Home>Graduação>Enfermagem>Cascavel>Graduação de Enfermagem - Cascavel - Paraná
 

Graduação de Enfermagem

Método: Presencial
Locais Disponíveis:
Opiniões:
Opiniões (11)
Loading...

Solicite informação sem compromisso
UNIPAR - Universidade do Paranaense

Graduação de Enfermagem - Cascavel - Paraná

Nome
Sobrenome
E-mail
Telefone de Contato
DDD Ex: 14
 
 
 
 
Teléfono Fijo Ej: 24344444
 
 
 
 
Estado
Cidade
CPF
Perguntas
Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a política de privacidade
* Campos obrigatórios

Em breve um responsável da UNIPAR - Universidade do Paranaense, entrará em contato contigo para mais informações.
Por favor, preencha todos os campos corretamente

Análise da Educaedu

Keli Campos
Graduação de Enfermagem
  • Modalidade

    A graduação em Enfermagem é de modalidade presencial.

  • Duração

    O curso tem duração de 5 anos.

  • Certificado Oficial

    Ao aluno é outorgado o diploma de enfermeiro.

  • Considerações

    O aluno aprende a trabalhar com ferramentas e métodos que previnem e curam, atendendo as necessidades da sociedade brasileira no âmbito da saúde. Além disso, o estudante de Enfermagem aprende a garantir um atendimento integrado e menos doloroso para o paciente. A Unipar oferece também um curso de pós-graduação na área de Enfermagem do Trabalho, para os alunos que mais tarde queiram se especializar.

  • Preço do Curso

    Consultar carga horária.

  • Dirigido a

    São elegíveis para o curso quaisquer alunos interessados, com formação adquirida no Ensino Médio.

  • Área de atuação

    Os enfermeiros formados podem exercer funções em diversos tipos de instituições de saúde - como hospitais, clínicas e laboratórios - além de terem a possibilidade de trabalhar como autônomos ou seguir carreira acadêmica.

  • Salário estimado

    Um enfermeiro chefe hospitalar recebe, em média, R$ 5.394,00.

Gostaria de saber mais sobre esse curso?

Graduação de Enfermagem - Cascavel - Paraná Comentários sobre Graduação de Enfermagem - Cascavel - Paraná
Objetivos:
Objetivo Geral

O Curso de Enfermagem da Universidade Paranaense – UNIPAR, com base nas premissas que emanam da Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e nas determinações das Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Enfermagem CNE/CES n.º 3, de 7 de novembro de 2001, tem como objetivo geral: Formar profissionais com capacidade de desenvolvimento intelectual autônomo e permanente, éticos e comprometidos com a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Com conhecimentos técnicos, humanísticos, ambientais e histórico-sociais necessários ao entendimento, interpretação e intervenção na realidade nacional e regional. Instrumentalizando-os com métodos, técnicas e recursos que possibilitem uma atuação condigna e competente nas suas funções na área de enfermagem.
Objetivos Específicos

A formação deve compreender, também, o desenvolvimento de competências técnico-científicas, ético-políticas, sócio-educativas contextualizadas que permitam ao profissional: - reconhecer o papel social do enfermeiro para atuar em atividades de política e planejamento em saúde; - reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência em todos os níveis de complexidade do sistema; - compreender a política de saúde no contexto das políticas sociais, reconhecendo os perfis epidemiológicos das populações;- compreender e reconhecer às especificidades regionais de saúde; - prestar assistência sistematizada individual e coletiva através de ações integradas de promoção, proteção, recuperação e reabilitação da saúde em todas as fases do ciclo vital e do processo saúde-doença; - gerenciar o processo de trabalho em enfermagem com princípios de ética e de bioética, tanto em nível individual como coletivo em todos os âmbitos de atuação profissional; desenvolver e implementar programas de educação, promoção a saúde e participar na formação e qualificação contínua dos trabalhadores de enfermagem e de saúde; - proporcionar programas complementares de educação envolvendo atividades de monitoria, projetos sociais e culturais de extensão e pesquisa.
Perfil do Egresso

O Egresso dos cursos de graduação da Universidade Paranaense - UNIPAR é caracterizado por uma formação profissional atualizada fundamentada nos conhecimentos técnico-científicos, bem como nos princípios éticos e humanísticos voltados à cidadania. Neste sentido, ele se revela como um profissional capaz de reconhecer os problemas do mundo presente, em particular os nacionais e regionais, prestar serviços especializados à comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade.

