Home > Graduação > Geografia e Cartografia > Campo Grande > Graduação em Geografia - Campo Grande - Mato Grosso do Sul

Graduação em Geografia

Solicite informação sem compromisso Universidade Católica Dom Bosco

Para enviar a solicitaçao você deve aceitar a Política de Privacidade

Análise do Educedu

Max A.

Max A.

Graduação em Geografia

  • Modalidade
    O curso de Geografia é oferecido sob modalidade presencial
  • Duração
    A carga horária não foi publicada.
  • Certificado Oficial
    O aluno receberá o título quando concluir o curso.
  • Considerações
    O objetivo deste curso é preparar o profissional da área com conhecimentos específicos e metodologia para atuar como professor na área de Geografia. O curso conta com um corpo docente de excelência que visa oferecer o melhor ensino aos alunos.
  • Dirigido a
    A todos os interessados em Geografia.
  • Área de atuação
    O profissional deverá trabalhar basicamente no magistério ou então trabalhando como pesquisador acadêmico.
Quer saber mais sobre este curso?
Solicitar informações

Comentários sobre Graduação em Geografia - Presencial - Campo Grande - Mato Grosso do Sul

  • Conteúdo
    Concepção


    O pensamento geográfico encontra-se profundamente imbricado nas necessidades das sociedades considerando o tempo histórico da formação e das relações de cada uma delas. Assim, a Geografia vem mudando constantemente sua forma de ver o mundo, procurando responder aos chamamentos que a ela são postos e produzindo teorias para explicar os fenômenos atribuídos à sua especificidade do saber.

    A geografia, em tempos históricos diferentes, já serviu aos interesses da formação e expansão do Estado-Nação, das multinacionais e criticou a si mesma e a sua prática através de um mergulho nas idéias e influências marxistas, partindo do estudo da apropriação capitalista na produção do espaço.

    Contudo, com o uso de modernas tecnologias de representação do espaço, das novas temáticas de abordagem (ampliando a interface com outras ciências), do avanço em pesquisa aplicada, além da superação gradual do paradigma newtoniano-cartesiano a partir das contribuições da mecânica quântica, têm-se um novo olhar da ciência geográfica. Agora não mais para o binômio das relações sociedade/natureza como se uma estivesse em oposição à outra. A análise geográfica aponta para a busca da compreensão da totalidade, entendendo a realidade como algo complexo, emanada de teias de relações endógenas e exógenas, ou seja, considerando a interconectividade entre os elementos locais, sendo influenciado por e influenciando ambientes externos.

     
    Essas mudanças impõem novos desafios aos profissionais da Geografia, exigindo uma forte sinergia para atingir a capacidade de se fazer leitura de realidades de natureza complexa.


    Dessa forma, a vocação do curso é para o estudo do território, especialmente os vários territórios sul-mato-grossenses a partir de escalas variadas em função das especificidades dos fenômenos, podendo ser tanto do ponto de vista zonal como dos territórios-rede.
     
    Finalidade


    O pensamento geográfico encontra-se profundamente imbricado nas necessidades das sociedades considerando o tempo histórico da formação e das relações de cada uma delas. Assim, a Geografia vem mudando constantemente sua forma de ver o mundo, procurando responder aos chamamentos que a ela são postos e produzindo teorias para explicar os fenômenos atribuídos à sua especificidade do saber.

    A geografia, em tempos históricos diferentes, já serviu aos interesses da formação e expansão do Estado-Nação, das multinacionais e criticou a si mesma e a sua prática através de um mergulho nas idéias e influências marxistas, partindo do estudo da apropriação capitalista na produção do espaço.

    Contudo, com o uso de modernas tecnologias de representação do espaço, das novas temáticas de abordagem (ampliando a interface com outras ciências), do avanço em pesquisa aplicada, além da superação gradual do paradigma newtoniano-cartesiano a partir das contribuições da mecânica quântica, têm-se um novo olhar da ciência geográfica. Agora não mais para o binômio das relações sociedade/natureza como se uma estivesse em oposição à outra. A análise geográfica aponta para a busca da compreensão da totalidade, entendendo a realidade como algo complexo, imanada de teias de relações endógenas e exógenas, ou seja, considerando a interconectividade entre os elementos locais, sendo influenciado por e influenciando ambientes externos.


    Essas mudanças impõem novos desafios aos profissionais da Geografia, tanto aos bacharéis quanto aos licenciados, exigindo uma forte sinergia para atingir a capacidade de se fazer leitura de realidades de natureza complexa.

    Dessa forma, a vocação do curso é para o estudo do território, especialmente os vários territórios sul-mato-grossenses a partir de escalas variadas em função das especificidades dos fenômenos, podendo ser tanto do ponto de vista zonal como dos território-rede.
     
    Objetivos

    A RESOLUÇÃO CNE/CES 14, de 13 de março de 2002, estabelece as Diretrizes Curriculares para os cursos de Geografia que orientam a formulação do projeto pedagógico.


    O curso de graduação em geografia da UCDB deve proporcionar o desenvolvimento dos seguintes objetivos:

     
    Gerais:

     a)    Explicar a dimensão geográfica presente nas diversas manifestações territoriais;

    b)    Articular elementos empíricos e conceituais, concernentes ao conhecimento científico dos processos territoriais;


    c)     Reconhecer as diferentes escalas de ocorrência e manifestação dos fatos, fenômenos e eventos geográficos;


    d)    Realizar atividades de campo referente à investigação geográfica;


    e)    Dominar técnicas laboratoriais concernentes à produção e aplicação do conhecimento geográfico;


    f)      Elaborar projetos de pesquisa no âmbito da área de atuação da ciência geográfica;

     

    g)    Trabalhar de forma integrada e multidisciplinar.


    Específicos:

     
    a)    Identificar, descrever, compreender e analisar os sistemas territoriais;

     

    b)    Compreender e explicar as diferentes práticas e concepções concernentes ao processo de produção do território;

     

    c)     Propor representações ou tratamentos gráfico e matemático-estatístico;

     

    d)    Elaborar mapas temáticos e outras representações gráficas;

     

    e)    Dominar os conteúdos básicos, objeto da aprendizagem nos níveis fundamental e médio;

     

    f)      Organizar o conhecimento do território adequando-o ao processo de ensino-aprendizagem em geografia nos diferentes níveis de ensino;

     

    g)    Desenvolver trabalhos de campo, como prática pedagógica que propicia a ampliação de conhecimentos;

     

    h)    Promover visitas técnicas com o intuito de ampliar a capacidade de observação e percepção espacial do território;

     

    i)      Sistematizar projetos de pesquisa de âmbito multidisciplinar em escala local e regional;

     
    j) Promover estágios profissionalizantes no nível de licenciatura.


Opiniões (1)

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Professores (1)
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Atendimento ao aluno (3)
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Programa de ensino (3)
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Material (3)
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Instalações (3)

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Professores
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Atendimento ao aluno
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Programa de ensino
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Material
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Instalações

A qualidade do ensino na Universidade Católica Dom Bosco é indiscutível. O curso de Geografia foi tudo o que eu esperava.

Lázaro Rezende de Oliveira

Graduação em Geografia - Abril 2012

Quer saber mais sobre este curso?
Solicitar informações

Outro curso relacionado com Geografia e Cartografia

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços.
Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso.
Ver mais  |