Graduação em Engenharia de Produção - Indaiatuba - São Paulo - Faculdade Max Planck - I28239

Cursos e Mestrados
Brasil Brasil
1 Graduação Engenharia Civil Indaiatuba
Procurar
Home>Graduação>Engenharia Civil>Indaiatuba>Graduação em Engenharia de Produção - Indaiatuba - São Paulo
Graduação em Engenharia de Produção
Método: Presencial
Locais Disponíveis:
Links Patrocinados
Compartilhar esta página sobre Graduação de Engenharia Civil:

Análise da Educaedu

Mônica Almeida
Graduação em Engenharia de Produção
  • Modalidade

    A graduação é aplicada de forma presencial na Instituição de Ensino.

  • Duração

    Duração de 5 anos no total.

  • Certificado Oficial

    A Faculdade Max Planck outorga o título de Bacharel em Engenharia de Produção.

  • Considerações

    O aluno aprenderá conhecimentos técnicos e práticos para desenvolver, implantar, executar e melhorar os mecanismos de sistemas de produção como interface dos materiais, equipamentos, energia e ambiente de uma fábrica.
    É imprescindível que o profissional possua uma formação generalista, por isso serão estudadas ciências naturais e matemáticas, com o intuito de consolidar a área, que é relativamente nova em relação às outras Engenharias.

  • Preço do Curso

    Consultar.

  • Dirigido a

    Formados em Ensino Médio.

  • Área de atuação

    O mercado de trabalho para este profissional é amplo no país, podendo atuar em diversos segmentos das indústrias e de empresas em geral.

  • Salário estimado

    No início da carreira, o profissional pode ganhar na faixa de R$ 3.100.

Graduação em Engenharia de Produção - Indaiatuba - São Paulo Comentários sobre Graduação em Engenharia de Produção - Indaiatuba - São Paulo
Conteúdo:
Graduação de Engenharia de Produção

Autorizado pelo MEC, conforme Portaria Ministerial nº 1.619, publicada no Diário Oficial da União de 16/11/2009.

Duração: 5 anos        Turno: Noturno

Apresentação

O profissional de Engenharia deve utilizar conhecimentos das ciências naturais e matemáticas para desenvolver produtos, serviços e métodos de utilização de recursos materiais e encontrar soluções que visem o benefício dos seres humanos e da sociedade.

Para isso, a pesquisa, o desenvolvimento, o projeto e a produção são atividades inerentes à profissão. A responsabilidade sobre as decisões tomadas, em relação à adequada utilização de recursos naturais, também faz parte do trabalho do engenheiro. Assim, a consciência de que sua profissão vai além da mera aplicação apropriada de técnicas deve estar presente, e o engenheiro deve situar-se como um profissional ético, conhecedor de seu papel social e político para a sociedade.

No caso específico da Engenharia de Produção, cuja criação é comparativamente recente em relação às demais áreas de Engenharia, o perfil do profissional adquire características específicas. O Engenheiro de Produção é considerado o mais “eclético e generalista” em termos de sua formação e atividade profissional, e por isso, dele se exige uma formação e um nível de conhecimento com forte conotação sobre o funcionamento de empresas e sistemas produtivos, aliando ênfase especial sobre a formação básica e grande diversidade de conhecimentos distintos.

A ABEPRO (Associação Brasileira de Engenharia de Produção) apresenta a seguinte definição para a Engenharia de Produção:

“...Compete à Engenharia de Produção, o projeto, a implantação, a melhoria e a manutenção de sistemas produtivos integrados de bens e serviços, envolvendo homens, materiais, tecnologia, informação e energia. Compete ainda especificar, prever e avaliar os resultados obtidos destes sistemas para a sociedade e o meio ambiente, recorrendo a conhecimentos especializados da matemática, física, ciências humanas e sociais, juntamente com os principais métodos de análise e projeto da engenharia...”     

Objetivo

Formar um profissional capaz de desenvolver atividades de projeto, operação e gestão de sistemas de trabalho, que são as estruturas destinadas a obter produtos de natureza física concreta ou serviços; capaz de analisar e estudar a organização de homens e máquinas;capaz de executar trabalhos de planejamento, organização, acompanhamento e controle de processos produtivos, bem como análises econômicas referentes às decisões a serem tomadas; capaz de interagir com o ambiente de trabalho e consciente da influência de suas atividades em relação à capacidade de produzir mudanças na sociedade.

Como os principais objetivos específicos, oriundos dos objetivos gerais colocados anteriormente, podem ser citados: capacidade de aplicar conhecimentos de ciências naturais e matemáticas para a criação de projetos e solução de problemas relativos à gestão de sistemas produtivos; elaborar projetos de sistemas de trabalho onde aconteçam atividades de transformação, gerenciar sua execução e monitorar seu desempenho; pesquisar e desenvolver métodos de trabalho que garantam o atingimento de padrões de qualidade e produtividade das empresas e organizações, de modo a aumentar sua competitividade; conceber produtos e serviços adequados às necessidades da sociedade, utilizando de forma adequada e consciente os recursos materiais disponíveis; discernimento para atuar profissionalmente de maneira ética, responsável e em consonância com as limitações e possibilidades do meio ambiente; capacidade de adequar-se às necessidades específicas de cada empresa ou setor produtivo, de forma a utilizar com máximo rendimento os recursos produtivos disponíveis; utilizar conhecimentos de informática, automação e ergonomia de modo a avaliar a introdução de melhorias qualitativas e quantitativas sobre os resultados do trabalho e das organizações produtivas e seus impactos sociais.

 

 Mercado de trabalho / Atuação profissional

O Engenheiro de Produção pode atuar em indústrias e empresas de serviços de maneira geral e empresas públicas e privadas de vários segmentos, desenvolvendo suas atividades na criação de projetos, na aplicação de métodos gerenciais, no uso de métodos para melhoria da eficiência das empresas e na utilização de sistemas de controle dos processos das empresas.

Possibilidade de atuação em diversas áreas de Engenharia de Produção tais como:

Engenharia de Operações e Processos da Produção; Logística; Pesquisa Operacional; Engenharia da Qualidade; Engenharia do Produto; Engenharia Organizacional; Engenharia Econômica; Engenharia do Trabalho; Engenharia da Sustentabilidade; Educação em Engenharia de Produção.

Assim, de uma forma geral, tudo o que se refere ao planejamento, programação e controle de compras, produção e distribuição de produtos constituem na atividade da Engenharia de Produção.

Competências e Habilidades

O artigo 2º. do capítulo I, das diretrizes curriculares para os cursos de graduação em Engenharia, apresenta a seguinte redação, que trata das habilidades e competências para os profissionais egressos de tais cursos:

- Aplicar conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais à engenharia;

- Projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados;

- Conceber, projetar e analisar sistemas, produtos e processos;

- Planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços de engenharia;

- Identificar, formular e resolver problemas de engenharia;

- Desenvolver e/ou utilizar novas ferramentas e técnicas;

- Supervisionar a operação e a manutenção de sistemas;

- Avaliar criticamente ordens de grandeza e significância de resultados numéricos;

- Comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica;

- Compreender e aplicar a ética e responsabilidade profissionais;

- Avaliar o impacto das atividades da engenharia no contexto social e ambiental;

- Avaliar a viabilidade econômica de projetos de engenharia.

Diferenciais

- Profissionais com grande destaque e procura no ambiente industrial;

- Utilização de Sistemas CAD, CAM, CAE (SolidEdge/Unigraphics NX-Siemens);

- Metodologia inovadora de ensino com uso de ambientes industriais (mini-fábricas) durante as aulas práticas;

- Professores, Mestres e Doutores com experiência acadêmica e reconhecimento profissional;

- Projetos integrados do Curso e entre Cursos da Instituição;

- Estrutura curricular moderna e atualizada;

Atividades práticas desde o início do curso;

- Laboratórios equipados com o que há de mais moderno para o ensino da Engenharia;

- Visitas técnicas e parcerias com as maiores empresas da região;

- Biblioteca especializada, videoteca com amplo acervo, laboratórios de informática bem equipados;

- Programa de Iniciação Científica vinculado a Projetos de Pesquisa;

- Atualização constante por meio de Ciclo de Estudos, Seminários, Palestras e Workshops;

- Um grande número de empresas conveniadas ofertando aos nossos alunos um grande número de vagas para estágio;

- Projetos Interdisciplinares: a cada semestre os alunos executam um projeto prático, integrando todas as disciplinas trabalhadas.

- Programa de Orientação ao Estudante, Curso de Libras, Idiomas, Orientação para elaboração de currículo e muito mais !

 

Últimas visitas ao curso

Outro curso relacionado com Graduação de Engenharia Civil: