnicas (as cadeias operatórias e as técnicas corporais), como arcabouço da memória individual e coletiva (o processo de formação do patrimônio material) e como suporte de linguagens (as escolhas técnicas não pragmaticamente determinadas, o objeto de arte, o objeto na história - derivas e mutações).

Turismo e Patrimônio Cultural
A temática do turismo e o seu significado no Brasil. Relações com a economia nacional e a busca de diferenças traçadas pela cultura e pela natureza. O turismo como veículo de divulgação cultural e ambiental, instrumento de reafirmação cultural e promoção de ecossistemas naturais. Crescimento do fluxo turístico e impactos ambientais e sociais. Capacitação de profissionais com ferramentas especializadas capazes de planejar e gerir a atividade. A abordagem do patrimônio cultural na estruturação de produtos turísticos. Análise e atuação do processo turístico no âmbito da gestão cultural.

Urbanismo e Gestão do Patrimônio Cultural

Debate sobre os desafios e/ou entraves da patrimonialização de bens culturais e sua gestão no impacto da vida cotidiana da cidade. Universos político, cultural e simbólico da definição de patrimônio cultural e dos processos decisórios da elaboração de planos de gestão e gerenciamento de patrimônios culturais. Tensão entre preservação e mudança cultural na vida urbana.

Patrimônio Cultural: Problemas e Perspectivas
Discussão de questões relativas às dimensões históricas, políticas e metodológicas do patrimônio cultural. Emergência da gestão do patrimônio no contexto político-ideológico ocidental em geral, e brasileiro, em particular. Relação entre patrimônio e problemas de etnicidade. Políticas públicas relativas ao patrimônio. Patrimônio urbano e identidade. Metodologia da gestão do patrimônio.

Seminários de Pesquisa
Discussão conjunta das propostas de trabalho final dos alunos matriculados, dissertações ou projetos de gestão, e seu processo de pesquisa. Questões teóricas ou empíricas de caráter genérico. Referência a cada proposta em particular. Pontos de convergência (ou tangenciais) entre as diferentes propostas.

Arqueologia e Educação Patrimonial
Reflexão sobre o papel da Educação na Arqueologia e a relação entre o público e o patrimônio arqueológico. O papel da Arqueologia na Educação - apresentação da disciplina para o público, considerando a educação formal e não formal.

Patrimônio Cultural e Impactos Ambientais
Impacto das atividades relacionadas a usinas hidrelétricas, linhas de transmissão, ferrovias, metros, loteamentos, aterros sanitários e estações de tratamento de esgotos, entre outros. Relação entre os diferentes empreendimentos impactantes e o patrimônio cultural.

Arte e Patrimônio Cultural
A condição teórica do valor cultural e da arte em campos e gêneros variados – artes plásticas, cultura popular, literatura, drama, filme, etc. Exame dos agrupamentos intelectuais que moldam diferentes teorias artístico-culturais nos dias de hoje.

Técnicas Tradicionais e Museus do Saber Fazer
O saber fazer como fazer: a expressão material de um saber que é um saber das mãos, do corpo. Necessidade de desestabilizar a concepção da técnica e da tecnologia sedimentada pelo senso comum, como tarefa do pensamento filosófico não especializado, não segmentário. Percepção humanista da técnica, arcabouço cultural da hominização. A mão como artefato de preensão criado pelos artefatos a serem apreendidos. O homem sem o fazer, deslocado de tempos e espaços. O julgamento final do objeto: os sótãos, quartos de empregada, prateleiras na garagem; os museu e antiquário; o lixo.

Tópicos Especiais em Arqueologia
Abordagens teórico-metodológicas da Arqueologia contemporânea. Problemas e perspectivas na gestão do patrimônio arqueológico. Discussão de temas pontuais da disciplina. Estudos de caso.

Arqueologia de Contrato
A ameaça do patrimônio arqueológico pelo desenvolvimento econômico e a construção de grandes obras. Definição de arqueologia de contrato. Histórico das pesquisas arqueológicas de contato no Brasil. Identificação dos impactos no patrimônio arqueológico em relação aos processos tecnológicos de diferentes empreendimentos (fatores geradores de impactos). Caracterização dos impactos. Conceito de significância de sítios arqueológicos. Programas de mitigação.

Objeto, Coleções e Museus
Reflexão epistemológica acerca do lugar e da circularidade do objeto (cultura material) nas tradições culturais. A questão da apropriação ocidental da simbólica do "outro", via objeto cultural, na perspectiva colonialista e pós-colonialista. O papel das coleções antropológicas e a problemática antropológica da objetificação da alteridade via museus. Contextualização dos Museus Nativos e Ecomuseus. O papel da nova museologia no contexto da gestão de patrimônios culturais e o seu alcance na construção cidadã de livre acesso aos diversos contextos pluriétnicos do Brasil e do mundo.

 Tópicos Especiais em Antropologia
Estudos provenientes de projetos de pesquisa dos diversos campos do saber antropológico. Interação e reflexão sobre situações estudadas, associando pesquisa e prática. Análise de etnografias, pesquisas em arquivos e filmes.

Oficinas
Antropologia Visual Histórico da utilização dos recursos audiovisuais no campo da antropologia com ênfase na especificidade escritural da imagem em movimento e da imagem fixa no desenvolvimento do texto etnográfico e etnológico. Procedimentos técnicos, metodológicos e heurísticos fundantes da antropologia visual.  Cultura Material Arqueológica Reconhecimento da cultura material presente em contexto arqueológico  Educação Patrimonial A partir dos diferentes matizes do Patrimônio Cultural, essa oficina pretende enfatizar as possibilidades de ações educativas para o “despertar” da consciência participativa das comunidades e o compromisso das populações com os seus patrimônios culturais.    Patrimônio Cultural A Oficina abrange a definição de Patrimônio Cultural, tanto material como imaterial, utilizando-se de exemplos que abrangem temas pertinentes ao conhecimento das crenças, expressões e saberes populares.  Multiculturalismo e Políticas PúblicasO Multiculturalismo e a configuração de alteridades. As Políticas Públicas, os Movimentos Culturais e a Gestão das Diferenças.  Elaboração de Projetos Culturais A disciplina tem por objetivo apresentar os novos conceitos e demandas da área cultural. Discutirá a importância do planejamento como ferramenta de trabalho específico para o campo cultural, o seu significado e suas vantagens. As competências do gestor no contexto contemporâneo da cultura. Elaboração de projetos culturais e modelos de organizações culturais.   Turismo na Perspectiva da Sustentabilidade Esta oficina trata de elucidar conceitos fundamentais, tais como: sustentabilidade, desenvolvimento sustentável trazendo a luz argumentações de diferentes autores, de modo a contribuir para o avanço da discussão em torno do turismo sustentável. Busca também aprofundar a análise da aplicabilidade dos instrumentos políticos de promoção ao desenvolvimento sustentável. Desse modo os estudantes desenvolverão uma visão crítica sobre os temas abordados e estarão habilitados, com conhecimentos adequados, para analisar e atuar no planejamento do processo turístico, de maneira a promover o desenvolvimento sustentável.

 

 
 

Últimas visitas ao cursoSolicitar informação à Instituição

Outro curso relacionado com Mestrado de Arte: