Home>Graduação>Engenharia Biomédica>São José dos Campos>Licenciatura em Engenharia Biomédica - São José dos Campos - São Paulo
 

Licenciatura em Engenharia Biomédica

Método: Presencial
Locais Disponíveis:
Opiniões:
Opiniões (1)
Loading...

Solicite informação sem compromisso
Univap - Universidade do Vale do Paraíba

Licenciatura em Engenharia Biomédica - São José dos Campos - São Paulo

Nome
Sobrenome
E-mail
Telefone de Contato
DDD Ex: 14
 
 
 
 
Teléfono Fijo Ej: 24344444
 
 
 
 
Estado
Cidade
CPF
Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a política de privacidade
* Campos obrigatórios

Em breve um responsável da Univap - Universidade do Vale do Paraíba, entrará em contato contigo para mais informações.
Por favor, preencha todos os campos corretamente
Imagens - Univap - Universidade do Vale do Paraíba:
Foto Univap - Universidade do Vale do Paraíba São José dos Campos São Paulo
Foto Univap - Universidade do Vale do Paraíba São José dos Campos São Paulo
AnteriorAnterior
PróximaPróxima
Foto Centro Univap - Universidade do Vale do Paraíba São Paulo
Univap - Universidade do Vale do Paraíba São José dos Campos São Paulo Brasil
Foto Univap - Universidade do Vale do Paraíba São José dos Campos São Paulo
Centro Univap - Universidade do Vale do Paraíba São José dos Campos São Paulo
Foto Centro Univap - Universidade do Vale do Paraíba São José dos Campos
Univap - Universidade do Vale do Paraíba Centro

Análise da Educaedu

Max A.
Licenciatura em Engenharia Biomédica
  • Modalidade

    O curso de Engenharia Biomédica ocorre de maneira presencial.

  • Duração

    O curso tem duração de 3600 horas.

  • Certificado Oficial

    O aluno receberá o titulo de Licenciatura em Engenharia Biomédica.

  • Considerações

    O objetivo do curso é formar um profissional com conhecimentos sólidos técnico-científicos com ampla visão interdisciplinar, atuando em toda a interface Engenharia/Saúde. Sua formação é também fortemente direcionada para o relacionamento humano e respeito aos princípios éticos.

  • Dirigido a

    A todos os interessados na área de Biomedicina.

  • Área de atuação

    O profissional da área poderá atuar com informática voltada para a saúde, com sistemas clínicos e instrumentação biomédica por exemplo.

  • Salário estimado

    O salário inicial do profissional é de 2 mil reais.

Licenciatura em Engenharia Biomédica - São José dos Campos - São Paulo Comentários sobre Licenciatura em Engenharia Biomédica - São José dos Campos - São Paulo
Conteúdo:


Engenharia Biomédica


Profissão
Profissional com perfil técnico-científico, humanístico, ético e empreendedor, desempenhando atividades técnicas e gerenciais multidisciplinares na interface engenharia/saúde. Capaz de projetar, desenvolver e caracterizar sistemas e dispositivos voltados para a melhoria da saúde e da qualidade de vida dos cidadãos nas suas áreas de competência.

Curso

A UNIVAP formou a primeira turma de Graduação em Engenharia Biomédica no país em 2005, além de ser a única a contar com o programa completo nessa área no Brasil. Oferece cursos de Graduação, Mestrado e Doutorado em Engenharia Biomédica, em que o aluno pode, a partir do 4° ano, cursar disciplinas do mestrado

O curso oferece uma formação profissional técnica-científica sólida com ampla visão interdisciplinar, atuando em toda a interface Engenharia/Saúde. Sua formação é também fortemente voltada para o relacionamento humano e respeito aos princípios éticos. O corpo docente é constituído em 95% de mestres e doutores. O curso de Engenharia Biomédica foi avaliado com triplo A em todas as áreas pelo MEC. A UNIVAP tem infraestrutura e produção científica reconhecida nacional e internacionalmente, disponibilizando aos alunos da graduação os melhores laboratórios em Engenharia Biomédica do País, com convênios para estágios na Dinamarca, Argentina, Espanha e Canadá.

Habilitação: Engenheiro Biomédico
Carga Horária Mínima: 3.600 horas

Mercado de Trabalho
A interface entre Engenharia e Saúde constitui atualmente um dos campos de trabalho de maior expansão, tanto no âmbito nacional como mundial, exigindo a formação de um profissional qualificado que domine diversas áreas do conhecimento, possibilitando o desenvolvimento de projetos e assegurando assim maior inserção ao profissional formado nesta área.