A partir das competências e das habilidades gerais do egresso do Curso de Graduação em Enfermagem da UNIPAR, consoante o que dispõe o art. 3°, da Resolução CNE/CES n.º 3, de 7/ 11 / 2001, deve ser assegurado, no perfil do formando egresso a formação generalista, humanista, crítica e reflexiva; atento a realidade social, cultural e econômica. Capaz de atuar em todos os níveis de atenção à saúde; dentro dos princípios técnicos e científicos, com sólida formação humanística e ética, voltada ao benefício da comunidade em que exercerá sua profissão.

* Competências e Habilidades

Assim, o Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Paranaense – UNIPAR, deve possibilitar, no perfil específico do egresso, as seguintes competências e habilidades relacionas a atenção a saúde, comunicação, liderança, administração e gerenciamento, bem como as competências e habilidades específicas elencadas abaixo: - Atuar profissionalmente, compreendendo a natureza humana em suas dimensões, em suas expressões e fases evolutivas; - Incorporar a ciência/arte de cuidar como instrumento de interpretação/ profissional; - Estabelecer novas relações com o contexto, reconhecendo as estruturas e as formas de organização social, suas transformações e expressões; - Reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema; - Assumir o compromisso ético, humanístico e social com o trabalho multiprofissional em saúde; - Responder às especificidades regionais de saúde mediante intervenções planejadas estrategicamente, em níveis de promoção, prevenção e reabilitação à saúde, dando atenção integral à saúde dos indivíduos, das famílias e da comunidade; - Utilizar o trabalho em equipe e articulação das práticas de cuidado à saúde individual e coletiva para obter vínculo, responsabilidade, eficiência e eficácia no atendimento; e - Utilizar recursos, instrumentos e métodos de trabalho para orientar e sistematizar a sua prática. - Desenvolver formação técnico-científica que confira qualidade ao exercício profissional; - Compreender a política de saúde no contexto das políticas sociais, reconhecendo os perfis epidemiológicos das populações; - Atuar como sujeito no processo de formação profissional voltada ao desenvolvimento de competência e ao trabalho em equipe, considerando o processo de trabalho como eixo norteador desse processo; - Planejar e implementar programas de qualificação contínua dos profissionais de enfermagem de modo a favorecer o desenvolvimento de competência profissional para o cuidado, na perspectiva da integralidade; - Desenvolver, participar e aplicar pesquisa e ou outras formas de produção de conhecimento que objetivem a qualificação profissional com crescente domínio e autonomia, segundo o padrão de excelência ético-social; - Diagnosticar e solucionar problemas de saúde comunicar-se, de tomar decisões, de intervir no processo de trabalho, de trabalhar em equipe, gerenciar conflitos e situações de crise de forma estratégica e que possibilite aprendizagem dos sujeitos envolvidos no processo; - Coordenar o trabalho da equipe de enfermagem, selecionar, priorizar e analisar problemas para construir planos de intervenção, segundo relevância e impacto na transformação da realidade institucional e social; - Coordenar e participar ativamente do processo de cuidar em enfermagem, levando em conta contextos e demandas de saúde da população; - Exercer a profissão reconhecendo-se como cidadão comprometido e ativador de mudanças das práticas de saúde e do processo de formação profissional; - Participar da composição das estruturas deliberativas e executivas do sistema de saúde; - Assessorar órgãos, empresas e instituições em projetos de saúde; - Reconhecer o papel social do enfermeiro para atuar em atividade política e de planejamento em saúde; - Reconhecer a necessidade de organizar-se como trabalhador de saúde, tem disponibilidade interna e participa da lutas por melhores condições de vida e trabalho, comprometendo-se a participar das entidades de classe.
Mercado de Trabalho

O enfermeiro com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, deverá atuar em diferentes cenários da prática com base no rigor científico e intelectual. Capacitado ao exercício profissional nos seguintes campos de atuação: - Unidades de Saúde Públicas e Privadas: ambulatórios, clínicas, hospitais; - Postos de Saúde, Centros de Saúde, Estratégia Saúde da Família; - Rede de Atenção em Saúde: Centros de Atenção Psicossocial; - Saúde Complementar; - Empresas de assessoria e consultoria; - Escolas Técnicas e profissionalizantes; - Faculdades e Universidades; - Empresas (Equipe de Saúde Ocupacional); - HomeCare.

No Art. 11 da Lei Federal nº 7.498/86 encontra-se o embasamento das ações elencada para o exercício das atividades do profissional enfermeiro, sendo:

Privativamente: - direção do órgão de Enfermagem integrante da estrutura básica da instituição de saúde, pública ou privada, e chefia de serviço e de unidade de Enfermagem; - organização e direção dos serviços de Enfermagem e de suas atividades técnicas e - auxiliares nas empresas prestadoras desses serviços; - planejamento, organização, coordenação, execução e avaliação dos serviços de assistência de Enfermagem; - consultoria, auditoria e emissão de parecer sobre matéria de Enfermagem; - consulta de Enfermagem; - prescrição da assistência de Enfermagem; - cuidados diretos de Enfermagem a pacientes graves com risco de vida; - cuidados de Enfermagem de maior complexidade técnica e que exijam conhecimentos de base - científica e capacidade de tomar decisões imediatas.

Como integrante da equipe de saúde: - participação no planejamento, execução e avaliação da programação de saúde; - participação na elaboração, execução e avaliação dos planos assistenciais de saúde; - prescrição de medicamentos estabelecidos em programas de saúde pública e em - rotina aprovada pela instituição de saúde; - participação em projetos de construção ou reforma de unidades de internação; - prevenção e controle sistemática de infecção hospitalar e de doenças transmissíveis em geral; - prevenção e controle sistemático de danos que possam ser causados à clientela durante a assistência de Enfermagem; - assistência de Enfermagem à gestante, parturiente e puérpera; - acompanhamento da evolução e do trabalho de parto; - execução do parto sem distócia; - educação popular e em saúde visando à melhoria de saúde da população.
Notícias relacionadas
A UNIPAR oferece mais de 70 opções de cursos de especialização
Em todos os Campi, inscrições abertas para cursos de pós-graduação
Mais uma recepção acadêmica: Veteranos aprovaram a Unipar
Na UNIPAR, aulas começam nesta quinta
Calouros da UNIPAR doam sangue
Trote solidário: ações ajudam a comunidade
Em pose, equipe que compõe o Comitê
Pesquisa: CEPEH seleciona novos membros
Inscreva-se até o fim do mês, para participar dos programas de Pesquisa ou de Arte e Cultura
Pesquisa: abertas as inscrições para PCI, PIBIC e PIBIA

* Institucional
* Diretorias
* Cursos
* Unidades
* Serviços
* Fale Conosco
Conteúdo:

O Curso de Enfermagem da UNIPAR, embasado nas premissas da Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996, visa formar profissionais comprometidos com a sociedade, capazes de compreender as diversidades sociais, reconhecer e intervir nos problemas e situações do processo saúde/doença, desenvolvendo ações preventivas e curativas com base no perfil epidemiológico nacional e da sua região de atuação. A UNIPAR se preocupa em formar um profissional que atenda às necessidades sociais da saúde, com ênfase no Sistema Único de Saúde (SUS), assegurando a integralidade da atenção e a qualidade e humanização do atendimento, garantindo estrutura física e pedagógica coerentes com este fim, primando pela qualidade do ensino nos aspectos científicos, técnicos e éticos e pela formação integral que contemple o aprender a aprender, aprender a ser, aprender a fazer e aprender a conviver.
Objetivo Geral

O Curso de Enfermagem da Universidade Paranaense – UNIPAR, com base nas premissas que emanam da Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e nas determinações das Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Enfermagem CNE/CES n.º 3, de 7 de novembro de 2001, tem como objetivo geral: Formar profissionais com capacidade de desenvolvimento intelectual autônomo e permanente, éticos e comprometidos com a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Com conhecimentos técnicos, humanísticos, ambientais e histórico-sociais necessários ao entendimento, interpretação e intervenção na realidade nacional e regional. Instrumentalizando-os com métodos, técnicas e recursos que possibilitem uma atuação condigna e competente nas suas funções na área de enfermagem.
Objetivos Específicos

A formação deve compreender, também, o desenvolvimento de competências técnico-científicas, ético-políticas, sócio-educativas contextualizadas que permitam ao profissional: - reconhecer o papel social do enfermeiro para atuar em atividades de política e planejamento em saúde; - reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência em todos os níveis de complexidade do sistema; - compreender a política de saúde no contexto das políticas sociais, reconhecendo os perfis epidemiológicos das populações;- compreender e reconhecer às especificidades regionais de saúde; - prestar assistência sistematizada individual e coletiva através de ações integradas de promoção, proteção, recuperação e reabilitação da saúde em todas as fases do ciclo vital e do processo saúde-doença; - gerenciar o processo de trabalho em enfermagem com princípios de ética e de bioética, tanto em nível individual como coletivo em todos os âmbitos de atuação profissional; desenvolver e implementar programas de educação, promoção a saúde e participar na formação e qualificação contínua dos trabalhadores de enfermagem e de saúde; - proporcionar programas complementares de educação envolvendo atividades de monitoria, projetos sociais e culturais de extensão e pesquisa.
Perfil do Egresso

O Egresso dos cursos de graduação da Universidade Paranaense - UNIPAR é caracterizado por uma formação profissional atualizada fundamentada nos conhecimentos técnico-científicos, bem como nos princípios éticos e humanísticos voltados à cidadania. Neste sentido, ele se revela como um profissional capaz de reconhecer os problemas do mundo presente, em particular os nacionais e regionais, prestar serviços especializados à comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade.

A partir das competências e das habilidades gerais do egresso do Curso de Graduação em Enfermagem da UNIPAR, consoante o que dispõe o art. 3°, da Resolução CNE/CES n.º 3, de 7/ 11 / 2001, deve ser assegurado, no perfil do formando egresso a formação generalista, humanista, crítica e reflexiva; atento a realidade social, cultural e econômica. Capaz de atuar em todos os níveis de atenção à saúde; dentro dos princípios técnicos e científicos, com sólida formação humanística e ética, voltada ao benefício da comunidade em que exercerá sua profissão.
* Competências e Habilidades


Assim, o Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Paranaense – UNIPAR, deve possibilitar, no perfil específico do egresso, as seguintes competências e habilidades relacionas a atenção a saúde, comunicação, liderança, administração e gerenciamento, bem como as competências e habilidades específicas elencadas abaixo: - Atuar profissionalmente, compreendendo a natureza humana em suas dimensões, em suas expressões e fases evolutivas; - Incorporar a ciência/arte de cuidar como instrumento de interpretação/ profissional; - Estabelecer novas relações com o contexto, reconhecendo as estruturas e as formas de organização social, suas transformações e expressões; - Reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema; - Assumir o compromisso ético, humanístico e social com o trabalho multiprofissional em saúde; - Responder às especificidades regionais de saúde mediante intervenções planejadas estrategicamente, em níveis de promoção, prevenção e reabilitação à saúde, dando atenção integral à saúde dos indivíduos, das famílias e da comunidade; - Utilizar o trabalho em equipe e articulação das práticas de cuidado à saúde individual e coletiva para obter vínculo, responsabilidade, eficiência e eficácia no atendimento; e - Utilizar recursos, instrumentos e métodos de trabalho para orientar e sistematizar a sua prática. - Desenvolver formação técnico-científica que confira qualidade ao exercício profissional; - Compreender a política de saúde no contexto das políticas sociais, reconhecendo os perfis epidemiológicos das populações; - Atuar como sujeito no processo de formação profissional voltada ao desenvolvimento de competência e ao trabalho em equipe, considerando o processo de trabalho como eixo norteador desse processo; - Planejar e implementar programas de qualificação contínua dos profissionais de enfermagem de modo a favorecer o desenvolvimento de competência profissional para o cuidado, na perspectiva da integralidade; - Desenvolver, participar e aplicar pesquisa e ou outras formas de produção de conhecimento que objetivem a qualificação profissional com crescente domínio e autonomia, segundo o padrão de excelência ético-social; - Diagnosticar e solucionar problemas de saúde comunicar-se, de tomar decisões, de intervir no processo de trabalho, de trabalhar em equipe, gerenciar conflitos e situações de crise de forma estratégica e que possibilite aprendizagem dos sujeitos envolvidos no processo; - Coordenar o trabalho da equipe de enfermagem, selecionar, priorizar e analisar problemas para construir planos de intervenção, segundo relevância e impacto na transformação da realidade institucional e social; - Coordenar e participar ativamente do processo de cuidar em enfermagem, levando em conta contextos e demandas de saúde da população; - Exercer a profissão reconhecendo-se como cidadão comprometido e ativador de mudanças das práticas de saúde e do processo de formação profissional; - Participar da composição das estruturas deliberativas e executivas do sistema de saúde; - Assessorar órgãos, empresas e instituições em projetos de saúde; - Reconhecer o papel social do enfermeiro para atuar em atividade política e de planejamento em saúde; - Reconhecer a necessidade de organizar-se como trabalhador de saúde, tem disponibilidade interna e participa da lutas por melhores condições de vida e trabalho, comprometendo-se a participar das entidades de classe.
Mercado de Trabalho

O enfermeiro com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, deverá atuar em diferentes cenários da prática com base no rigor científico e intelectual. Capacitado ao exercício profissional nos seguintes campos de atuação: - Unidades de Saúde Públicas e Privadas: ambulatórios, clínicas, hospitais; - Postos de Saúde, Centros de Saúde, Estratégia Saúde da Família; - Rede de Atenção em Saúde: Centros de Atenção Psicossocial; - Saúde Complementar; - Empresas de assessoria e consultoria; - Escolas Técnicas e profissionalizantes; - Faculdades e Universidades; - Empresas (Equipe de Saúde Ocupacional); - HomeCare.

No Art. 11 da Lei Federal nº 7.498/86 encontra-se o embasamento das ações elencada para o exercício das atividades do profissional enfermeiro, sendo:

Privativamente: - direção do órgão de Enfermagem integrante da estrutura básica da instituição de saúde, pública ou privada, e chefia de serviço e de unidade de Enfermagem; - organização e direção dos serviços de Enfermagem e de suas atividades técnicas e - auxiliares nas empresas prestadoras desses serviços; - planejamento, organização, coordenação, execução e avaliação dos serviços de assistência de Enfermagem; - consultoria, auditoria e emissão de parecer sobre matéria de Enfermagem; - consulta de Enfermagem; - prescrição da assistência de Enfermagem; - cuidados diretos de Enfermagem a pacientes graves com risco de vida; - cuidados de Enfermagem de maior complexidade técnica e que exijam conhecimentos de base - científica e capacidade de tomar decisões imediatas.

Como integrante da equipe de saúde: - participação no planejamento, execução e avaliação da programação de saúde; - participação na elaboração, execução e avaliação dos planos assistenciais de saúde; - prescrição de medicamentos estabelecidos em programas de saúde pública e em - rotina aprovada pela instituição de saúde; - participação em projetos de construção ou reforma de unidades de internação; - prevenção e controle sistemática de infecção hospitalar e de doenças transmissíveis em geral; - prevenção e controle sistemático de danos que possam ser causados à clientela durante a assistência de Enfermagem; - assistência de Enfermagem à gestante, parturiente e puérpera; - acompanhamento da evolução e do trabalho de parto; - execução do parto sem distócia; - educação popular e em saúde visando à melhoria de saúde da população. 

Opiniões (10)

Professores:
Atendimento ao aluno:
Programa de Ensino:
Material:
  • Ótimo cursos e professores muito qualificados.

    Professores
    Atendimento ao aluno
    Programa de Ensino
    Material
    Instalações

    Professores

    Ótimos.

    Atendimento ao aluno

    Ótimo.

    Programa de Ensino

    Bom.

    Material

    Ótimo.

    Instalações

    Òtimo.

    Por Gisselli Veloso Dos Reis sobre Graduação de Enfermagem - Junho 2011
  • Meu curso foi ótimo.

    Professores
    Atendimento ao aluno
    Programa de Ensino
    Material
    Instalações

    Professores

    Atendimento ao aluno

    Programa de Ensino

    Material

    Instalações

    Por Vera Lucia Casarin sobre Graduação de Enfermagem - Julho 2011
  • Curso perfeito, com professores capacitados e interessados em ensinar.

    Professores
    Atendimento ao aluno
    Programa de Ensino
    Material
    Instalações

    Professores

    Atendimento ao aluno

    Programa de Ensino

    Material

    Instalações

    Por Soraya Buenos Aires sobre Graduação de Enfermagem - Julho 2011
  • Estou muito contente com a minha formação. Essa é uma área ao qual sempre quis estar e fazer o curso foi realizar um sonho.

    Professores
    Atendimento ao aluno
    Programa de Ensino
    Material
    Instalações

    Professores

    Atendimento ao aluno

    Programa de Ensino

    Material

    Instalações

    Por Cátia I. B. Cagol sobre Graduação de Enfermagem - Junho 2011
  • É um curso maravilhoso, ótimos professores, boa coordenação. Com certeza é uma das melhores universidades particulares da região.

    Professores
    Atendimento ao aluno
    Programa de Ensino
    Material
    Instalações

    Professores

    Atendimento ao aluno

    Programa de Ensino

    Material

    Instalações

    Por Ana Claudia Ferreira Da Silva sobre Graduação de Enfermagem - Junho 2011
  • O curso alcançou os objetivos desejados.

    Professores
    Atendimento ao aluno
    Programa de Ensino
    Material
    Instalações

    Professores

    Atendimento ao aluno

    Programa de Ensino

    Material

    Instalações

    Por Tatiana Notari sobre Graduação de Enfermagem - Junho 2011
  • O curso de Enfermagem da UNIPAR tem me ajudado muito, já estou trabalhando e espero poder começar uma pós.

    Professores
    Atendimento ao aluno
    Programa de Ensino
    Material
    Instalações

    Professores

    Atendimento ao aluno

    Programa de Ensino

    Material

    Instalações

    Por Tomaz Nilson sobre Graduação de Enfermagem - Agosto 2011
  • Um encanto de universidade, principalmente o laboratório onde os equipamentos são moderníssimos. Isso ajuda bastante na formação do aluno.

    Professores
    Atendimento ao aluno
    Programa de Ensino
    Material
    Instalações

    Professores

    Atendimento ao aluno

    Programa de Ensino

    Material

    Instalações

    Por Cristina Chagas sobre Graduação de Enfermagem - Agosto 2011
  • Foi muito gratificante fazer a graduação em Enfermagem, pois através dela tive a oportunidade de realizar meu sonho.

    Professores
    Atendimento ao aluno
    Programa de Ensino
    Material
    Instalações

    Professores

    Atendimento ao aluno

    Programa de Ensino

    Material

    Instalações

    Por Liliane Panciniak sobre Graduação de Enfermagem - Setembro 2011
  • Curso perfeito!

    Ótimo curso!. Me trouxe grandes experiências e me proporcionou grandes oportunidades

    Professores
    Atendimento ao aluno
    Programa de Ensino
    Material
    Instalações

    Professores

    Atendimento ao aluno

    Programa de Ensino

    Material

    Instalações

    Por Walkyria Baptista sobre Graduação de Enfermagem - Janeiro 2012

Gostaria de saber mais sobre esse curso?

Últimas visitas ao cursoSolicitar informação à Instituição

Outro curso relacionado com Graduação de Enfermagem: