Home > Mestrado > Desenvolvimento Econômico > Campinas > Mestrado em Desenvolvimento Econômico - Campinas - São Paulo

Mestrado em Desenvolvimento Econômico

Solicite informação sem compromisso UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas

Para enviar a solicitaçao você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Mestrado em Desenvolvimento Econômico - Presencial - Campinas - São Paulo

  • Objectivos
    O Mestrado em Desenvolvimento Econômico procura formar especialistas em três áreas distintas de concentração: Economia Social e do Trabalho, História Econômica, e Economia Regional e Urbana, Agrícola e Meio Ambiente. Os alunos freqüentam um conjunto de disciplinas comuns, além das disciplinas específicas de cada área de concentração.
  • Dirigido a
    Seu público alvo não é constituído apenas por historiadores e economistas, pois abrange adeptos de todos os ramos das ciências humanas, desde que tenham interesse em uma formação especializada em história econômica e em suas relações com outros campos da história social e política.
  • Conteúdo
    Linhas de Pesquisa

    A Economia Mercantil Escravista no mundo moderno:

    a) O debate historiográfico sobre a transição do feudalismo para o capitalismo;
    b) O debate historiográfico sobre a natureza da colonização brasileira;
    c) O debate historiográfico sobre a natureza do escravismo;
    d) O debate em torno da escravidão africana;
    e) Tráfico negreiro: aspectos quantitativos;
    f) Economia colonial: tendências e ciclos econômicos;
    g) Sistema econômico escravista no Brasil;
    h) A questão da transição para o trabalho livre.
     
    Estado e capitalismo no pensamento brasileiro:
    a) A problemática da Independência;
    b) Natureza e crise do Estado Imperial;
    c) Estado e formação da propriedade territorial;
    d) Construção do Estado e Fiscalidade;
    e) Sistema bancário no Brasil: metalistas e papelistas;
    f) Intervenção estatal e vida econômica;
    g) Estado e desenvolvimento econômico: controvérsias entre liberais e positivistas;
    h) O debate historiográfico sobre o Estado varguista;
    i) Estado e desenvolvimento econômico: controvérsias entre monetaristas e desenvolvimentistas.
     
    Temáticas e polêmicas estratégicas do pensamento brasileiro nos séculos XIX e XX:
    a) Escravidão e construção da nação;
    b) Fronteira e questão nacional;
    c) Federalismo e centralização;
    d) Imigração e trabalho livre;
    e) Questão agrária e industrialização;
    f) Liberalismo e nacionalismo;
    g) Expansão e diferenciação do Estado depois de 1930;
    h) Nacionalismo e desenvolvimentismo;
    i) Desenvolvimento e dependência.

    História da industrialização brasileira:
    a) A questão da industrialização tardia e periférica;
    b) O debate sobre a periodização da industrialização brasileira;
    c) Café e industrialização;
    d) Estado e fomento da industrialização antes de Vargas;
    e) Estado e fomento da industrialização na Era Vargas;
    f) Estado e fomento da industrialização associada: JK vs. regime militar;
    g) Industrialização e questão regional;
    h) Industrialização e comércio exterior;
    i) A problemática do financiamento da industrialização;
    j) História de empresas.

    Relações externas do Brasil:
    a) Independência e reconhecimento diplomático;
    b) A definição dos limites territoriais do Brasil e a Integração Continental;
    c) Relações anglo-brasileiras: comércio e tráfico de escravos;
    d) Diplomacia financeira e comercial nos séculos XIX e XX;
    e) A redefinição de alianças na Era Vargas;
    f) Projeto de desenvolvimento e associação externa: de Vargas a JK;
    g) Ensaios de política externa independente: de Jânio ao "pragmatismo responsável".

    A dinâmica do capitalismo em perspectiva histórica:
    a) As tendências estruturais do capitalismo brasileiro: dinamismo econômico, desigualdades sociais e concentração do poder;
    b) A evolução das formas de organização do capitalismo mundial;
    c) A evolução das formas de organização do capitalismo brasileiro;
    d) Papel e crise do Estado no desenvolvimento capitalista no Brasil;
    e) Brasil e economia mundial: a mutação das formas de dependência;
    f) Crescimento acelerado, transformação na estrutura de emprego e mobilidade social no Brasil: 1930-1980;
    g) O movimento da fronteira agrícola.

Outro curso relacionado com Desenvolvimento Econômico

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços.
Se continuar navegando, aceita o seu uso.
Ver mais  |