Área de Atuação
- Informática em Saúde
- Sistemas Clínicos
- Instrumentação Biomédica
- Tecidos Artificiais e Biomateriais

Informações Importantes do Curso de Biomedicina


Perfil do Engenheiro Biomédico


O perfil profissional para o Engenheiro Biomédico formado na UNIVAP é o de um Engenheiro com formação generalista, tecno-humanista, crítica e reflexiva, capacitado a atuar em todos os níveis da interface Engenharia/Saúde, com base no rigor científico e intelectual. Um profissional que detém uma visão ampla, global e interdisciplinar, respeitando os princípios éticos/bioéticos, e culturais do indivíduo e da coletividade, que tenha a dimensão da evolução sócio-econômica e biológica do homem, provocada pelo avanço tecnológico. Além do domínio de técnicas e sistemas. Capaz de ter como objeto de estudo a tecnologia em todas as suas formas de expressão e potencialidades para a promoção da saúde, quer nas tecnologias básicas provendo facilidades e otimizando sistemas e processos já existentes, quer nas tecnologias de ponta, incorporando novos conceitos da pesquisa aplicados à processos diagnósticos, terapêuticos e de infraestrutura.
Busca-se ainda, a formação de um profissional com autonomia para facilitar tomadas de decisão, onde na sua formação ele é constantemente estimulado a expressar sua opinião e defender sua conduta, apoiado em argumentos lógicos e conhecimentos teóricos.
Visamos formar um Engenheiro com conhecimento técnico científico, de forma a lhe assegurar um desempenho eficiente e efetivo de suas funções técnica, administrativa e de pesquisa na empresa; no hospital e em centros de pesquisa.
Um Engenheiro Biomédico ciente das implicações e repercussões político e sócio econômicas da problemática da ciência, tecnologia e saúde e da sua responsabilidade como profissional comprometido com a realidade social, no desempenho de suas funções;
Um Engenheiro Biomédico capaz de demonstrar integridade moral e vivência ético-profissional, consciência crítica e político-social;
Um Engenheiro Biomédico capaz de apresentar domínio das áreas tecnológicas, além de desenvolver relações interpessoais e de liderança, nos diversos campos de sua atuação.
Um Engenheiro Biomédico possuidor de responsabilidades pelo seu próprio aperfeiçoamento através da educação continuada e demonstrar interesse pelas atividades das Associações, Sociedades e Órgãos de Classe;
Capaz de projetar, desenvolver e caracterizar sistemas e dispositivos voltados para a melhoria da saúde e da qualidade de vida dos cidadãos nas suas áreas de competência.

Promover estudos e pesquisas no seu campo de atuação, participando de eventos científicos, culturais e espirituais que favoreçam o seu crescimento e o da sua comunidade.


Atuação Profissional do Engenheiro Biomédico


A interface entre Engenharia e Saúde constitui atualmente um dos campos de trabalho de maior expansão, tanto no âmbito nacional como mundial, exigindo a formação de um profissional qualificado que domine diversas áreas do conhecimento e possibilitando o desenvolvimento de projetos em: Tecnologia Assistiva, Aquisição e Processamento de Sinal, Desenvolvimento de Biomateriais, Instrumentação Biomédica, Técnicas de Diagnóstico e Tratamento, Processos de Desinfecção e Esterilização, Instrumentação Laboratorial aplicada a Fisiologia, Farmacologia e Biologia, Calibração e Aferição de Equipamentos, Gestão e Racionalização de Recursos, entre outros, assegurando assim maior inserção ao profissional formado na área. O engenheiro Biomédico na Universidade do Vale do Paraíba-UNIVAP, vivencia a área médico hospitalar desde os primeiros anos do curso, desenvolvendo abordagens inovadoras no campo da Saúde. Outro aspecto importante na formação deste profissional é que o curso trabalha majoritariamente atividades em grupo, exigindo do aluno o desenvolvimento constante de uma relação interpessoal com reflexos muito positivos em atividades empreendedoras que podem ser quantificadas na avaliação dos projetos já desenvolvidos.

O corpo técnico do curso de Engenharia Biomédica, vem auxiliando no desenvolvimento de uma política científico-industrial no sentido de incentivar a formação de novas empresas, tendo para tal definido como uma de suas metas o contato freqüente com pesquisadores e empresas para discutir parcerias na busca de novos produtos e mercado para a referida área. Desta forma a UNIVAP, além de formar profissionais qualificados, vem contribuindo também na abertura e inserção dos alunos em novos mercados de trabalho, contribuindo para o desenvolvimento científico e tecnológico da área Biomédica no país. Além disso, no sentido de evidenciar a importância do papel do Engenheiro Biomédico no ambiente médico-hospitalar, e com vistas a introduzi-lo futuramente neste mercado, os alunos de graduação da Engenharia Biomédica da UNIVAP, vem desenvolvendo desde o segundo ano do curso, diversos processos e protótipos de dispositivos e equipamentos, junto ao hospital Municipal de São José dos Campos, “José de Carvalho Florence”. Como exemplo de trabalhos já desenvolvidos, podemos citar: equipamento para fototerapia, órteses de baixo custo, vetores de contaminação em incubadora neonatal, proteção radiológica, cortina com fluxo de ar, sistema de esterilização de ar expirados por pacientes traqueostomizados, etc...


Campo de Atuação Profissional no Âmbito da Engenharia Biomédica

A sustentabilidade da economia regional depende fundamentalmente da mesma ter bases sólidas nas diferentes áreas da economia. A área da Saúde, tem atualmente uma importância vital para o desenvolvimento humano, tendo como princípio a busca da qualidade de vida do cidadão. Ela tem no tripé, infraestrutura hospitalar, indústria e serviços, a sua base de sustentação, gerando divisas e milhares de empregos para o país. Somente na grande São Paulo e Vale do Paraíba, são disponibilizados mais de 40 mil leitos hospitalares. O país reúne da ordem de 5000 hospitais e mais de 1000 empresas atuando no ramo industrial. Tudo isso, faz com que o setor apresente uma demanda crescente por melhores produtos e serviços, impactando de forma muito positiva na geração de empregos. A área da Saúde tem ainda uma enorme necessidade de novas tecnologias tanto na área de diagnóstico, quanto no tratamento de doenças, tornando-os mais eficazes e menos traumáticos para o paciente.
Pensando na consolidação da sustentabilidade econômica do Vale do Paraíba, a Universidade do Vale do Paraíba, há mais de uma década estruturou seu programa de Engenharia Biomédica, buscando formar profissionais altamente qualificados para atuar na área da Engenharia Biomédica/Saúde. Ainda em 1994, deu início ao programa de Mestrado Acadêmico ( Stricto Sensu ) em Engenharia Biomédica. e no ano 2000, foi aprovado o Mestrado Profissionalizante ( Stricto Sensu ) em Bioengenharia.

Em 2001, teve início o primeiro curso de Graduação em Engenharia Biomédica no país, e, em 2004, teve aprovado o Curso de Doutorado também em Engenharia Biomédica. A Universidade do Vale do Paraíba tem da ordem trinta grupos de pesquisa, desenvolvendo novas tecnologias na referida área, desde diagnóstico e tratamento de câncer, diagnóstico de doenças cardíacas, novos biomateriais, entre outras. Os cursos de pós graduação nessa área, tem uma significativa procura, inclusive de alunos de vários estados do país, tendo formado mais de 150 profissionais até o momento.


Competências Profissionais do Engenheiro Biomédico


Desenvolver as atividades 01 a 18 do artigo 1º da resolução 218, de 29 de junho de 1973 do sistema CREA/CONFEA, referentes às áreas: Informática em Saúde, Sistemas Clínicos, Instrumentação Biomédica, Tecidos Artificiais e Biomateriais conforme abaixo. A proposta a seguir, atende também a Resolução 1010 do Sistema CREA/CONFEA, de 22/08/2005.

Informática em Saúde

-
Modelamento, projeto e desenvolvimento de sistemas computacionais para o auxílio das atividades da área da Saúde.
- Desenvolvimento de softwares voltados para o suporte de dispositivos e processos dedicados à Área da Saúde.
- Processamento de Sinais e Imagens Biomédicas. 

Sistemas Clínicos

-
Avaliação e especificação para aquisição de equipamentos odonto-médico-hospitalares.
- Gestão da manutenção de equipamentos odonto-médico-hospitalares.
- Gestão e treinamento de pessoal para utilização de equipamentos e sistemas.
- Otimização de fluxo e processos de materiais e de pessoal.
- Projetos de inovação voltados para dispositivos, equipamentos e sistemas odonto-médico-hospitalares.
- Gestão e análise de Riscos em ambientes odonto-médico-hospitalares.
- Gestão de Resíduos da Área da Saúde.
Instrumentação Biomédica

-
Sistemas, métodos e processos da Engenharia Biomédica.
- Projeto e desenvolvimento de dispositivos, equipamentos e sistemas odonto-médico-hospitalares.Construção de dispositivos biomecânicos, sistemas de auxílio a motricidade humana.
- Metrologia Biomédica (aferição, calibração, compatibilidade eletromagnética, controle de qualidade, afins e correlatos).

Tecidos Artificiais e Biomateriais
-
Cultivo de células e produção de órgãos e tecidos biológicos artificiais.
- Síntese de novos biomateriais.
- Desenvolvimento de dispositivos implantáveis e nanoestruturas.

Desenvolvimento de técnicas e processos em engenharia tecidual




Opiniões (1)

Professores:
Atendimento ao aluno:
Programa de Ensino:
Material:
  • Um curso relevante para a área médica do país, sendo que não tinha muitas aulas práticas.

    Professores
    Atendimento ao aluno
    Programa de Ensino
    Material
    Instalações

    Professores

    Boa didática em teoria.

    Atendimento ao aluno

    A atenção dada era satisfatória.

    Programa de Ensino

    O conteúdo não contemplava as aulas prática.

    Material

    Era razoável o material oferecido.

    Instalações

    A infraestrutura atendia a necessidade dos alunos.

    Por Adilson Alves Baldez Baldez sobre Licenciatura em Engenharia Biomédica - Junho 2011

Últimas visitas ao curso

Outro curso relacionado com Graduação de Engenharia Biomédica: